segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Braga, S. Vitor - Casamentos pós 1750

- Continuação: depois de 1750 –
[Assentos de casamentos de naturais de S. Victor, que casam fora:]
- Inácio Carvalho, filho de Joseph Carvalho, viúvo de Antónia da Rocha, falecida no hospital de Braga, S. Victor [filho do Padre João Carvalho, Gualtar e Maria Alvares, solteira, S. Pedro de Este] e Jacinta de Oliveira [filha de Hieronimo de Oliveira e Maria Ferreira, Tenões] (casou, em 28.1.1751, com Maria de Oliveira, filha de Jacinto de Oliveira e Costodia de Oliveira, monte, desta, T. capitão Balthazar Jorge Viana, reguengo, Manoel Carlos de Oliveira, Pedro de Sousa e Hironimo de Oliveira, os três do monte, desta, Padre Domingos Antunes, vigário)]
- Manoel da Silva, filho de Antonio Vieira da Silva e Domingas Rodrigues, S. Maria de Quaires ‘Amares’ (casou em 9.1.1752, com Maria da Costa, filha de Julião Alonso e Rosa da Costa, rua do assento, S. Victor, T. Padre Luis Pereira, cura S. Victor, Manoel Lopes, servo desta igreja de S. Victor e seu filho Domingos Lopes, celebrou Padre João Carvalho, o Padre Jacome Fernandes Lobo, vigario)
- Antonio Gonçalves, filho de Antonio Gonçalves e Thereza Rodrigues, S. Pedro de Este (casou com licença do juiz de casamento Manoel Saldanha Carneiro, em 14.9.1752, com Thereza Rodrigues de Araujo, filha de Antonio Rodrigues e Serafina da Costa, falecidos, S. Vicente do Bico ‘Amares’, T. Jose Machado, Pedro Francisco, celebrou o Padre Luis Pereira da Cunha, coadjutor)
- Miguel Jose Rodrigues, filho de Antonio Gonçalves [neto paterno de Alexandre Gonçalves e Catherina Francisca, falecidos, rua dos pelames, Braga] e Thereza Rodrigues [neto materno de João Gonçalves e Inocencia Rodrigues, falecidos, quinteiro, Braga], campo de Nª Sª a Branca, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 16.4.1754, com Andreza Vitoria da Costa, filha de Estevão Gonçalves, falecido [neta paterna de João Gonçalves e Inocencia Antonia, eira, Tonões] e Ana da Costa [neta materna de Manoel da Costa e Jeronima Francisca, falecidos, pinheiro, Nogueiro], pinheiro, Nogueiro, T. Manoel da Costa Martins e seu irmão Luis Antonio da Costa, contratantes, porta do souto, Luis de Sousa Pereira, contratante, rua nova, todos de Braga, Padre Costodio Rodrigues Velho, vigario)
- Dr. Vicente da Silva Brandão, filho de Inacio Brandão de Sousa e Vitoria da Silva e Costa, Vila de Valença (casou em 4.9.1756, com Dª Maria Joana Dozorio de Vasconcelos Machado de Azevedo ‘viuva de Baltazar de Sousa e Menezes, Braga’, filha de Manoel Machado Azevedo e Dª Jacinta Luisa Dozorio de Vasconcelos, S. Maria de Ferreiros, ‘Amares’, T. Manoel Lopes, servo desta igreja, Padre João Pereira de Barros, assistente minha casa, era nº 50, S. Gonçalo, Braga, celebrou o Padre Domingos Antunes, abade de S. Pedro de Soutelo e assistente nesta de S. Victor)
- Jeronimo Francisco, viuvo de Maria da Costa, filho de João Francisco e Senhorinha Francisca, natural S. João da Ponte, morador na rua da regora, S. Victor (casou em 25.9.1756, com Catherina Gonçalves, filha de Domingos Pires e Maria Gonçalves, S. João Baptista de Rio Caldo, assistente na rua nova da seara, casa de Dª Benta, T. Manoel Lopes, Padre João Pereira de Barros, celebrou o Padre Jacome Fernandes Lobo, vigario)
- Manoel Mendes, viuvo de Thereza Maria Nunes, ao pé de S. Vicente, S. Victor (casou em Barreiros, S. Pedro, a 6.8.1757, com Isabel Maria de Araujo, filha de Francisco de Araujo e Ana de Arantes, S. Pedro de Barreiros ‘Amares’, T. Antonio Ferreira, Manoel Lopes, servo desta igreja, celebrou o Padre Francisco Jose Pinto, coadjutor)
- Jeronimo Luis de Sousa, filho de João Luis de Sousa e Maria Francisca, S. Tome de Caldelas (casou em Prozelo, S. Tome, a 24.9.1759, com Luisa Ventura e Barros, filha natural de Filipa Gonçalves, S. Tome de Prozelo, estante no campo de santa ana, S. Victor, T. Paulo da Costa, lavrador e Padre João da Silva, ambos do campo de Senhora a Branca, celebrou o Padre João da Cunha e Faria)
- Manoel Antonio da Silva, filho natural de Maria Gonçalves, S. Maria de Caires (casou em 27.1.1760, com Thereza Rosa, filha de Manoel de Araujo e Antonia Ribeiro, S. Vicente, S. Victor, T. Caetano Lopes e Padre Costodio Rodrigues, rua da regoa, Padre Francisco Jose Pinto, encomendado)
- Joaquim Jose, preto forro, cidade de Cabo Verde, morador campo da vinha, S. João de Souto (casou na igreja de S. Jose de S. Lazaro, em 6.1.1771, com Doroteia Maria, preta forra, Costa da Mina, moradora rua das aguas, S. Jose de S. Lazaro ‘com licença de S. Alteza Real, Arcebispo Primaz’, T. João Ferreira Gomes, Francisco Jose da Silva, Tomaz Correia, todos sombreireiros, rua da ponte de guimarães, S. Victor, Padre Cosme Luis de Andrade, abade)
- Verissimo de Sá, filho de Luis Manoel de Sá e Maria Luis de Barros, Torre (casou em Torre, S. Maria, a 22.12.1803, com Benta Luiza, filha de Tomaz Rodrigues e Thereza Francisca, S. Victor, Braga, T. Miguel Pereira, Manoel Luis Fernandes e Manoel Jose Martins, todos Torre, ‘celebrado com licença do prior de S. Victor, Padre Manoel Afonso da Maia, vigario)
- Constantino, filho natural de Maria Thereza, solteira, S. Miguel de Fiscal ‘Amares’ (casou em 26.7.1806, com Thereza Maria, filha de Bento Jose Pereira e Ana Maria Vieira, S. Victor, T. Jose Antonio Ferreira Vocas, João Bernardo Duarte, casados, moradores na rua da regora, S. Victor, celebrou o Padre Domingos Manoel Lopes Barroso, coadjutor)
- Francisco de Araujo, assistente em S. Victor, filho de Francisco Jose de Araujo, falecido e Ana de Sá, S. Miguel de Fiscal (casou em 3.1.1807, com Maria Thereza, filha de Antonio Jose Alvares, falecido e Jeronima Fernandes, Palmeira, T. Manoel Ribeiro, Jose da Silva, rua do assento, S. Victor, celebrou o Padre Antonio Joaquim Antunes, coadjutor)
- Manoel Antonio, filho natural de Costodia Maria, S. Miguel de Fiscal (casou em 3.10.1807, com Rosa Maria, filha de Domingos Francisco e Joana Maria, falecida, S. Victor, T. Lourenço Jacome Ferreira, Vitoriano de Carvalho, rua da regora, S. Victor, celebrou o Padre Domingos Alvares da Silva, prior S. Victor)
- Jose Bento Ferreira, filho de Faustino Ferreira e Ana da Silva, Torre (casou em Torre, S. Maria, a 30.5.1812, com Maria Thereza, filha de Francisco Antonio e Domingas Maria, S. Victor, Braga, T. Domingos Fernandes e seu filho Manoel Fernandes, cazelinhas, Manoel Martins, largateira, ambos Torre, celebrou o Padre Domingos Alvares da Silva, prior de S. Victor, Braga, o Padre Antonio Afonso, vigario)
- Bento Jose Ferreira ‘viuvo de Thereza Maria Lopes’, casa lameiro (casou com dispensa por serem parentes em 4º de consanguinidade, em Crespos, S. Eulalia, a 14.6.1813, com Maria da Graça, filha de Domingos Jose de Oliveira, falecido e Maria Thereza Lopes, natural de S. Victor e ora em Pousada, Sampaio, T. Domingos Jose de Magalhães, carpinteiro, berredo, Manoel Francisco, pousadela, ambos de Crespos, celebrou o Padre Manoel Antonio de Araujo e Silva, cura o Padre João Antonio de Matos, arcipreste e abade de Crespos)
- Manoel Cândido Lopes Araújo Azambuja, Fiscal, filho de António José Lopes, S. Victor, Braga e morador em Candelária, Rio de Janeiro, Brasil (casou em Ferreiros, S. Maria, a 23.7.1834, com Dª Felisberta de Magalhães Fonseca, filha do Dr. Bernardo José da Fonseca e Dª Maria Benta, T. Padre Manoel da Expectação de Amorim e Manoel de Araújo, familiar de Dª Ana de Jesus Luís de Magalhães Fonseca, todos Ferreiros, Padre Manoel de S. Catherina Alvares de Araújo Gomes, abade)
- Francisco Fernandes ‘morador em Paranhos’, filho de Antonio Fernandes, falecido e Maria Josefa, viuva, S. Victor, Braga (casou em Paranhos, S. Lourenço, a 8.2.1847, com Maria Thereza, filha de Jose Martins e Rosa Maria da Silva, Paçô, S. Miguel, Pico de Regalados, T. Domingos Antonio Martins e Antonio Jose Martins, ambos Paçô, Pico, Padre Jose Antonio Fernandes de Araujo, paroco)
- João Baptista Rodrigues, viuvo de Quiteria Ribeiro, S. Victor, Braga (casou em Chorence, S. Marinha, a 10.2.1858, com Maria Thereza da Silva, filha de Francisco Afonso da Silva e Rosa Carvalho, pretos, Chorence, T. Padre Domingos Gonçalves, saim e Manoel da Silva, paços, ambos Chorence, Padre Jose Antonio Dias, encomendado)
- Costodio da Silva, n. 3.3.1838, filho de Manoel da Silva [neto paterno de Manoel Jose da Silva e Maria Rosa, falecidos] e Thereza Fernandes [neto materno de Antonio Fernandes Gracia e Maria Thereza Cerqueira], cazeiros, regadas, S. Lucrecia (casou em S. Lucrecia de Algeriz, Santiago, as 10H00, dia 10.6.1861, com Maria Rodrigues, n. 17.11.1837, filha de Bento Rodrigues, mestre pedreiro, falecido [neta paterna de Manoel Antonio Rodrigues e Isabel Maria de Magalhães, falecidos, S. Lucrecia] e Rosa Narcisa Pereira [neta materna de Jose Joaquim Pereira de Faria e Agueda Thereza Ferreira, rua s. bernabé, S. Victor, Braga], costa, S. Lucrecia, T. João da Silva, tamanqueiro, tio paterno do contraente, Antonio Rodrigues, solteiro, pedreiro, irmão da contraente, Narciso da Luz e Silva, sombreireiro, regadas, todos de S. Lucrecia, Padre Manoel Ferreira da Cunha, reitor)
- Manoel de Almeida Ribeiro, assistente fonte da carcova, filho de Dionizio de Almeida e Maria da Costa, S. Miguel das Aves (casou em 14.1.1762, com Thereza Maria ‘recolhida em S. Domingos, S. Victor e assistente na rua S. Marcos’, filha de Jeronimo Ribeiro e Maria de Araujo, S. Vicente do Bico, T. Manoel Lopes, servo da igreja, Padre Costodio Rodrigues, rua da regoa, Padre Francisco Jose Pinto, encomendado)
- Francisco Gonçalves, viuvo de Rosa Francisca, quinta das goladas, S. Victor (casou em 16.10.1762, com Antonia Maria Fernandes, filha de Gonçalo Fernandes e Maria Barreto, motinho, S. Victor, T. Paulo Francisco da Fraga, Lourenço Francisco, ambos rua nova seara, S. Victor, Padre Francisco Jose Pinto, encomendado)
- Antonio engeitado e criado em Dornelas, ‘Amares’ (casou em 4.8.1763, com Maria da Silva, filha de Antonio da Silva e Jeronima da Costa, vilar, S. Victor, T. Padre Jose Gonçalves Duarte, Antonio Gonçalves Pinheiro, ambos vilar, S. Victor, celebrou o Padre Caetano Jose Ribeiro, coadjutor)
- Costodio Gonçalves, filho de Francisco Gonçalves e Isabel de Sousa, paço, S. Victor (casou em 15.8.1763, com Benta Antunes, assistente em S. Victor, filha de Domingos Francisco e Marinha Soares, S. Andre de Rendufe, T. Manoel Lopes, servo desta igreja, Francisco Barreto, pinheiro, S. Victor, Padre Caetano Jose Ribeiro, coadjutor)
- Antonio Jose da Silva Tavares, filho de Manoel da Silva Tavares e Pascoa Gonçalves, S. Victor (casou em 13.7.1763, com Antonia Maria Dias, filha de Domingos Dias e Domingas Rodrigues, Santiago de Chamoim, Terras de Bouro, T. Eusebio de Freitas, campo de santa Ana, Joaquim Antonio de Vasconcelos, s. Faustino, Peso da Regua, Penaguião, assistente no campo de santa ana, S. Victor, Padre Caetano Jose Ribeiro, coadjutor)
- Manoel da Costa, filho de Marcos da Costa e Antonia dos Reis, Vilela (casou em 13.5.1764, com Caetana Thereza da Silva Correia, Cividade, assistente no recolhimento de S. Maria Madalena, Braga, T. Jose Duarte, torneiros, arrabalde da cruz da pedra, Maximinos, Geraldo de Araujo, rua nova seara, S. Victor, celebrou o Padre Geraldo de Araujo, encomendado)
- Vicente Jose Ferreira, filho de Luis Ferreira e Ana Carvalho, Palmeira e agora em areal dos paços, S. Victor (casou em 4.6.1763, com Isabel Antonia ‘assistente areal de paços’, filha de Antonio Gracia e Mariana Pereira, S. Andre de Rendufe, T. Manoel Ferreira, S. João de Nogueira, Bernardo Jose Pinto, filho de Jose Pinto, vilar, S. Victor, Padre Jose Vieira Lopes, coadjutor)
- Francisco Jose Gonçalves, filho de Domingos Gonçalves e Jeronima Francisca, S. Eulalia de Fermentões (casou por determinação de Sua Alteza Real, em 26.12.1765, com Ana Maria Gomes, filha de Manoel Carvalho e Mariana Gomes, Briteiros, Guimarães, T. Antonio da Silva Gaio, escrivão da santa casa da misericórdia, Agostinho Lourenço de Sousa, tesoureiro da mesma casa, Jose de Antas de Araujo, da mesma casa, Padre Jose Vieira Lopes, coadjutor)
- Jose Manoel da Costa, 25 anos, cazeiro, natural S. Jose de S. Lazaro, Braga e morador igreja, Nogueira, filho de Manoel Antonio da Costa, natural de Gomide, Pico de Regalados e Maria da Natividade, S. Jose de S. Lazaro (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 12.2.1866, com Maria Thereza, 22 anos, vila nova, Nogueira, filha de Luis Antonio Duarte e Ana Luiza, Nogueira, T. Manoel Jose Vieira, pregal e Antonio Jose Vieira Junior, igreja, cazeiros, ambos Nogueira, Padre Domingos Jose Jorge Pereira, encomendado)
- José Luís Pereira, 25 anos, Paranhos, filho de Manoel Luís da Sila Pereira [neto paterno de António da Silva Pereira e Costodia Pereira] e Joaquina Rosa, igreja, Paranhos [neto materno de Costodia, solteira, S. João da Ponte, Braga] (casou em Carrazedo, S. Martinho, a 11.2.1866, com Thereza Maria Coelho, 35 anos, Carrazedo, filha de João Manoel Coelho [neta paterna de Domingos José Coelho e Thereza Maria Ferreira] e Angelina Rosa Ferreira, Carrazedo [neto materno de António Ferreira e Narcisa de Araújo e Vasconcelos], T. António José de Araújo, Paranhos e José Gonçalves Pimenta, Vilela, Padre Manoel José da Costa, abade)
- Jose Luis, filho natural de Manoel de Lima e Maria Branca, couto de Gondufe (casou em 13.9.1767, com Dorotheia Gonçalves engeitada e baptizada na Sé, Braga e criada em S. Vicente de Regalados ‘assistente na arua infias, em casa de João Borges, T. João Borges, beneficiado Costodio Dias Peixoto, castro, Padre Manoel Lopes, servo da igreja e Padre encomendado, Padre Jose Vieira Lopes, coadjutor)
- Pedro Jose da Costa, filho de Jose da Costa, falecido e Dorotheia Maria da Costa, rua S. Vicente, S. Victor (casou em 26.6.1768, com Francisca Ferreira, filha de Antonio Ferreira e Mariana Ferreira, S. Vicente do Bico ‘Amares’, T. Manoel Lopes, servo desta igreja, Mathias Teixeira, rua das palhotas, S. Victor, Padre Jose Vieira Lopes, coadjutor)
- João Fernandes, filho de Francisco Gonçalves e Domingas Fernandes, S. Marinha de Prozelo (casou na capela de Nª Sª a Branca, em 5.8.1768, com Thereza Maria Gomes, filha de Antonio Francisco e Maria Gomes, campo de santa ana, S. Victor, T. Antonio Francisco, torneiros, Jose Antonio Dias, campo de nossa senhora a Branca, João Pereira, servo da capela de Nª Sª a Branca, S. Victor, Padre Jose Vieira Lopes, coadjutor)
- Jose Henrique de Abreu, filho de Paulo Gonçalves e Isabel de Abreu, S. Tome de Prozelo (casou em 5.1.1771, com Rosa Maria, filha natural de Joana Francisca, solteira, S. Victor, T. Padre Francisco Fernandes, coadjutor, Manoel Jose Duarte Ferreira, sacristão igreja de S. Victor, celebrou o Padre Bernardo Francisco de Sousa, o Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- João Fernandes, viuvo de Ana Maria Peixoto, rua sardoal, S. Victor (casou em 26.6.1771, com Isabel Maria ‘assistente na Senhora de Agoadelupe’, filha de Francisco da Rocha e Thereza Maria, S. Miguel de Fiscal ‘Amares’, T. Manoel Jose Duarte, sacristão, Lourenço Jose das Neves, campo santa ana, S. Victor, Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- Jose Luis Pereira, filho de Antonio Martins Pereira Pacheco e Rosa de Sousa, S. Andre de Tonões (casou em 10.7.1771, com Clara Maria Lopes, filha de Antonio Lopes e Isabel de Sepulveda, Salvador Amares, T. Manoel Jose Duarte Pereira, sacristão, Padre Bernardo Francisco de Sousa, o Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- Antonio Pinto Tinoco de Abreu, viuvo de Maria Thereza da Silva, S. Victor (casou em 13.7.1771, com Dª Teodora Clara Barbosa de Vasconcelos, filha do capitão Agostinho Luis Barbosa de Vasconcelos e Castro e Dª Thereza Maria Barbosa de Lima, Soengas, ‘Vieira do Minho’, T. Luis Cardoso Coutinho, Padre Francisco Fernandes, cura e assistente S. Victor, celebrou Padre Jose Ferreira Carrezado)
- João da Silva, filho de Fernando da Silva e Maria da Costa, S. Marta de Bouro (casou em 16.2.1672, com Joana Luisa, filha de Antonio Correia e Catherina da Lomba, areal, S. Victor, T. Manoel Alvares da Silva, areal, Costodio de Oliveira, rua ponte de Guimarães, S. Victor, Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- Dionizio Jose Machado de Azevedo, viuvo de Thereza Inacia de Almeida, S. Victor (casou em 4.4.1772, com Josefa Maria Duarte, filha de Jose Pereira da Costa e Maria Duarte, S. Tome de Caldelas, T. Padre Francisco Fernandes, coadjutor, Manoel Jose Duarte Ferreira, sacristão, S. Victor, o Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- Antonio da Silva, assistente na rua s. bernardo, filho de Domingos da Silva e Catherina Ribeiro, S. Lourenço de Sande, Guimarães (casou em 15.8.1772, com Antonia Thereza, filha de João Vieira e Sebastiana Josefa, rua s. bernardo, S. Victor, T. Padre Francisco Fernandes, coadjutor, Manoel Jose Duarte Ferreira, sacristão, S. Victor, o Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- Francisco Xavier Ferreira Alves, filho de Jose Antonio Ferreira e Maria Thereza Alves, S. Tome de Prozelo ‘Amares’ (casou em 19.8.1773, com Rosa Maria Ferreira de Lima, filha de Alexandre Rebelo, falecido e Maria Ferreira de Lima, Prozelo, T. João de Sousa Machado de Azevedo, sua quinta Adaufe, Miguel Antonio Ferreira, assistente de Jose Antonio Fernandes, Prozelo, Padre Francisco Fernandes, coadjutor)
- Filipe Jose Teixeira, filho natural de Ana Maria, S. Victor, Braga (casou em Ferreiros, S. Maria, a 16.12.1798, com Josefa Maria, filha de Manoel Jose da Silva e Maria Bernarda, Besteiros, T. Padre Jose Antonio de Almeida, Dr. Diogo da Cunha, Joaquim, estudante, todos Ferreiros, Padre Gregorio Jose de Carvalho, abade)
- Manoel da Costa, 27 anos, agrelo, Nogueira, filho natural de Ana Maria, Nogueira (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 5.5.1867, com Maria Rosa, 20 anos, granja, Nogueira, filha de Costodio Ferreira, S. Jose de S. Lazaro e Ana Maria, Santiago de Fraião, T. Manoel Jose Vieira e Antonio Jose Vieira, cazeiros, pregal, Nogueira, Padre Domingos Jose Jorge Pereira, encomendado)
- Manoel Ferreira Gomes, 29 anos, cazeiro, granja, Nogueira, filho de Luis Ferreira e Ana Maria Gomes, Nogueira (casou com dispensa por serem parentes em 3º e 4º de consanguinidade, em Nogueira, S. João Baptista, a 25.11.1867, com Joaquina Rosa, 20 anos, cazeira, Santiago de Fraião e moradora santo, Nogueira, filha de Domingos Peixoto, natural S. João de Semelhe e Costodia Luiza, natural S. Jose de S. Lazaro, Braga, T. João Gomes de Araujo, solteiro, Antonio Gomes, Jose Antonio Ferreira, todos de agrelo, Nogueira, Padre Domingos Jose Jorge Pereira, encomendado)
- Francisco de Lima, 28 anos, cazeiro, vila nova, Nogueira, filho de João de Lima, S. Martinho da Gandra, Ponte de Lima e Maria Thereza Gomes, Nogueira (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 28.12.1871, com Josefa Maria Ribeiro, 26 anos, cazeira, assento, Sampaio de Arcos, anexa de Nogueira, filha de Narciso Jose Ribeiro, S. Jose de S. Lazaro, Braga e Rosaria Maria, Sampaio de Arcos, T. Manoel Jose Vieira e seu irmão Antonio Jose Vieira, cazeiros, pregal, Nogueira, celebrou o Padre João Manoel de Sousa, coadjutor)
- Bernardo Jose de Carvalho, 25 anos, filho natural de Maria da Conceição, S. Victor, Braga (casou em Navarra, S. Lourenço, a 5.9.1873, com Joana Maria Ribeiro, 22 anos, filha de Antonio Lopes Pimenta e Maria Ribeiro, terreiro, Navarra, T. Senhora Jeronima Maria, viuva, rua nova, D. Pedro V, S. Victor, Braga, tia paterna da contraente e Maria Jose de Jesus, Rosa Maria, prima carnal, da contraente, celebrou o Padre Jose Antonio Ribeiro Silva Gomes)
- Jose de Lima, 27 anos, paços, S. Victor, filho de Caetano de Lima e Brigida Ferreira, balbom, Santiago de Fraião (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 16.11.1873, com Ana Joaquina Gomes, 25 anos, filha de Luis Ferreira e Ana Maria Gomes, granja, Nogueira, T. Jose Joaquim, penelas, Antonio Gomes de Araujo, agrelo, ambos Nogueira, Padre João Alberto de Araujo e Castro, abade)
- Manoel Rodrigues ‘Larangeira’, 21 anos, alfaiate, natural S. Victor e morador em rua direita, Maximinos, filho de Antonio Manoel Baixo e Doroteia da Silva, Palmeira (casou em Maximinos, S. Pedro, a 21.3.1878, com Maria das Angustias Mota, 21 anos, natural S. Victor, filha de Manoel Jose da Silva Mota e Costodia Maria Pimenta, S. Victor, T. Inacio Ferreira Braga, oficial de diligencias no juizo de direito desta comarca, Maria da Mota, casada, Braga, Padre Domingos Jose Barroso Pereira, coadjutor, ‘Por ordem do Ex. Senhor Arcebispo por sentença de 28.1.1907, Padre Antão Jose de Oliveira, abade, 29.1.1907)
- Antonio Maria Varela, 30 anos, solteiro, marchante, natural Nª Sª da Assumpção, Caminha, morador rua direita, Maximinos, filho de Tomaz de Aquino Varela e Agueda Maria Flores, Caminha (casou em Maximinos, S. Pedro, a 22.3.1907, com Thereza de Jesus, 27 anos, criada de servir, S. Victor, morador rua direita, Maximinos, filha natural de Ana Joaquina, S. Lucrecia de Algeriz, Braga, T. João Airosa, solteiro, marchante, rua direita, Maximinos e Jose Rodrigues, casado, dourador, rua D. Gualdim, Sé, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Pinto, 29 anos, natural S. Victor, Braga e morador Gualtar, filho de Boaventura Pinto, Semelhe e Maria Thereza das Lamelas, Palmeira ‘abono por João Pinto, S. Victor’ (casou em Lago, S. Martinho, a 10.11.1878, com Felicidade Barbosa, 30 anos, natural de Arnoso, S. Eulalia e moradora s. marta, Lago, filha de Manoel Barbosa, Ferreiros, Braga e Rosa Maria, Aveleda, Braga, T. Delfino Jose Rodrigues, proprietario, igreja, Manoel Jose Gonçalves Lagos, negociante, telheira, solteiros, ambos Lago, Padre Manoel Jose Alves Cerdeira, encomendado)
- João Antonio, filho de Jose Fernandees e Maria Thereza, S. Victor, Braga (casou em Barreiros, S. Pedro, a 2.8.1779, com Ana Josefa Ferreira, filha de Manoel Antunes Ferreira e Ilena Teixeira, Barreiros, T. Manoel Antunes, Manoel Soares, solteiro, Manoel Gonç,alves de Sepulveda, todos Barreiros, Padre Antonio Dias, paroco)
- Jose Gomes de Araujo, 32 anos, filho de Francisco Antonio Gomes, Nogueira e Antonia Pereira Antunes, Lomar (casou com dispensa por serem parentes em 3º e 4º de consanguinidade em Nogueira, S. João Baptista, a 19.12.1880, com Catherina Rosa Leite, 23 anos, Nogueira, filha de Jose Leite, Nogueira e Florinda Rosa, S. Jose de S. Lazaro, Braga, T. Antonio Jose Vieira, pregal e João Gomes de Araujo, agrelo, ambos Nogueira, Padre Domingos Lopes Granja, encomendado)
- José Ferreira, 25 anos, cocheiro, natural S. Victor, Braga e morador feira nova, filho de Costodio José Ferreira e Camila Clara, ambos S. Victor, Braga (casou em Ferreiros, S. Maria, a 8.8.1881, com Antónia de Basto Amorim, 20 anos, proprietária, Lago e moradora feira nova, filha de Inácio José Basto Amorim e Thereza Rodrigues, ambos Lago, T. João António de Araújo, sapateiro, igreja e Francisco Luís da Silva, funileiro, igreja, ambos Ferreiros, Padre Manoel de S. Catherina Alvares de Araújo Gomes, abade)
- Antonio Jose Ferreira de Castro, 60 anos ‘viuvo de Josefa Maria Pinto, falecida S. Maria de Ferreiros, Braga’, espingardeiro, natural de S. Miguel de Guizande, anexa de S. Pedro de Oliveira, Braga e morador Ferreiros, filho de Jose Antonio Martins de Castro e Engracia Ferreira, S. Pedro de Escudeiros (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 3.11.1881, com Helena Maria, 36 anos, solteira, natural Sampaio de Arcos, anexa de Nogueira, filha de Bento Jose Ferreira, Arcos e Josefa Maria, S. Jose de S. Lazaro, Braga, T. Frederico Jose da Cunha Ribeiro e Andre Martins, assento, Sampaio de Arcos, Padre Domingos Lopes Granja, encomendado)
- José Maria Gonçalves Braga, 23 anos, igreja, Paredes Secas, filho de João Manoel Gonçalves e Thereza Maria da Silva (casou em Paredes Secas, S. Miguel, a 9.7.1882, com Maria da Graça de Freitas Oliveira Gonçalves Braga, 32 anos, natural S. João de Souto, Braga e morador S. Vicente, S, Victor, Braga, filho de Jerónimo José de Freitas e Ana Maria da Silva, S. João de Souto, Braga, T. João Antunes, veacova, António Martins, solteiro, carvalho, ambos de Paredes Secas, Padre Gregório José da Costa Machado, encomendado)
- Joaquim Redondo Pais de Vilas Boas, 36 anos, natural de Barcelos, filho de Joaquim Antonio Pais de Vilas Boas e Dª Teresa Joaquina Pereira do Lago (casou em Bonfim, Porto, a 29.3.1883, com Dª Isolina Gonçalves da Silva Santos, 26 anos, natural S. Victor, Braga, ‘viuva de Joaquim Patricio da Silva Santos’, filha de João Joaquim Gonçalves Braga e mãe incognita)
- Manoel Lopes Viola, 24 anos, Tenões, filho de Manoel Lopes, S. Victor e Francisca Thereza, Tenões (casou em Lamaçães, S. Maria, a 10.12.1883, com Maria Thereza, 24 anos, senra, Lamaçães, filha de Jose Adriano Ferreira, S. Victor e Ana Maria, S. Pedro de Maximinos, T. Jose Joaquim Gomes dos Reis, solteiro, servo da igreja de S. João de Souto e morador rua de S. Marcos, Braga e Antonio Luis de Araujo Brandão, negociante, rua do carvalhal, Braga, Padre João Vicente da Costa e Cunha, paroco)
- Manoel Antonio da Cunha Veloso, 34 anos ‘viuvo de Rita Joaquina Vieira’, ferreiro, S. Victor, rua da ponte, S. Lazaro, filho de Antonio Augusto Veloso e Joana Maria, S. Victor (casou em Lamaçães, S. Maria, a 6.1.1884, com Rosa Maria Barbosa, 34 anos, solteira, jornaleira, igreja, Lamaçães, filha de Antonio Barbosa, Lamaçães e Luiza Maria da Silva, Fraião, T. Jeronimo Jose de Lima, surrador, outeiral e Francisco Barbosa, passal, ambos Lamaçães, celebrou o Padre João Jose Pereira, Santiago de Fraião)
- Jose de Azevedo Araujo, 58 anos ‘viuvo de Joana Rosa Soares de Azevedo, falecida em S. Ildefonso’, natural de S. Victor, Braga, filho de Jose Maria Rodrigues Romeu, natural Paderne, Melgaço e Dª Maria Susana Germana, S. Victor, Braga (casou em Bonfim, Porto, a 3.6.1885, com Emilia de Jesus de Azevedo, 42 anos, exposta na roda do Porto)
- Joaquim Maria Ferreira Arantes ‘doente de cama e em perigo de vida, em casa de Ana Eufrásia Dias Paredes, pilar, 32 anos, solteiro, Carrazedo, filho de António Manoel Ferreira de Araújo e Isidora Cândida Arantes, proprietários e naturais S. Victor, Braga (casou em Carrazedo, S. Martinho, a 13.10.1885, com Olívia Maria de Abreu, 24 anos, pilar, Carrazedo, filha de António Manoel de Abreu, cozinheiro, Carrazedo e Ana Eufrásia Dias Paredes, governadeira sua casa, natural de Vila Verde, ‘ele declarou na presença das testemunhas quer legitimar os filhos que tem neste acto nos termos legais que são: Artur, n. 10.6.1883, baptizado em S. Vicente do Bico e Augusto nascido as 11H00 dia 12.10.1885, por baptizar’, T. Manoel José Rodrigues, proprietário, pilar, Fiscal e João Crisóstomo Fernandes, proprietário, viuvo e Paulo José Martins, sapateiro, António José Martins, solteiro, sapateiro, todos de pilar, Carrazedo, Padre Manoel Luís Alvares, abade)
- Jose Antonio da Mota, 20 anos, pedreiro, natural S. Victor, Braga, morador Palmeira, filho de Costodio da Mota, Bouro e Costodia Antunes, Oriz, S. Marinha, Vila Verde (casou em Lago, S. Martinho, a 1.2.1886, com Maria Joaquina, 21 anos, barral, Lago, filha de João Manoel Simões, Oriz, S. Marinha e Angela Maria Alves, Lago, T. Costodio Jose Pereira, fonte covas, Antonio Manoel Pereira, solteiro, igreja, ambos Lago, Padre Domingos Adelino de Almeida, encomendado)
- Antonio Joaquim Alves, 29 anos, S. Ana, Vimieiro, filho de Antonio Jose Alves, Marrancos, Ponte de Lima e Joaquina Rosa, S. Victor, Braga (casou em Caniçada, S. Mamede, a 4.4.1886, com Maria Joana da Silva, 28 anos, Caniçada, filha de Antonio Jose da Silva e Antonia Rita Ferreira, Caniçada, T. Alexandre Joaquim Gonçalves, morador residência e Bartolomeo de Alfões, sapateiro, rechã, ambos Caniçada, Padre Guilherme Candido Gonçalves, abade)
- Jose Antonio Carlos, 22 anos, pedreiro, paço, Lago, filho de Antonio Jose Carlos, S. Victor, Braga e Maria de Campos, Lago (casou em Lago, S. Martinho, a 10.5.1886, com Maria Joaquina Ribeiro, 23 anos, carvoeira, vila nova, Lago, filha de Antonio Jose Ribeiro, Lago e Maria Delfina da Costa, Povoa de Lanhoso, T. Jose Maria de Araujo, solteiro, proprietario, igreja, Manoel Antonio Lopes, carpinteiro, vila nova, ambos Lago, Padre Domingos Adelino de Almeida, encomendado)
- Jose Joaquim de Almeida, 66 anos ‘viuvo de Maria dos Desamparados Ferreira de Almeida, falecida S. Jose de S. Lazaro, Braga’, Arcozelo, Barcelos e morador S. Lucrecia, filho de Manoel Jose Gouveia e Almeida e Julia Maria de Almeida, Arcozelo (casou em S. Lucrecia de Algeriz, Santiago, a 23.12.1886, com Ana da Silva Gonçalves, 54 anos, solteira, Prado, S. Maria, filha de Antonio Jose Gonçalves e Josefa da Silva, Prado, S. Maria, T. Padre João Nepomoceno Pimenta, Adaufe e João Fernandes de Oliveira, proprietario, S. Lucrecia, Padre Domingos Jose de Araujo, paroco)
- António Arantes Russel, baptizado em S. Lazaro, Braga, 33 anos, proprietário, filho de António José Arantes e Dª Margarida Júlia Teixeira Russel (casou em Navarra, S. Lourenço, em 2.5.1887, com Maria Rosa Soares, 21 anos, proprietária, filha de Alexandre José Soares e Maria de Sepúlveda, Navarra, T. Francisco da Silva, alfaiate e Joaquim Lopes Tinoco, proprietário, ambos de Navarra, Padre Costodio Fernandes Pereira)
- Manoel Casimiro da Costa, 36 anos, natural S. João de Souto, Braga, ourives e morador Sé, Braga, filho de João Casimiro da Costa e Dª Maria do Alivio, ambos S. Lazaro, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 2.3.1889, com Dª Eulalia Emilia Marques, 26 anos, natural S. João de Souto, Braga, filha de Narciso Jose Marques, Santiago de Priscos e Dª Maria da Conceição Leite, natural S. Pedro de Maximinos, Braga, T. Antonio Joaquim Loureiro e Dª Costodia Maria Marques Loureiro, proprietarios, Sé, Braga, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, encomendado na igreja de S. João de Souto, Braga)
- Antonio Teles de Menezes, 28 anos, natural S. João de Souto, Braga, filho de Domingos Teles de Menezes e Dª Maria da Conceição Magalhães, S. Jose de S. Lazaro, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 2.3.1889, com Dª Leonila do Carmo, 22 anos, natural de S. João do Souto, Braga, filha de Narciso Jose Marques, Santiago de Priscos e Dª Maria da Conceição Leite, S. Pedro de Maximinos, Braga, T. Antonio Joaquim Loureiro e Dª Costodia Maria Marques, proprietarios, Sé, Braga, Padre Jose do Egipto Vieira, encomendado na igreja de S. João de Souto, Braga)
- Jose Maria Ribeiro, 30 anos, natural de S. Pedro de Figueiredo, Amares e morador S. Lazaro, Braga, filho de João Ribeiro, Figueiredo e Maria Joaquina de Oliveira, S. Miguel de Morreira (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 9.6.1889, com Emilia Candida, 23 anos, natural Cividade, Braga e moradora Nogueira, filha natural de Rosa Costodia, Nogueira, T. Antonio Jose Vieira e Costodio da Silva, proprietario, ambos Nogueira, Padre Domingos da Silva, abade)
- Manoel Antonio Ribeiro, 36 anos, proprietario, Lago, filho de Alexandre Jose Ribeiro, Lago e Joana Pimenta, Adaufe (casou em Lago, S. Martinho, a 16.11.1889, com Dª Laura Albertina de Sousa Braga, 19 anos, S. Victor, Braga e morador Lago, filho de Jose Antonio de Sousa Braga, falecido e Dª Josefa Ludovina das Mercês Sanches Braga, natural de Canietá, Pará, Brasil, T. Jose Antonio da Costa e Antonio Joaquim da Costa, solteiro, ambos telheira, Lago, Padre Domingos Adelino de Almeida, reitor)
- Francisco Ferreira Lopes, 23 anos, criado de servir, correira, S. Lazaro, filho de Bento Ferreira Lopes, lavrador cazeiro, Nogueira e Maria Rosa, S. Lazaro, ambos Braga (casou com dispensa por serem parentes em 3º e 4º de consanguinidade, em Fraião, Santiago, a 7.4.1890, com Margarida Ferreira, 25 anos, jornaleira, fonte seca, Fraião, filha de Narciso Lopes, carpinteiro e Costodia Maria, S. João de Nogueira, T. Antonio Rodrigues, Antonio de Araujo e Sa, ambos solteiros, proprietarios, igreja, Fraião, Padre Manoel da Costa, encomendado)
- Manoel Jose Sepulveda, 30 anos, Carrazedo, filho de Domingos Jose de Sepulveda, Carrazedo e Thereza de Azevedo, Fiscal (casou em Lago, S. Martinho, a 28.4.1890, com Rosa Maria Pereira, 22 anos, Lago, filha de Antonio Jose Pereira, Lago e Maria da Luz Cerqueira, S. Lazaro, Braga, T. Costodio Jose Pereira, Antonio Jose Pereira de Almeida, ambos Lago, Padre Albino Jose de Araujo, encomendado)
- Adelino Peixoto, 20 anos, caiador, S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Peixoto e Maria das Dores, ambos S. Victor (casou em Lamaçães, S. Maria, a 17.1.1891, com Mariana Thereza, 23 anos, igreja, Lamaçães, filha de Jose Luis da Costa e Rosa Maria, ambos Lamaçães, T. Jeronimo Jose de Lima e Jose Luis da Costa, ambos Lamaçães, Padre Baltazar Jose Fernandes, paroco)
- Joaquim Jose da Silva, 26 anos, jornaleiro, Santiago da Cividade, morador rua D. Pedro V, S. Victor, filho de Manoel Jose da Silva, Maximinos e Thereza Maria de Jesus, Santiago da Cividade, Braga (casou em Fraião, Santiago, a 10.6.1891, com Maria da Conceição, 24 anos, costureira, S. Maria de Fereiros, moradora rua da ponte, S. Lazaro, filha de Francisco de Barros, jornaleiro e Maria Madalena, S. Maria de Ferreiros, Braga ‘com licença do Senhor Arcebispo, para assistir nesta igreja, tendo pago as benesses ao paroco’, T. Manoel Antonio da Costa e Antonio Rodrigues, solteiros, lavradores, igreja, Fraião, Padre Manoel da Costa, encomendado)
- Jose Maria Rebelo da Silva, 30 anos, formado em filosofia, baptizado em S. Jose de S. Lazaro, Braga, filho de Jose Antonio Rebelo da Silva e Dª Ana Maria da Conceição Rebelo da Silva, ambos S. Jose de S. Lazaro, Braga (casou em Rendufe, S. Andre, a 15.8.1891, com Dª Beatriz Amelia de Azevedo Magalhães, 22 anos, proprietaria e morador S. Jose de S. Lazaro e hoje em S. Victor, Braga, filha de Antonio Santos de Azevedo Magalhães e Dª Amelia Augusta Vieira Marques, proprietarios, moradores S. Victor, Braga, T. Alberto Lopes, Rendufe e Manoel Joaquim Pinto, Padre Manoel Jose Alves Cerdeira, encomendado)
- Jose Adriano Vieira, 25 anos, lavrador cazeiro, via cova, Lamaçães, filho de Bernardo Vieira e Francisca Thereza, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 24.1.1892, com Maria Joaquina, 23 anos, filha de João Ferreira e Maria da Silva, S. Victor, T. Jose Leite de Magalhães e Jeronimo Jose de Lima, ambos Lamaçães, Padre Baltazar Jose Fernandes, paroco)
- Domingos Jose da Costa, 57 anos, solteiro, Santiago da Se, morador campo de Santiago, Santiago da Cividade, filho de Manoel Jose da Costa e Ana Maria da Graça, Santiago da Se (casou em Fraião, Santiago, a 6.3.1892, com Joana da Torre exposta na roda de Braga, baptizada na Se Primaz, 53 anos, solteira, costureira, moradora na rua das oliveiras, S. Victor, Braga ‘com licença do Senhor Arcebispo para assistir nesta igreja’, T. Antonio Rodrigues, proprietario e Manoel Antonio da Costa, criado de servir, ambos solteiros, igreja, Santiago de Fraião, Padre Manoel da Costa, encomendado)
- Lourenço de Oliveira, 26 anos, natural S. Salvador de Balazar, Guimarães, filho de Domingos de Oliveira e Maria de Oliveira, Balazar (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 26.5.1892, com Maria do Carmo, 38 anos, Nogueira, filha de Jose Baptista Leite, Nogueira e Rosa Florinda, S. Jose de S. Lazaro, Braga, T. Antonio Jose Vieira, cazeiro, igreja e Jose Francisco Correia, professor primario, bairro, ambos Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Manoel Leite, 28 anos, Nogueira, filho de Jose Baptista Leite, Nogueira e Florinda Rosa, S. Jose de S. Lazaro, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 24.7.1892, com Felisbina de Oliveira, 22 anos, natural S. Salvador de Balazar, Guimarães, filha de Domingos de Oliveira e Maria Thereza Maia, Balazar, T. Antonio Jose Vieira, cazeiro, igreja e Jose Francisco Correia, professor primario, bairro, ambos Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Manoel Afonso, 24 anos, natural S. Victor, Braga, filho de Antonio Afonso, Balança, S, João, Terras de Bouro e Maria Rosa Malheiro, S. Victor, Braga (casou em S. Lucrecia de Algeriz, Santiago, a 6.10.1892, com Antonia Pereira, 17 anos ‘pais presentes, deram consentimento’, natural Pousada, Sampaio, Braga e moradora S. Lucrecia, filha de Manoel Pereira e Luisa de Oliveira, Pousada, Sampaio, T. Francisco Antunes, proprietario, Francisco Joaquim de Sousa Sá e Silva, vendeiro, ambos S. Lucrecia, Padre Domingos Jose de Araujo, paroco)
- Antonio Luis da Costa, 44 anos ‘viuvo de Emilia Candida Ferreira’, proprietario, natural S. João da Madeira, Oliveira de Azemeis, filho de Domingos Luis da Costa e Maria Margarida de Jesus, S. João da Madeira (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 13.2.1893, com Maria dos Prazeres Antunes, 38 anos, solteira, proprietaria, natural de S. Lazaro, Braga e moradora Nogueira, filha de Jeronimo Jose Antunes, natural S. Maria de Bouro e Rita Emilia, Santo Ildefonso, Porto ‘foram legitimados neste acto os filhos de ambos Alice Maria, baptizada na Sé, Braga, em 19.7.1886; Maria da Assumpção, baptizada na Sé, Braga, em 10.10.1889’, T. Manoel Joaquim Fernandes, proprietario, Josefina Maria Freire Fernandes, proprietaria, ambos moradores campo de Santa Ana, S. Victor, Braga, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- João Vieira, 23 anos, igreja, Nogueira, filho de Antonio Jose Vieira e Luisa Maria da Rocha, Nogueira (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 22.5.1893, com Ana de Oliveira, 20 anos ‘com a presença da mãe que autorizou’, natural e moradora corrica, S. Lazaro, filha de Jose de Oliveira, S. Miguel da Morreira e Maria Thereza, S. Lazaro, Braga, T. Antonio Jose Vieira e João Vieira, bairro, cazeiros, Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Antonio Ferreira Leite, 21 anos, marceneiro, Santiago da Se e morador na rua D. Pedro V, S. Victor, filho de Jose Antonio Rodrigues, jornaleiro, S. João do Souto e Antonia Leite, S. Victor (casou em Fraião, Santiago, a 1.9.1894, com Francisca de Jesus, 21 anos, costureira, S. Victor e moradora em rua D. Pedro V, S. Victor, filha de João, jornaleiro, S. Lucrecia de Algeriz e Maria de Jesus Paula, S. João de Souto, Braga ‘licença do Senhor Arcebispo para assistir nesta igreja, pago beneses seu paroco’, T. Manoel Antonio da Costa e Antonio Rodrigues, solteiros, igreja, Fraião, Padre Manoel da Costa, encomendado)
- Narciso Leite, 22 anos, pedra, Nogueira, filho de João Baptista Leite, Nogueira e Maria Joaquina, Parada e Barbudo, Vila Verde (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 23.9.1894, com Ana Pinto, 20 anos, natural de S. Victor, Braga, filha de Antonio Vieira, S. Eulalia de Tenões, Braga e Maria Josefa Pinto, S. Victor, T. João Vieira, cazeiro, bairro e Antonio Jose Vieira, cazeiro, igreja, ambos Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade
- Jose Joaquim de Oliveira, Cavalheiro da Ordem de Cristo, 48 anos ‘viuvo de Dª Maria Jose Monteiro’, natural de Nª Sª de Oliveira, Guimarães, capitalista, morador S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Joaquim de Oliveira e Ana Rosa da Luz, moradores Nª Sª de Oliveira, Guimarães (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 25.11.1894, com Dª Herminia Henriqueta de Oliveira Monteiro, 36 anos, solteira, natural de S. Jose de S. Lazaro, Braga e moradora S. Victor, filha de Miguel da Silva Monteiro, natural de Salzedas, Lamego e Dª Ana Casimira da Silva Oliveira, S. João de Souto, Braga, T. Domingos Jose Soares, capitalista, S. Victor, Luis Baptista da Silva, organista, rua S. Sebastião, Jose Joaquim de Oliveira Guimarães, Dª Carolina de Sousa Braga, negociante, rua de S. Margarida Braga, celebrou o Padre Jose Egipto Vieira, abade de S. João de Souto, Braga, o Padre Jose Joaquim Pinto, abade
- Clemente Jose de Macedo, 23 anos, natural S. Victor e morador Nogueiró, Salvador, Braga, filho de Domingos Jose de Macedo e Costodia Pinto (casou em Crespos, S. Eulalia, a 24.3.1895, com Ana Ribeiro, 23 anos, Crespos, filha de Francisco Ribeiro e Maria Thereza Tinoco, Crespos, T. Francisco Antunes de Oliveira, alfaiate, Manoel Jose da Silva, solteiro, criado de servir, ambos Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
- Carlos Augusto Murta, 40 anos, solteiro, carpinteiro, S. Victor, morador espadanido, S. Lazaro, filho natural de Ana de Jesus, proprietaria, S. Victor (casou em Fraião, Santiago, a 8.6.1895, com Josefa Lopes, 23 anos, vendeira, fonte seca, Fraião, filha de Francisco Lopes, vendeiro, Nogueira e Maria Rosa Marques, S. Cristina de Longos, Guimarães, T. Antonio Rodrigues, solteiro e Antonio de Araujo e Sa, proprietarios, igreja, Fraião, Padre Manoel da Costa, encomendado)
- Antonio Joaquim da Silva, 39 anos, carpinteiro ‘viuvo de Emilia Rosa de Oliveira, falecida em S. Lazaro’, devesa, S. Lazaro, filho de Jose da Silva e Maria Jose Cerqueira, proprietarios, Nogueira (casou em Fraião, Santiago, a 19.7.1895, com Antonia Thereza, 40 anos, costureira ‘viuva de Jose Maria Ferreira, falecido em S. Lazaro’, moradora em devesa, S. Lazaro, filha de João de Lima, jornaleiro e Thereza Joaquina de Lima, Santiago de Fraião ‘com licença do Senhor Arcebispo, para assistir nesta igreja’, T. Manoel Joaquim Pereira, ferreiro e Manoel Jose Gonçalves, proprietario, ambos devesa, S. Lazaro, Braga, Padre Manoel da Costa, encomendado)
- Joaquim Jose Gonçalves ‘viuvo de Maria Bernardina da Silva Gonçalves’, empregado no telegrafo, filhode Domingos Antonio Gonçalves e Rosa Maria da Graça, lugar do Bom Jesus do Monte, Tenões (casou em Tenões, S. Eulalia, a 23.10.1895, com Maria Angelina Lopes, solteira, 36 anos, filha de João Tinoco e Maria da Conceição, S. Lazaro, Braga, T. Luis da Costa Palha, empregado no Bom Jesus do Monte e Jose Bento Teixeira, estalajadeiro, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, reitor)
- Francisco Ferreira, 23 anos, filho de João Ferreira e Maria da Graça, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 2.3.1896, com Maria Alves da Silva, 22 anos, S. Victor e moradora nesta, filha de Antonio Alves da Silva o Fontes e Antonia Inacia, T. Antonio Francisco de Araujo, proprietario e Dª Adelia Cristina Menezes Brandão de Araujo, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade) – ‘tinha uma anotação na margem – Agueda’
- Jose Francisco Parada, 56 anos, solteiro, capitalista, R. Romão da Ucha, Barcelos, morador em S. Lazaro, Braga, filho de Bento Francisco e Maria Thereza Pereira (casou em Tenões, S. Eulalia, a 2.7.1896, com Ana Maria da Silva, 22 anos, Tenões, filha de Antonio de Oliveira e Antonia Joaquina, S. Lazaro, Braga ‘com autorização do Senhor Arcebispo para casar nesta igreja paroquial’ , T. Antonio Jose Vieira e Francisco Marques, ambos monte, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Manoel de Sá, 38 anos ‘viuvo de Miquelina Carlota, S. Lazaro, Braga, no hospital S. Marcos, Braga’, natural Fiscal e morador Caldelas, filho de João de Sá e Thereza Maria da Silva, Portela (casou em Portela, S. Pedro, a 12.7.1896, com Antonia Joaquina Soares, 40 anos, solteira, Portela, filho de Domingos Jose Soares e Ana Joaquina Soares, Portela, T. Sebastião Avelino de Sousa, rendeiro e Jose Antunes Braga, solteiro, ambos Portela, Padre Domingos Jose Ribeiro)
- Adolfo Ribeiro da Cruz, 31 anos, natural Se, Pará, Estados Unidos do Brasil e morador em S. Victor, Braga, filho de Manoel Francisco da Cruz e Dª Vitoria da Silva Ribeiro (casou na capela do Real Santuario do Bom Jesus do Monte, em Tenões, S. Eulalia, a 18.7.1896, com Dª Alcina Arantes Freitas Braga, 20 anos, moradora S. Victor, filha de Francisco Jose de Freitas Braga e Dª Maria das Dores Arantes Braga, S. Victor ‘com provisão’, T. do contraente Agostinho Jose Fernandes, Antonio Jose de Pinho, assistentes em Belem, Grão-Pará, Brasil, representados pelos seus procuradores Antonio Jose da Silva Arantes e Joaquim AugustoFerreira da Silva, T. da noiva Jose Antonio Arantes Braga e Dª Margarida Amelia Arantes Braga, S. Victor, celebrou de minha autorização o Padre Jose Raimundo Alves de Araujo, Capelão do Real Santuario)
- Francisco de Sousa Braga, 20 anos, outeiro, S. Pedro de Este, filho de Manoel de Sousa Braga, marceneiro e Rosa Joaquina, proprietários, outeiro, S. Pedro de Este (casou em Este, S. Pedro, a 19.10.1896, com Emilia Maria Rodrigues Ferreira, 20 anos, proprietaria, rua de Santa Cruz, S. Victor, Braga, filha de Francisco Bernardo Rodrigues e Maria das Neves, proprietários, rua de Santa Cruz, S. Victor, T. Domingos da Costa, distribuidor de correio, rua de S. Domingos, Faustino de Sousa Braga, marceneiro, rua do souto, ambos Braga, Padre João Antonio Rodrigues, abade)
- João de Oliveira Braga, 25 anos, tamanqueiro, natural S. Jose de S. Lazaro, filho de Jose de Oliveira Braga e Joana da Luz (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 21.2.1897, com Ana Gomes da Costa, 19 anos ‘tinha o pai presente que deu consentimento’, operaria, natural da Se Primaz e moradora em Nogueiro, filha de Jose Gomes da Costa e Isabel Maria, T. Manoel Jose Marques, viuvo, cantoneiro, igreja, Nogueiro, João Francisco Marques, carpinteiro, lugar Senhora da Rocha, Tenões, Padre Manoel Vilela Fernandes de Oliveira, paroco)
- Rosalino da Silva Almeida, 25 anos, negociante, natural de S. João Baptista da Lagoa, Rio de Janeiro, Império do Brasil e morador S. Victor, Braga, filho de Jose Antonio da Silva Almeida e Dª Joaquina Eulalia Leite de Almeida (casou em Rendufe, S. Andre, a 27.12.1897, com Dª Carolina Peixoto, 21 anos, baptizada em S. Pedro de Maximinos, Braga e moradora Sé, Braga, filha de Jose Antonio da Silva Almeida e Dª Margarida Julia de Azevedo Peixoto Vieira, T. Felix Maria Cardoso Cruz e Artur Guilherme Vieira de Araujo, solteiros, proprietarios, Braga, Padre Silvestre José Peixoto, reitor)
- João Rodrigues Ferreira, 27 anos, solteiro, industrial, S. Victor, Braga, filho de Francisco Bernardo Rodrigues e Maria das Neves ou Maria das Neves Ferreira (casou em Tenões, S. Eulalia, a 30.12.1897, com Maria dos Desamparados Pereira ‘viuva de Jose Bento Teixeira’, 27 anos, S. João do Souto, Braga e moradora em Bom Jesus do Monte, Tenões, filha de Bento Jose Pereira e Ana Narcisa Pereira, T. Jeronimo da Silva e Sousa, negociante, S. Victor, Antonio Rodrigues de Sousa, S. Pedro de Este, Manoel de Sousa Oliveira Barreto, negociante, S. Victor, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Domingos Ferreira, 24 anos, jornaleiro, azenha, Lamaçães, filho de Francisco Ferreira Lopes, Lamaçães e Maria da Gama, falecida, S. João de Coucieiro (casou em Lamaçães, S. Maria, a 2.1.1898, com Thereza de Jesus, 24 anos, bom real, Lamaçães, filha de Domingos Antonio, Pedralva e Francisca Thereza, S. Victor, T. Padre Baltazar Jose Fernandes, abade de S. Eulalia de Tenões e Jeronimo Jose de Lima, proprietario, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
- Manoel Pereira, 22 anos, pedreiro, natural S. Victor, filho de Antonio Joaquim Pereira e Rosa Maria Machado (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 6.2.1898, com Maria da Conceição Fernandes, 18 anos ‘tinha pai presente que deu consentimento’, tecedeira, natural de Tenões e moradora Nogueiro, filha de Costodio Fernandes e Inez Maria, T. Manoel Gonçalves Salgado Braga, solteiro, proprietario, rua conselheiro Januario, S. Victor, João Lopes dos Santos, carpinteiro, Nogueiro, Padre Manoel Vilela Fernandes de Oliveira, paroco)
- Francisco Luís Ferreira, 23 anos, alfaiate, Ferreiros, filho de Manoel Luís Ferreira e Narcisa Tavares, ambos Ferreiros (casou em Ferreiros, S. Maria, a 10.7.1898, com Amélia Pia de Amorim, 35 anos, costureira, exposta na roda de Braga, baptizada em S. Lazaro, Braga, T. Felisberto de Abreu, solteiro, barbeiro e António Augusto da Cunha Santos, proprietário, ambos Ferreiros, Padre José Joaquim de Arantes, pároco)
- Manoel Joaquim Gonçalves, 46 anos ‘viuvo de Maria do Rosario da Conceição’, jornaleiro, S. João Batista de Nogueira, morador Tenões, filho de Narciso Gonçalves e Ana Joaquina (casou em Tenões, S. Eulalia, a 31.8.1898, com Maria da Luz, 43 anos ‘viuva de Francisco Jose Machado’, jornaleira, natural de S. Victor e moradora na calçada, Tenões, filha de João Pinto Braga e Ana Joaquina Fernandes, T. Manoel de Oliveira Guimarães e Henrique de Oliveira Guimarães, ambos solteiros, de Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Manoel Gonçalo da Maia Machado e Vasconcelos, filho de João da Maia de Barros e Vasconcelos e Dª Josefa Jobelina de Castro Teixeira e Vasconcelos, S. Martinho de Ferreiros (casou na capela de Nª Sª da Conceição, quinta de vilar, em Figueiredo, S. Pedro, a 18.10.1798, com Dª Maria de Barbara, filha do Dr. Antonio Jose Monteiro, S. Lazaro, Braga e Dª Luiza Maria e Mo, sua quinta de vilar, Figueiredo, T. Padre Luis Manoel da Silva, Dornelas, Manoel Monteiro, Antonio Gomes, ambos vilar, Figueiredo, celebrou o Padre Jose Luis Vaz, vigario de S. Martinho de Ferreiros, de licença de D. Frei Caetano Brandão, arcebispo e Senhor de Braga)
- João Ferreira Braga, 29 anos, negociante, S. Victor, Braga, filho de Jose Antonio Ferreira Braga e Maria Rosa Moreira, S. Victor, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 30.10.1898, com Dª Idalina das Dores da Silva Graça, 26 anos, capitalista, Sé, Braga, filha de Jose Antonio da Silva Graça e Rosa Ludovina da Silva, T. Francisco Iginio Cova Vidal, Braga e Dª Ana da Silva Graça, Sé, Braga, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Jose Mota de Carvalho, 18 anos, colchoeiro, natural S. João de Souto, Braga, filho de Francisco Jose de Carvalho, calchoeiro, S. Victor e Mariana Vilas Boas Mota, Anjos, S. Maria, Esposende (casou em Lago, S. Martinho, a 20.11.1898, com Rosa Vasco de Carvalho, 17 anos, S. Victor, Braga, filha de Jose Maria Vasco, falecido, Guimarães e Thereza Esteves da Silva, falecida, Palmeira ‘tiveram licença para casar nesta igreja ‘com autorização por serem menores’, T. Jose de Carvalho, alfaiate, mercador, Braga, Costodio Botica, sapateiro, Braga, Padre Lucio Dias Correia Fanha, abade)
- Antonio Ferreira, 27 anos, jornaleiro, natural S. Victor e morador em ruibanhos, Tenões, filho de João Ferreira e Maria Ferreira ou Maria da Silva (casou em Tenões, S. Eulalia, a 9.4.1899, com Thereza Maria, 21 anos, jornaleira, ruibanhos, Tenões, filha de Jose Antonio Machado e Ana Joaquina, T. Alberto de Jesus, solteiro, Tenões e João Rodrigues, S. Pedro de Este, celebrou o Padre Manoel Vilela Fernandes de Oliveira, paroco de Salvador de Nogueiro, com minha autorização)
- Antonio Manoel da Silva, 22 anos, soldado de Infantaria 8, sediado em Braga, natural de S. Pedro de Ajude, anexa a de S. João de Rei, Lanhoso, filho de Jose Maria da Silva e Antonia Rita da Silva (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 23.7.1899, com Ana Luisa de Oliveira, 27 anos, lavradeira cazeira, natural de S. Victor e moradora em Nogueiro, filha de Manoel de Oliveira e Maria de Jesus, T. João Pinto, lavrador, seara de baixo, Antonio Jose Marques de Carvalho, proprietario, rua de S. Victor o Velho, Braga, Padre Manoel Vilela Fernandes de Oliveira, paroco)
- Manoel Rodrigues, 20 anos ‘pais presentes, deram consentimento’, criado de servir, S. Lazaro e morador igreja, Fraião, filho de João Rodrigues exposto na roda de Braga e Josefa Gomes, S. Lourenço de Sande, Guimarães (casou em 10.12.1899, com Francisca Thereza, 18 anos ‘pais presentes, deram consentimento’, jornaleira, igreja, Fraião, filha de Narciso Lopes, Nogueira e Thereza Maria Gomes, S. Lazaro, lavradores cazeiros, T. Manoel Antonio da Costa, solteiro, estudante e Bernardino Rodrigues, ambos igreja, Fraião, Padre Manoel da Costa, encomendado)
[Dissolvido por falecimento de Francisca Thereza, em 8.3.1951, assento 322, em S. Victor]
- Jose Vieira, 23 anos, Nogueira, filho de Antonio Jose Vieira, Nogueira e Luiza Maria da Rocha, Lomar (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 22.10.1899, com Ana Augusta, 21 anos, moradora Nogueira, filha de João Baptista Leite, natural S. Lazaro, Braga e Maria Joaquina, Parada e Barbudo, Vila Verde, T. Narciso Leite, cazeiro e João Vieira, ambos Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
[Dissolvido o casamento pelo falecimento de Jose Vieira, em 10.10.1911]
- Miguel de Oliveira, 26 anos, lavrador cazeiro, natural de S. Victor e morador em veiga da metade, Nogueiro, filho de Manoel de Oliveira e Maria de Jesus (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 22.1.1900, com Joana Maria de Lima, 25 anos, natural de S. Victor e moradora em S. Maria de Adaufe, filha de Jose de Lima e Antonia Maria, T. Alexandre da Silva, surrador, sobveigas, Candida Augusta Ferreira da Cruz, proprietaria, igreja, ambos Nogueiro, Padre Manoel Vilela Fernandes de Oliveira, paroco)
- Antonio Fernandes Machado, 23 anos, chapeleiro, S. Victor, filho de Antonio Joaquim Fernandes e Thereza Fernandes, S. Victor (casou em Lamaçães, S. Maria, a 28.1.1900, com Maria Thereza, 21 anos, tecedeira, Lamaçães, filha de Francisco Dias, falecido e Maria Joaquina Vieira, Lamaçães, T. Jeronimo Jose de Lima, proprietario e Jose Vieira, solteiro, estudante, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
- Carlos Augusto, 35 anos, solteiro, jornaleiro, Nogueira e morador Fraião, filho de Francisco da Silva, falecido e Cecilia Rosa exposta (casou em Fraião, Santiago, a 25.2.1900, com Rosa Maria, 32 anos, solteira, jornaleira, Fraião, filha de Jose Ferreira, S. Lazaro e Maria da Silva Pinto, Fraião, T. Manoel da Silva e Manoel Rodrigues, lavradores, Fraião, Padre interino Antonio Jose Ferreira)
- Jose da Silva, 22 anos, sapateiro, rua do beco, Maximinos, filho de Jose da Silva, S. Lazaro e Francisca da Silva, Maximinos (casou em Maximinos, S. Pedro, a 11.3.1900, com Perpetua Rosa, 23 anos, natural Real, S. Jeronimo e moradora em rua de s. sebastião, filha de Bento Ferreira, S. Pedro de Merelim e Ursula Maria, S. Jeronimo de Real, T. Francisco de Sá, casado, alfaiate, Manoel da Cunha, solteiro, agenciario, moradores rua direita, Maximinos e Manoel Ferreira, casado, proprietario, esperança, Gondizalves, celebrou o Padre João Baptista Rodrigues, coadjutor)
- Torcato exposto roda de Guimarães, 28 anos, morador S. Vitor (casou em Tenões, S. Eulalia, a 16.6.1900, com Maria Jose Vieira, 20 anos, jornaleira, natural Salvador de Nogueiro e moradora em nogueiras, Tenões, filha de João Dias e Ana Maria Vieira ou Ana Vieira Dias, T. Antonio Dias, Jose Gomes, ambos Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Bacharel Jose de Azevedo Fonseca e Moura, 25 anos, professor do Liceu Central de Braga, natural S. Victor, filho do Bacharel Jose Alves de Moura e Dª Emilia da Costa Pedreira de Azevedo e Moura (casou em Tenões, S. Eulalia, a 9.8.1900, com Dª Adelaide Sofia Marques Ferreira Braga, 20 anos, natural de Santiago da Cividade e moradora em S. Victor, filha de Domingos Jose Ferreira Braga e Dª Adelaide Sofia Marques Braga ‘autorizado e provisão do Senhor Arcebispo de 7.8.1900’, T. pelo noivo Bacharel Jose Alves de Moura e Dª Emilia da Costa Pedreira de Azevedo e Moura, pela noiva Comendador Domingos Jose Ferreira Braga e Dª Francisca Nina Marques da Silva, todos S. Victor, celebrou com minha autorização o Padre Dr. Jose Joaquim Pereira dos Santos Mota, o Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose de Azevedo Fonseca e Moura, em 2.3.1951, S. Lazaro, Braga, assento 284]
- Braz Lata de Carvalho, 23 anos, negociante, S. Victor, morador em S. João do Souto, Braga, filho de Manoel Bento de Carvalho e Dª Maria Marcelina de Carvalho Lata (casou na Real Capela do Bom Jesus do Monte, em Tenões, S. Eulalia, a 18.8.1900, com Dª Maria da Conceição Vieira Gomes, 26 anos, S. Victor, moradora em S. Lazaro, Braga, filha Manoel Joaquim Gomes e Dª Maria Vieira da Silva Gomes ‘autorizado e provisão Senhor Arcebispo’, T. pelo noivo Dª Maria Marcelina do Carmo Lata e Manoel Bernardo de Carvalho, ambos de Braga, pela noiva Luisa Gomes de Matos, Porto e Comendador João Vieira da Silva, Lisboa, celebrou de minha autorização o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João do Souto, Braga)
- Bento Arlindo Cardoso da Silva, 25 anos, proprietario, natural S. Sebastião, Guimarães, morador na casa e quinta gordeita, palhotas, S. Lazaro, filho de João Arlindo da Silva Pinto, Sampaio, Guimarães e Joaquina da Anunciação, costureira, vila de Fafe (casou em Dume, S. Martinho, a 12.9.1900, com Dª Emilia da Luz Pilar, 25 anos, proprietaria, S. Victor, moradora na casa e quinta do cabido, S. Victor, filha de Antonio Jose Fernandes Pilar, Carrazedo, Amares e Dª Maria Rita Ferreira Monteiro, S. Victor, proprietários, T. pelo noivo: Dª Amelia Beatriz de Assumpção Pinto, tia, proprietaria e Gonçalo Pinto de Carvalho, proprietario, casa e quinta de gordeita, pela noiva: sua mãe Dª Maria Rita Ferreira Pilar, viuva, proprietaria e moradora casa e quinta do cabido e Luis de Araujo Franqueira, negociante, morador na rua dos capelistas, Braga, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
- Domingos Jose Soares, bacharel em medicina, 37 anos, natural de Adaufe, S. Maria e morador rua conselheiro Januario, S. Victor, Braga, filho de Domingos Jose Soares e Dª Emilia Aurelia Sousa Machado, proprietarios, morador rua conselheiro Januario, S. Victor, Braga (casou em Navarra, S. Lourenço, as 06H00, dia 16.11.1900, com Dª Amelia Soares Vieira, 27 anos, proprietaria, filha de Alexandre Jose Soares e Dª Maria Vieira Soares, proprietarios, Navarra, T. Joaquim Lopes Tinoco, ermida, João Fernandes de Sepulveda, proprietarios, ambos Navarra, Padre colado João Fernandes de Sepulveda)
- Jose da Silva Pereira de Vasconcelos, 22 anos, proprietario, natural S. Victor, Braga, filho de Jose da Silva Pereira de Vasconcelos e Dª Maria da Luz Leite de Vasconcelos, proprietarios, S. Victor (casou em Ferreiros, S. Maria, a 24.11.1900, com Dª Lina Augusta dos Santos Fontes, 20 anos, proprietaria, Ferreiros, filha de Francisco Jose de Araujo Fontes, Vilar da Veiga, Vieira e Dª Maria das Angustias Vieira dos Santos Fontes, proprietarios, T. Manoel Bento Carvalho, Dª Maria da Luz Leite de Vasconcelos, proprietarios, Braga, Dª Maria das Angustias Vieira dos Santos Fontes e Francisco Jose de Araujo Fontes, proprietarios, Ferreiros, celebrou o Padre Costodio Lopes Vieira dos Santos, S. Victor, Braga, de minha licença, o Padre Jose Joaquim Arantes, encomendado)
[Jose da Silva Pereira de Vascoscelos, falecido em 20.9.1955]
- Antonio Ferreira Lopes, 23 anos, jornaleiro, outeiro, Lamaçães, filho de Jose Ferreira Lopes, S. Lazaro e Costodia Maria Vieira, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 12.1.1901, com Luisa Gama e Silva, 26 anos, jornaleira, azenha, Lamaçães, filha de Francisco Ferreira Lopes, Lamaçães e Jose Vieira Junior exposto, morador nesta, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
- Miguel Fernandes, 24 anos, trolha, natural S. Victor, Braga, filho de Antonio Fernandes e Ana Joaquina (casou em Crespos, S. Eulalia, a 2.2.1901, com Francisca da Costa Machado, 23 anos, cruzes, Crespo, filha de Joaquim Gomes e Ana Machado, T. Jose Antunes, estudante e Joaquim de Sousa, pedreiro, ambos solteiros, Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
- João Antonio Gomes, 26 anos, proprietario, Espinho, filho de Manoel Gomes e Maria Thereza, S. Martinho de Espinho (casou em Espinho, S. Martinho, a 11.2.1901, com Maria dos Desamparados Ribeiro, 30 anos, professora oficial desta freguesia, natural de S. Victor, filha de Francisco Ribeiro, S. João de Nogueira e Antonia Maria, S. Lourenço de Navarra, T. Bernardo Jose Esteves, lavrador proprietario, Padre Manoel Jose da Costa, capelão de Nª Sª do Sameiro, ambos Espinho, Padre Antonio Afonso Barral, paroco)
- Amandio Casimiro da Costa, 21 anos, natural Se, Porto e morador na rua S. Ildefonso, Porto, filho de Antonio Casimiro da Costa e Dª Maria do Espirito Santo ou Dª Maria do Espirito Santo Costa (casou em Tenões, S. Eulalia, a 17.3.1901, com Dª Aurora Lopes de Oliveira, 17 anos ‘mãe, viuva, presente que deu consentimento’, natural S. Jose de S. Lazaro, Braga e moradora em Se, Porto, filha de João Jose Lopes de Oliveira e Dª Maria Isabel Alves ‘autorizado e provisão do Senhor Arcebispo de 14.3.1901’, T. pelo noivo Antonio Casimiro da Costa e Dª Maria do Espirito Santo Costa, casados, pela noiva Manoel Casimiro da Costa e Dª Maria Isabel Alves, viuva, ambos Braga, celebrou de minha autorização o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João do Souto, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Amandio Casimiro da Costa, as 01H00, dia 16.12.1963, em Vilar do Paraiso, Vila Nova de Gaia, Boletim 1238, de 23.12.1963]
- Bento Pereira, 24 anos, filho de Jose Manoel Fortunato Pereira, Tenões e Maria Joana, Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 20.3.1901, com Maria Luisa, 18 anos, filha de Manoel Jose Veiga, falecido, Gualtar e Maria Thereza, S. Victor, Braga ‘presente que deu consentimento’, T. João Pereira, proprietario, S. Mamede de Este, Domingos Pereira, cazeiro, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Manoel Inacio Dias Braga, 27 anos, tipografo, natural Se, Braga e morador Santiago da Cividade, Braga, filho de Jose Joaquim da Silva Braga, negociante, Sobreposta e Rosa Dias da Costa, S. Victor, ambos Braga (casou em Dume, S. Martinho, a 8.4.1901, com Maria Candida da Silva, 25 anos, negociante, S. Jose de S. Lazaro e moradora em Cividade, Braga, filha de João Augusto da Silva, ourives e Maria da Graça, negociante, S. Lazaro, T. pelo noivo: Manoel Inacio da Silva Braga, viuvo, empregado na contrataria, Porto e Maria da Conceição Silva Braga, solteira, professora oficial, irmãos do noivo; pela noiva: Dª Maria da Apresentação Costa, solteira, proprietaria e Manoel Augusto Silva, solteiro, ourives, ambos Braga, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
- Manoel da Costa, 40 anos, jornaleiro, S. Victor, filho de Crispiano Rodrigues e Francisca Maria (casou em Tenões, S. Eulalia, a 14.4.1901, com Costodia Gomes, 25 anos, Tenões, filha de João da Costa e Thereza Gomes, T. Jose da Costa e João da Costa, casados, lavradores cazeiros, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Amadeu Vieira Gomes, 24 anos, industrial, S. Jose de S. Lazaro, Braga, filho de Manoel Joaquim Gomes, S. Cristina de Longos, Guimarães e Dª Maria Vieira da Silva Gomes, Rio Grande do Sul, Brasil (casou no Real Santuario do Bom Jesus do Monte, em Tenões, S. Eulalia, a 18.4.1901, com Dª Laura Arantes de Freitas Braga, 22 anos, S. Victor, filha de Francisco Jose de Freitas Braga, S. Pedro de Barreiros, Amares e Dª Maria das Dores Arantes Braga, S. Victor ‘autorizado e provisão do Senhor Arcebispo de 1.4.1901, T. Adolfo Ribeiro da Cruz, comerciante, Belem, Grão-Pará, Brasil, representado pelo seu procurador Dr. Joaquim Arantes Pereira, Porto, Alfredo Vieira Gomes, industrial, Braga, celebrou de minha autorização o Padre Jose Raimundo Alves de Araujo, capelão do Real Santuario, o Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Laura Arantes de Freitas Braga, em 15.6.1957, em S. Victor, assento 463]
- Antonio Joaquim de Carvalho, 36 anos ‘viuvo de Eusebia de Macedo Pereira, falecida, S. João de Souto, Braga’, proprietario, natural de S. Victor e morador S. João de Souto, Braga, filho de Jose de Carvalho Matos e Maria Joana Pereira, S. Victor, Braga (casou em Lago, S. Martinho, a 2.5.1901, com Dª Celestina Candida da Cruz, 22 anos, natural Seixas, S. Pedro, Caminha e moradora S. João de Souto, Braga, filha de Raimundo Jose da Cruz, Lanhelas e Ana Joaquina Esteves, Seixas, ambos Caminha ‘tem autorização do Sr. Arcebispo para serem recebidos em Lago’, T. Manoel Antonio Esteves, negociante, morador lugar S. Francisco e Jose Costodio Ramos, industrial, rua dos chãos, ambos Braga, Padre Lucio Dias Correia Fanha, abade)
- Miguel da Silva, 23 anos, jornaleiro, natural Adaufe e morador Gualtar, filho de Bento Jose da Silva, S. Victor, Braga e Joaquina de Oliveira, Lourenço de Navarra (casou em Gualtar, S. Miguel, a 22.7.1901, com Mariana, 23 anos, tecedeira, Gualtar, filha de Francisco Jose Pinheiro, Gualtar e Ana da Silva, S. Estevão de Penso, ambas Braga, T. Antonio Joaquim da Silva, mourisca, Antonio de Oliveira, chapeleiro, lage, ambos Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Francisco Antonio Antunes, 38 anos, viuvo de Dª Joaquina Augusta Ferreira de Carvalho Antunes, falecida em S. Victor, proprietario, Valdozende e morador S. Victor, Braga, filho de Jose Maria Antunes, Valdozende e Thereza Maria da Silva, S. Maria de Bouro (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 15.8.1901, com Dª Maria Angelica de Jesus, 38 anos, solteira, natural S. Jose de S. Lazaro, filha de Manoel Jose Vieira Gomes Gonçalves, S. Lazaro e Maria da Conceição de Araujo, S. Antonio Soutelinho, raia de Chaves, T. João Jose de Araujo, proprietario, S. Victor, Dª Rita Araujo Salgado Zenha, proprietaria, rua Anchieta, Lisboa, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Jose Maria da Silva Taxa, 22 anos, empregado comercial, S. Victor, filho de Antonio Jose Fernandes da Silva Braga e Thereza Augusta da Silva Taxa (casou em Tenões, S. Eulalia, a 23.9.1901, com Dª Marcelina Rosa Leite de Magalhães, 21 anos, Lamaçães, filha de Jose Leite de Magalhães, falecido e Dª Marcelina Julia da Silva Lata ‘autorizado e provisão do Senhor Arcebispo de 20.9.1901’, T. Padre Jose Rodrigues, S. Pedro de Este, Antonio Jose Leite de Magalhães, Lamaçães, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Maria da Silva Taxa, em 11.1.1914, assento 44, de 13.6.1970]
- Francisco Jose de Sousa, 26 anos, jornaleiro, reguengo, Semelhe, filho de Antonio Jose de Sousa, S. Victor e Francisca de Lima, Semelhe (casou em Maximinos, S. Pedro, a 1.12.1901, com Violanta da Conceição Araujo, 23 anos, devesa, Gondizalves, anexa desta, filha de Francisco Pinto e Maria de Araujo, Gondizalves, T. Francisco Maia, alfaiate, cabrita e Francisco Pinto, caiador, devesa, ambos Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Correia, 26 anos, agrelo, Nogueira, filho de Joaquim Ferreira, Nogueira e Maria Jose da Costa, S. Lazaro, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 8.12.1901, com Maria de Oliveira Peixoto, 25 anos, eira nova, Nogueira, filha de Domingos Peixoto, Semelhe e Joana Maria de Oliveira, Arcos, T. Padre Domingos Ferreira de Araujo, goire, Arcos, anexa de Nogueira, Francisco Jose Ribeiro, formal, Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
[Manoel Correia, falecido em 4.3.1948, Fraião]
- João Jose Ferreira, 19 anos ‘presença pai’, sapateiro, Gualtar, filho de Costodio Jose Ferreira, Gualtar e Joaquina Rosa do Socorro, S. João de Nogueira, ambas Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 13.1.1902, com Bernardina Rosa, 22 anos, tecedeira, natural S. Victor e moradora Gualtar, filha de Francisco Barbosa e Maria da Conceição, Lamaçães, Braga, T. Jose Luis Machado, jornaleiro, Thereza Ferreira, lavradreira, ambos crespa, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Jose Ferreira Barbosa, 22 anos, natural S. Victor e morador Gualtar, filho de Manoel Ferreira Barbosa, S. João de Nogueira e Maria da Silva, Adaufe, ambas Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 23.2.1902, com Quiteria Maria, 26 anos, natural S. Victor, Braga, filha de Manoel da Silva Serrão, Celeiros e Domingas Thereza de Carvalho, S. Victor, ambas Braga, T. João Fernandes da Silva, pedreiro, Antonio da Silva Tinoco, cazeiro, ambos Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Domingos Fernandes, 42 anos ‘viuvo de Rosa de Jesus ou Rosa Maria, falecida nesta’, lavrador cazeiro, natural S. Victor e morador Nogueiro, filho de Francisco Fernandes e Joana Timoteo, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 23.3.1902, com Maria Rosa da Silva, 25 anos, criada de servir, natural Sampaio de Pousada, Braga e moradora Nogueiro, filha de Jose Antonio da Silva e Joana da Silva, Sampaio de Pousada, T. Narciso Leite, lavrador cazeiro, veiga da metade, Nogueiro, Carlos Augusto da Silva, lavrador cazeiro, Lamaçães, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- Jose Maria Ferreira, 39 anos, solteiro, proprietario, Gualtar, filho de Antonio Manoel Ferreira, S. Lucrecia de Algeriz e Maria Rosa Dias, S. Pedro de Este, ambas Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 29.3.1902, com Antonia de Oliveira, 24 anos, proprietaria, natural S. Victor e moradora S. Maria de Sequeira, filha de Bento de Oliveira, Dume e Rosa Ferreira, Sequeira, ambas Braga, T. Manoel Jose Machado, S. Pedro de Este, Antonio de Oliveira, Gualtar, proprietarios, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Andre Avelino exposto, 31 anos, criado de servir em S. Victor, Braga e baptizado em Santiago da Cividade, ambas Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 13.4.1902, com Rosa Ribeiro, 24 anos, lavradeira, Gualtar, filha de Jose Ribeiro, Gualtar e Maria Joaquina, S. Pedro de Este, T. Antonio Joaquim de Sousa, cazeiro, mourisca, Antonio de Oliveira, chapeleiro, lage, ambos de Gualtar, celebrou com minha autorização o capelão de S. Braz, Padre Jose Rodrigues)
- João Jose Fernandes da Costa, 22 anos, ourives, natural S. Victor e morador Sé Primaz, filho de Manoel Jose da Costa, Maximinos e Maria dos Desamparados Fernandes, S. Victor, ambas Braga (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 16.4.1902, com Dª Joana da Conceição Pilar, 25 anos, proprietaria, S. Victor, filha de Antonio Fernandes Pilar, Carrazedo, Amares e Dª Maria Rita, S. Victor, Braga, T. Dª Maria Rita Ferreira Pilar, Bento Arlindo Cardoso da Silva, proprietarios, rua D. Pedro V, S. Victor, Manoel Jose da Costa, ourives e Maria dos Desamparados Fernandes, rua nova de Sousa, Sé ‘pais da contraente’, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Manoel Maria de Oliveira Carvalho, 29 anos, Professor do Liceu Nacional Central, Braga, natural Se, Braga e morador em Tenões, filho de Manoel Ribeiro de Carvalho Junior, S. João de Souto e Dª Maria Jose de Oliveira, Se, ambos Braga (casou na capela publica de S. Matias, Fraião ‘com autorização do Senhor Arcebispo e Provisão e presença do conego da Se Doutor Jose Antonio Machado da Costa Vilela, em Fraião, Santiago, a 14.5.1902, com Dª Laura Emilia da Mota Belo, 26 anos, proprietaria, S. Victor e moradora em S. Jose de S. Lazaro, Braga, filha de Jose Maria Gomes Belo, S. Lazaro e Dª Ana de Oliveira Mota Belo, Se, ambos Braga, T. os pais dos contraentes, Padre Jacinto da Cunha, paroco)
- Joaquim Ilidio Vieira de Carvalho, 58 anos, solteiro, proprietario, natural de S. João de Souto, Braga e morador Nogueiro, filho de Francisco Jose Vieira de Carvalho e Dª Antonia Rosa da Conceição, S. João de Souto (casou com dispensa por serem parentes em 2º de consanguinidade, em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 12.6.1902, com Dª Maria das Dores da Silva Vieira Braga, 47 anos, solteira, S. José de S. Lazaro, Braga e moradora Nogueiro, filha de João da Silva Vieira Braga, S. João de Souto e Dª Isabel Maria Fernandes da Silva, S. Victor, T. Dª Maria dos Prazeres Fernandes, rua do alcaide, Braga, Dª Maria Guilhermina Vieira de Carvalho, solteira, rua de S. João do Souto, ambas proprietarias, Manoel da Silva Vieira Braga, empregado comercial, rua das aguas, Braga, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- João Soares, 25 anos, pedreiro, S. Victor, filho de Antonio Jose Soares, S. Victor e Thereza Jose, S. Pedro de Serzedelo, Lanhoso (casou em Gualtar, S. Miguel, a 7.7.1902, com Thereza de Jesus ou Thereza Julia de Jesus, 22 anos, tecedeira, S. Jose de S. Lazaro e moradora Gualtar, filha de Antonio Soares ou Antonio Vieira Soares, Gualtar e Ana Maria Vieira, Lamaçães, T. Domingos Alves da Mota, cazeiro, Antonia Maria Ferreira, criada de servir, ambos Arcela, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
[Nesta cerimonia e perante as testemunhas legitimaram uma filha, de ambos, de nome Laura, n. 5 e b. 9.6.1901, em Gualtar]
- Bernardo Pinto Franqueira, 20 anos ‘pai presente’, caiador, S. Victor, filho de Antonio Pinto ou Antonio Pinto Franqueira, S. Victor e Antonia de Magalhães, Lamaçães (casou em Gualtar, S. Miguel, a 9.7.1902, com Senhorinha, 22 anos, tecedeira, Gualtar, filha de Antonio Virgem dos Santos ou Antonio Virginio dos Santos, exposto e Mariana de Oliveira, Gualtar, T. Maria da Silva, costureira, Antonia Maria Ferreira, criada de servir, ambas Arcela, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Manoel, 25 anos, jornaleiro, S. Victor e morador Gualtar, filho de Jose Lopes, Maximinos e Maria das Angustias, S. Victor, Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 17.9.1902, com Isabel, 19 anos, ‘pai presente’, tecedeira, natural Santiago de S. Lucrecia de Algeriz e moradora Gualtar, filha de Manoel Correia, Gualtar e Ana Malheiro, S. Lucrecia de Algeriz, T. Manoel Jose Pereira Pocho, proprietario, Barros, Manoel Francisco Maria, cabreiro, estrada nova, ambos Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel, em 31.7.1947, em Gualtar]
- Manoel da Silva Vilaça, 26 anos, viuvo de Dª Alice Camilo Monteiro, falecida em Urrô, Penafiel, Porto, natural de Fradelos, Tadim e morador rua S. Catherina, S. Ildefonso, Porto, negociante, filho de Francisco Jose Vilaça e Dª Maria Joaquina da Silva, Fradelos (casou com provisão do Sr Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 20.9.1902, com Dª Maria de Castro Sequeira, 19 anos, emancipada, S. Victor, filha de João Lopes de Sequeira e Dª Maria de Castro Coutinho Sequeira, naturais Brasil, T. Dª Adelaide de Castro Sequeira Vilaça e David Vilaça, negociantes, S. Victor, Braga, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Antonio Lopes, 19 anos ‘pai presente que deu consentimento’, natural de S. Victor, filho de Costodio Lopes e Maria da Silva, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 22.9.1902, com Ana Maria de Paiva, 17 anos ‘pai presente deu consentimento’, natural de Nogueiro, filha de Frncisco de Paiva e Antonia Maria, Salvador de Dadim e Nogueiro, T. João Pereira, lavrador cazeiro, João Lopes dos Santos Rios, solteiro, carpinteiro, ambos Nogueiro, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- Jose Maria Mendes Fragoso, 31 anos, solteiro, farmaceutico, Se Nova, Coimbra e morador em S. João de Souto, filho do bacharel Manoel Messias Mendes Fragoso, Se Nova e Dª Julia Ferreira de Sousa Fragoso, S. Bartolomeo, ambos Coimbra ‘com autorização para celebrar nesta igreja do Senhor Arcebispo e provisão de 3.10.1902 e a presença do conego Vitor Jose de Oliveira (casou em Fraião, Santiago, a 11.10.1902, com Dª Laura Ernestina da Conceição Amorim, 23 anos, proprietaria, S. João do Souto e moradora em S. Lazaro, filha de Costodio Jose da Silva Amorim, S. Marta de Bouro e Dª Antonia Maria da Conceição Amorim, S. Victor, T. bacharel Manoel Messias Mendes Fragoso, Dª Julia Ferreira de Sousa Fragoso, S. João de Souto, Antonio Jose Barbosa Pinto e Dª Antonia Maria da Conceição Amorim, S. Lazaro, Braga, Padre Jacinto da Cunha, paroco)
- Jose da Silva, 24 anos, natural S. Lazaro, Braga, filho natural de Maria da Silva, S. Lazaro, Braga (casou em Covide, S. Marinha, a 17.11.1902, com Maria Angelina Alves Pereira, 24 anos, jornaleira, lugar covide, filha natural de Joaquina Alves Pereira, Covide, T. Jose Antonio Afonso, viuvo, negociante e Belarmino Augusto Pereira, artista, lugar covide, Covide, Padre Jose Bernardo de Freitas, paroco)
- Jose da Costa, 36 anos, solteiro, pedreiro, solteiro, S. Eulalia de Tenões, onde casaram, filho de João da Costa, S. Victor e Maria da Conceição, Tenões (casou em Lamaçães, S. Maria, a 24.11.1902, com Maria das Neves, 28 anos, tecedeira, Lamaçães, filha de João Luis Martins, Palmeira e Joaquina Candida, Lamaçães, T. Costodio Fernandes Gabriel, pedreiro e Jeronimo Jose de Lima, proprietario, outeiral, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
- Manoel Oliveira Torres, 36 anos, solteiro, proprietario, cruzeiro, Dume, filho de Jeronimo de Oliveira Torres e Thereza Maria Veloso, proprietários negociantes, Dume (casou em Dume, S. Martinho, a 26.11.1902, com Beatriz da Apresentação Oliveira, 36 anos, solteira, familiar, S. João de Souto, Braga, moradora no assento, Dume, filha de Manoel Jose de Oliveira, alfaiate e Francisca Thereza de Jesus Oliveira, costureira, S. Victor, T. Antonio de Oliveira Torres, proprietario e Manoel Agostinho da Costa, industrial, ambos cruzeiro e Antonio Lopes, solteiro, proprietario, sobremoure, todos Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
- Antonio Menice Malheiro, 20 anos, emancipado, capitalista, natural Dume e morador S. Victor, filho de Jose Gomes Malheiro, Dume e Dª Mariana Menice Malheiro, Pará, Brasil (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 17.12.1902, com Dª Laura Matos, 18 anos ‘pai presente’, Sé e moradora em S. Victor, filha de Eduardo Matos, Fão ‘Esposende’ e Dª Maria Gomes Vilaça de Matos, Bahia, Brasil, T. Eduardo Matos, capitalista, rua nova de S. Cruz, S. Victor, Dª Mariana Menice Malheiro, proprietaria, rua D. Pedro V, S. Victor, Candido Maria Martis e sua esposa Dª Deolinda da Conceição Gomes Pereira da Rocha Martins, capitalista, rua nova D’El Rey, Cividade, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Menice Malheiro, as 23H00, dia 9.5.1963, Sé]
- João da Silva, 23 anos, natural de sobveigas, Nogueiro, filho de Jose Joaquim da Silva, S. Victor e Balbina Thereza exposta (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 11.1.1903, com Rosa de Jesus, 27 anos, natural de S. Victor e moradora em veiga da metade, Nogueiro, filha de Manoel de Oliveira e Maria de Jesus Vidrago, S. Victor, T. Jose Antonio da Silva, igreja, Nogueiro e Manoel Ferreira Barbosa, curtidor, S. Victor, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
[Dissolvido por falecimento de Rosa de Jesus, em 7.10.1958, S. Victor, assento nº 824]
- Manoel Gonçalves de Castro, 23 anos, 2º sargento de infantaria, Maximinos e morador campo de D. Luis I, S. João de Souto, filho de Jose Gonçalves da Costa, S. Mamede de Canelas, Penafiel, Porto e Thereza de Jesus, Santiago da Cividade, Braga (casou em Maximinos, S. Pedro, a 24.1.1903, com Adelaide de Jesus Teixeira Durães, 20 anos, costureira, S. Lazaro e moradora na rua da cruz de pedra, Maximinos, filha de Adriano Teixeira Durães, S. Maria de Maior, vila de Barcelos e Maria Jose Fraga, S. Victor, Braga, T. João Lopes de Azevedo, tenente do corpo de administração military e Dª Maria Adelaide Lopes de Azevedo, ambos rua da cruz de pedra, Antonio Martins, servo desta igreja, rua direita, casados e de Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Gonçalves de Castro, em 16.3.1955, em Maximinos]
- Jose Maria Fernandes, 30 anos, capitalista, natural S. Maria de Bouro, filho de Bernardo Jose Fernandes Barbosa e Maria Rosa Fernandes, S. Maria de Bouro (casou em Vilela, Santiago, a 6.4.1903, com Maria da Natividade Ribeiro de Castro, 29 anos, natural de S. João de Souto, Braga e moradora Vilela, filha de Domingos Ribeiro de Castro, natural Lanhas, Vila Verde e Maria Miquelina Ribeiro de Castro, S. Victor, Braga, T. Carlos Antonio Ribeiro, proprietario, faquiães e Francisco da Silva Moreira, proprietario, charil, ambos Vilela, Padre Augusto Cesar da Silva Correia Peixoto, abade)
- Antonio Pinheiro, 23 anos, lavrador, Gualtar, filho de Jose Pinheiro, Gualtar e Engracia Maria, S. Bento de Aguas Santas, Lanhoso (casou em Gualtar, S. Miguel, a 26.4.1903, com Rosa Maria, 23 anos, S. Victor, Braga, filha de Antonio Jose Pereira e Maria Thereza ou Maria Thereza da Silva, S. Victor, T. Antonio Antunes, Jeronimo da Cruz, jornaleiros, lage, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Caetano Pereira de Assumpção, 41 anos, viuvo de Rosa Maria, falecida hospital S. Marcos, sapateiro, S. Jose de S. Lazaro e morador S. Victor, filho de Manoel Jose da Fonseca Assumpção e Maria do Socorro Faria, ambos S. Lazaro (casou em Gualtar, S. Miguel, a 9.5.1903, com Maria de Jesus, 41 anos, viuva de Jose Maria da Costa, falecido na cidade Beira, Moçambique, proprietaria, S. Pedro de Este e moradora Gualtar, filha de João Veiga e Costodia Ribeiro, S. Pedro de Este, T. Anselmo Malheiro, sapateiro, estrada nova, Ana Rosa Vieira, tecedeira, igreja, ambos Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Manoel Augusto da Silva, 24 anos, ourives, S. Jose de S. Lazaro e morador Sé, filho de João Augusto da Silva, Santiago de Cividade e Dª Maria da Graça, S. Lazaro (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 10.5.1903, com Dª Maria Amelia de Lima Ribeiro, 26 anos, natural da freguesia S. Frei Pedro Gonçalves, Recife, Brasil e moradora em Sé, Braga, filha natural de Dª Luisa Casado Lima, Recife, Brasil, T. Antonio Casimiro da Costa, Dª Maria Luisa de Sa, capitalistas, rua nova, Jose Rodrigues Araujo e Dª Maria Carolina Ribeiro de Araujo, capitalistas, praça do Conde S. Joaquim, ambos Braga, celebrou o Padre Manoel Joaquim Rodrigues Pinto, paroco de Esporões)
- Domingos Monteiro Agapito, 20 anos, guarda da estação de caminhos de ferro, natural de S. Lucrecia de Algeriz, Braga e morador na rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Agapito Manoel, natural S. Marinha de Anais, Ponte de Lima e Thereza Monteiro, S. Lucrecia de Algeriz (casou em Maximinos, S. Pedro, a 28.6.1903, com Arcangela Thereza, 17 anos, larangeira, Maximinos, filha de Domingos Peixoto, S. Victor e Doroteia Rosa Ferreira, Areias de Vilar, Barcelos, T. Manoel da Costa, zelador municipal, rua direita, Maximinos e Augusto Braga, tendeiro, moador cruz de pedra, Sé, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Joaquim da Silva, 31 anos, natural gaião, Nogueiro, filho de Manoel Joaquim da Silva, S. Torcato, Guimarães e Thereza Maria de Carvalho, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 30.8.1903, com Antonia Joaquina Vieira de Andrade, 27 anos, natural de S. Martinho de Ferreiros, Lanhoso e moradora igreja, Nogueiro, filha de Antonio Joaquim Vieira de Andrade, Almacabe, Lamego e Maria Joaquina Rebelo, Ferreiros, Lanhoso, T. Miguel Jose Peixoto, empregado fabrica de sabão, Braga, morador igreja, Manoel Pereira, pedreito, igreja, ambos Nogueiro, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- Manoel Jose Leite de Magalhães, 21 anos, proprietário, Lamaçães, filho de Jose Leite de Magalhães e Dª Marcelina Julia da Silva Lata (casou em Tenões, S. Eulalia, a 3.10.1903, com Dª Emilia Augusta Alves Passos Esmeriz, 26 anos, natural S. Victor, filha de Jose Maria da Torre Araujo Esmeriz e Dª Ana Augusta Alves Passos ‘com provisão do Senhor Arcebispo de 30.9.1903’, T. Dª Ana Augusta Alves Passos Esmeriz, viuva e Artur Alves Passos Esmeriz, ambos S. Victor, Braga, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Manoel Ferreira, 24 anos, jornaleiro, Salvador de Dadim e Nogueiró e morador Gualtar, filho de Antonio Miguel Ferreira, S. Victor e Luisa Ferreira, Dadim e Nogueiró (casou em Gualtar, S. Miguel, a 8.11.1903, com Maria da Conceição, 25 anos, Gualtar, filha de Antonio Joaquim de Sousa, Gualtar e Rosa Maria Leite, S. Pedro de Este, T. Francisco Vieira, lavrador, Antonio Vieira, surrador, ambos mourisca, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Jose Urbano Silverio, 28 anos, caixeiro, S. Jose de S. Lazaro e morador S. Victor, filho de Francisco Jose da Silva e Maria das Maravilhas, S. Victor (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 14.11.1903, com Maria Augusta da Silva, 23 anos, viuva de Jose Luis Fernandes, falecido em S. Victor, capitalista, filha de Bernardo Jose Fernandes e Thereza Maria da Silva, S. Victor, Braga, T. Jose Fernandes Salsa, Dª Beatriz Fernandes Salsa, Dª Costodia Fernandes Salsa, Manoel Fernandes Salsa, proprietarios, S. Victor, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Adolfo Meneses Guedes da Fonseca, 35 anos, solteiro, proprietario, S. Victor, filho de Augusto Guedes da Fonseca e Gouveia, Monserrate, Viana do Castelo e Dª Candida do Carmo Sousa Meneses, S. João Baptista, Ponte da Barca (casou com dispensa por serem parentes em 2º e 3º de consanguinidade e com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 19.12.1903, com Dª Amelia da Silva Guedes da Fonseca Gouveia, 18 anos ‘tinha mãe presente’, S. Victor, filha de João Francisco da Silva Braga, S. Jeronimo de Real e Dª Sofia Guedes da Fonseca Braga, Monserrate, Viana do Castelo, T. Dª Sofia Guedes da Fonseca Braga ‘mãe da contraente, S. Victor’, Dr. Frederico Guilherme da Fonseca, Delegado e Procurador Regio, S. Victor, Dª Maria Isabel Guedes da Fonseca Gouveia Franco, S. Victor, Augusto Feio Soares de Azevedo, escrivão de Direito, Sampaio de Vila Verde, celebrou com autorização o conego Prior de S. Victor Manoel de Oliveira Barbosa)
- Carlos Antonio da Costa Ribeiro, 23 anos, filho de Jose Joaquim da Costa Ribeiro e Francisca Rosa da Silva Ribeiro, S. Victor, Braga (casou em S. Lucrecia de Algeriz, Santiago, a 11.1.1904, com Maria Augusta da Costa Ribeiro, 25 anos, filha de Roque Ribeiro e Maria Augusta, Almacave, Lamego, T. Antonio da Costa Vital, rua D. Pedro V, Braga e Jose dos Santos Azevedo, avenida Campos Henriques, Vila Nova de Paiva, Porto, Padre João Manoel Ferreira Alves Dias, encomendado)
- João Airosa, 21 anos, marchante, Santiago da Cividade e morador rua direita, Maximinos, filho de João Manoel Airosa, S. Cristina de Cobres, anexa de S. Martinho de Vila Boa, Pontevedra, Galiza e Ana Rosa, Cividade (casou em Maximinos, S. Pedro, a 14.1.1904, com Laura das Angustias, 23 anos, natural S. Victor e moradora rua beco, filha de Manoel Lopes Viola e Maria das Angustias, S. Victor, T. Romão Jose Lopes de Sousa Pereira e Manoel Joaquim Lopes, casados, marchantes, rua direita, Maximinos, celebrou o Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de João Airoso, em 23.1.1948, em Santiago da Cividade]
- Augusto Feio Soares de Azevedo, 27 anos, escrivão de Direito, S. Jose de S. Lazaro e morador Sampaio de Vila Verde, filho de Francisco Feio Soares de Azevedo, Pedregais, Vila Verde e Dª Adelinda da Silva Ramos, S. Victor, Braga (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 28.1.1904, com Dª Paulina, 20 anos ‘mãe presente’, S. Victor, filha de João Francisco da Silva Braga, falecido, S. Jeronimo de Real e Dª Sofia Guedes da Fonseca Braga, Monserrate, Viana do Castelo, T. Dª Sofia Guedes da Fonseca Braga, Dr. Frederico Guilherme da Fonseca, Delgado Procurador Regio, ambos S. Victor, Dº Adelinda da Silva Ramos, Adolfo Meneses Guedes da Fonseca, proprietario, S. Victor, Dª Amelia da Silva Guedes da Fonseca e Gouveia, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Jose de Carvalho, 22 anos, lavrador cazeiro, calçada, Tenões, filho de Joaquim Carvalho e Antonia Joaquina (casou em Tenões, S. Eulalia, a 28.1.1904, com Ana das Maravilhas, 23 anos, criada de servir, natural S. Victor e moradora em Tenões, filha de Manoel da Silva e Maria das Maravilhas, T. João Lopes Viola, carpinteiro e Joaquim exposto, jornaleiro, ambos Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Heitor Antonio de Vasconcelos Peixoto, 21 anos, farmaceutico, S. Victor e morador em Mosteiro de S. João de Vieira, filho de Manoel Jose de Morais, Celeiros, Valpaços e Dª Ana Casemira de Vasconcelos Peixoto ou Dª Ana Casemira de Vasconcelos Peixoto de Melo, S. Victor (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 11.2.1904, com Dª Hercilia Gonçalves de ‘Melo’ Araujo e Melo ‘Morais’, 23 anos, S. Victor, filha de Francisco Jose de Araujo, S. Victor e Dª Carlota Baptista Gonçalves de Araujo ‘Melo’, freguesia de S. Antonio de Jacutinga, Machambumba, Rio de Janeiro, Brasil, T. Dr. João da Silveira Malheiro, tenente de medicina Regimento de Cavalaria, Dª Carlota Gonçalves de Melo Araujo Malheiro, vila de Chaves, celebrou o Padre Jose Antonio Fernandes Pereira, Seminario de S. Antonio e S. Luis Gonzaga, Braga)
- Costodio Rodrigues, 23 anos, pedreiro, Tenões e morador Gualtar, filho de Jose Rodrigues Ferreira, Tenões e Rosa Maria Costeira, Adaufe (casou em Gualtar, S. Miguel, a 28.2.1904, com Isabel Maria, 22 anos, tecedeira, Gualtar, filha de Antonio Vieira Soares Junior, Gualtar e Ana Maria Vieira, Lamaçães, T. Antonia Maria Ferreira, criada de servir, Ana Rosa Pinheiro, tecedeira, ambas igreja, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Jose da Silva, 23 anos, alfaiate, rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Manoel Jose da Silva, S. Victor e Francisca Gonçalves, Sampaio de Parada, Braga (casou em Maximinos, S. Pedro, a 14.3.1904, com Rosa Ferreira, 20 anos, padeira, S. Lazaro, moradora rua da ponte, filha de João Ferreira, Palmeira e Thereza Ferreira, Gondizalves, anexa de Maximinos, T. Verissimo Antonio Ferreira, casado, pintor, rua guadelupe, S. Victor e Bento Alves de Campos, viuvo, criado de servir, rua s. joão, S. João de Souto, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim Gomes de Matos, 32 anos, cirurgião dentista, natural S. João do Souto, Braga e morador em S. Ildefonso, Porto, filho de Francisco Baptista de Matos e Dª Luisa Maria Gomes de Matos (no Real Santuario do Bom Jesus do Monte, com dispensa de serem parentes em 2º de consanguinidade em 7.4.1904, casou em Tenões, S. Eulalia, a 14.4.1904, com Dª Maria Alberta Vieira Gomes, 22 anos, proprietária, S. Jose de S. Lazaro, Braga, filha de Manoel Joaquim Gomes e Dª Maria Vieira da Silva Gomes ‘com provisão do Senhor Arcebispo de 9.4.1904’, T. pelo noivo: Francisco Baptista de Matos e Dª Luisa Maria Gomes de Matos, capitalistas, rua do Bomjardim, Porto, pela noiva: Alfredo Vieira Gomes, negociante e Dª Maria Vieira Gomes, ambos de Braga, celebrou de minha autorização o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João do Souto, Braga)
- Antonio Luis Machado, 22 anos, jornaleiro, Gualtar, filho de Domingos Jose Machado e Ana Maria, Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 9.4.1904, com Maria Rosa Rodrigues, 24 anos, lavrador, Tenões e moradora Gualtar, filha de Antonio Rodrigues, Tenões e Maria Antonia, S. Victor, T. Antonio Jose Machado, Manoel Jose Machado, cazeiros, lage, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Francisco Ferreira Lopes, 56 anos ‘viuvo de Ana da Silva, falecida no hospital de S. Marcos, Braga’, lavrador cazeiro, morador em Lamaçães, filho de Antonio Ferreira Lopes e Rosa Maria, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 14.5.1904, com Maria Cecilia, 52 anos ‘viuva de Domingos da Costa, falecido nesta’, jornaleira, natural S. Victor, filha de Boaventura Pinto e Maria Thereza, S. Victor, T. Silvestre Ferreira, pedreiro e Jose Vieira Junior, serviçal, ambos solteiros, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
- Licinio da Cunha, 26 anos, sapateiro, S. Jeronimo de Real e morador penedo, Maximinos, filho de Manoel da Cunha, Real e Maria das Maravilhas, S. Victor, ambas Braga (casou em Maximinos, S. Pedro, a 15.5.1904, com Maria da Graça, 23 anos, S. João de Souto e moradora penedo, Maximinos, filha de Jose Gomes Ferreira, S. Marinha de Arnoso, Famalicão e Maria das Maravilhas, S. Victor, T. Antonio Martins, casado, servo da igreja e Joaquim de Araujo Coutinho, solteiro, guarda da camara municipal, ambos da rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Domingos Jose Ferreira, 41 anos, viuvo de Maria das Maravilhas, cazeira, Gualtar, falecida em Tenões, morador Tenões, filho de Antonio Jose Ferreira e Maria da Graça, S. Victor (casou em Gualtar, S. Miguel, a 2.6.1904, com Antonia Machado, 28 anos, Gualtar, filha de Domingos Jose Machado e Ana Maria, Gualtar, T. Antonio Jose Machado, Manoel Jose Machado, cazeiros, lage, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Miguel Candido Fernandes de Magalhães, 36 anos ‘viuvo de Luis Lopes de Magalhães, falecida Sé, Braga’, exposto na roda de Braga, baptizado na Cividade, Braga, solicitador encartado, morador rua D. Frei Caetano Brandão, Sé, Braga (casou em Maximinos, S. Pedro, a 18.6.1904, com Dª Lidia Pereira, 19 anos, vilar, S. Victor, Braga, filha de João Baptista de Araujo Pereira, S. Victor e Dª Inez Maciel da Costa Pereira, Sé, Braga, T. Antonio Jose da Silva Gomes, negociante, viuvo, rua s. Antonio, S. João de Souto, Costodio de Araujo Pinto, professor oficial, torre, Priscos, Braga, substituido pelo Visconde de Fraião Francisco Manoel de Oliveira Carvalho, Administrador deste concelho, rua de S. Marcos, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Gonçalves, 19 anos ‘mãe presente que deu consentimento’, carpinteiro, Nogueiro, filho de Carlos Gonçalves Braga, S. Victor e Josefa Maria, Nogueiro (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 15.8.1904, com Mariana Thereza, 20 anos ‘pai presente’, tecedeira, Tenões e moradora Nogueiro, filha de Manoel João de Abreu, Tenões e Josefa Maria exposta na roda de Braga ou Maria Antonia da Costa, T. Jose Francisco Rodrigues, carpinteiro, rasa e João Lopes dos Santos Rios, carpinteiro, igreja, ambos Nogueiro, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- Alfredo de Matos, 23 anos, capitalista, Porto e morador S. Victor, Braga, filho de Luis Jose de Matos, Travassos, Lanhoso e Dª Adelaide Candida de Matos ‘Cruz’, S. Jose de S. Lazaro, Braga (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta, em Gualtar, S. Miguel, a 1.10.1904, com Dª Julieta Barbosa Castro, 20 anos, ‘mãe presente, deu consentimento’, natural de S. Ildefonso e moradora em S. Victor, Braga, filha de Antonio Joaquim Barbosa de Castro ou Antonio Barbosa de Castro Sacramento, Rio de Janeiro e Dª Virginia Elisa Ferreira Fernandes, ou Dª Virginia Fernandes Barbosa Castro, S. Ildefonso, Porto, T. Luis Jose de Matos, Alvaro Augusto de Matos, ambos negociantes, Dª Emilia Gouveia de Matos, S. Victor, Dª Isabel Maria Fernandes, Porto, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Bento Jose Antunes, 18 anos ‘tinha alvara do juiz de direito desta comarca’, natural de S. Lazaro, Braga e morador Nogueira, filho de Manoel Antunes, S. Victor, Braga e Antonia Maria, Nogueira (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 12.11.1904, com Maria Rosa, 22 anos, Nogueira, filha de Antonio de Oliveira, Vilareiro, S. João da Pesqueira, Viseu e Luisa Maria Ferreira, Nogueira, T. Manoel Jose Pereira, estudante, vila nova e João Monteiro, granja, Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Jose da Silva e Sousa, 22 anos, 2ª sargento Infantaira, campo de D. Luis I, S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Jose da Silva e Sousa e Maria Felisberta Ferreira, S. Victor (casou em Maximinos, S. Pedro, a 18.2.1905, com Elvira Marques de Oliveira, 23 anos, S. Maria dos Anjos, vila Ponte de Lima e moradora em rua direita, Maximinos, filha de Francisco Xavier Antunes de Oliveira, Souto Abade, Ponte de Lima e Maria Angelina Marques, S. João de Souto, Braga, T. Manoel Jose de Oliveira, solteiro, negociante, campo de D. Luis I, S. João de Souto, Francisco de Lima Antunes de Oliveira, casado, industrial, rua conselheiro Eduardo Vilaça, Sé, Alcina dos Anjos Gomes Moreira, solteira, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose da Silva e Sousa, em 25.4.1965, Sé, Braga]
- Jose Barbosa Junior, 21 anos, torneiro, monte de penas, Maximinos, filho de Jose Barbosa, S. Lazaro e Maria Rita, S. Ildefonso, Porto (casou em Maximinos, S. Pedro, a 7.3.1905, com Marculina dos Santos, 18 anos, monte de penas, Maximinos, filha de Manoel Barroso da Costa, S. Cosme do Vale, Famalicão e Rosa Clara dos Santos, Priscos, Braga, T. Antonio Martins, servo desta igreja e Narciso Jose Fernandes, pentieiro, ambos rua direita, casados, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Bento Vieira, 26 anos, violeiro, S. Victor, Braga, filho de Antonio Vieira e Maria Josefa Vieira (casou em Crespos, S. Eulalia, a 1.4.1905, com Costodia da Cunha Azevedo, 21 anos ‘pai presente’, natural S. Lucrecia e moradora Crespos, filha de Jose Narciso de Azevedo e Rosa da Cunha, T. Francisco Pereira Dias de Araujo, proprietario, Antonio Antunes de Oliveira, viuvo, alfaiate, Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
- Francisco Borges, 55 anos ‘viuvo de Francisca Lopes, falecida em Fraião’, lavrador cazeiro, S. Lazaro e morador em gandra, Fraião, filho de Manoel Borges, Nogueira e Ana Lopes, S. Lazaro (casou em Fraião, Santiago, a 29.4.1905, com Ana Herculana, 41 anos, criada de servir, S. Victor e moradora em espadanido, S. Victor, filha de Jose da Silva Serrão e Maria Rosa, S. Victor, T. Antonio de Araujo e Sa e Maria de Araujo e Sa, casados, lavradores cazeiros, espadanido, S. Victor, Padre Jacinto da Cunha, paroco)
- Jose Antonio Soares Barbosa, 38 anos, solteiro, escultor, rua direita, Maximinos, filho de Jose Antonio Soares, Maximinos e Maria do Socorro, S. Lazaro (casou em Maximinos, S. Pedro, a 6.5.1905, com Julia Augusta Teixeira Durães, 21 anos, costureira, natural S. Lazaro e moradora largo do beco, Maximinos, filha de Adriano Teixeira Durães, S. Maria Maior, vila de Barcelos e Maria Jose Fraga, S. Victor ‘nesta cerimonia porfilhou: Luis Filipe, n. 6 e b. Sé 23.5.1904, como filho natural de Julia Teixeira Durães’, T. Porfirio Correia Guimarães, solteiro, empregado nas obras públicas, rua cruz de pedra, Maximinos e Manoel Ferreira, viuva, proprietario, esperança, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Domingos Gonçalves Palha, 26 anos, industrial, S. Victor, morador S. João de Souto, Braga, filho de Domingos Gonçalves Braga ou Domingos Gonçalves Palha e Maria Candida ou Maria Candida Gonçalves Palha (casou em Tenões, S. Eulalia, a 6.5.1905, com Dª Ernestina Ramalhoza de Sousa, 16 anos ‘mãe, viuva, presente que deu consentimento’, proprietaria, natural de S. Pedro de Seixas ‘Caminha’ e morador em S. Pedro de Gondomar, filha de Francisco Manoel de Sousa Seixas e Carolina Ramalhoza de Sousa ‘com provisão do Deão, Vigario Capitular, de 4.5.1905’, T. pelo noivo: Maria Candida Gonçalves Palha, viuva, industrial e João Gonçalves Palha, industrial, ambos S. João de Souto, Braga, pela noiva: Carolina Ramalhoza Sousa, viuva e Manoel Antonio Esteves, negociante, Braga, celebrou de minha autorização o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Domingos Gonçalves Palha, em 30.10.1955, Campo Grande, Lisboa, assento 1309, 3ª conservatória, de 4.11.1955 – remetido Boletim 338, Caminha]
- João Jose Pereira, 22 anos, natural S. Victor, filho de Antonio Jose Pereira e Maria Thereza, S. Victor, Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 7.5.1905, com Maria Pinheiro, 20 anos ‘mãe presente’, Gualtar, filha de Jose Pinheiro, falecido, Gualtar e Engracia Maria, Aguas Santas, Lanhoso, T. Antonio Antunes, Costodio Vieira, cazeiros, Gualtar, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
- Manoel da Costa, 25 anos, negociante, S. Jose de S. Lazaro, filho de Francisco Joaquim da Costa, Barreiros, Amares e Thereza Joaquina da Costa, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 10.5.1905, com Dª Maria da Torre Torres, 26 anos, Santiago da Cividade e moradora em Nogueiro, filha de João Ferreira Torres, Nogueiro e Dª Maria do Patrocinio Torres, Se Primaz, Braga, T. Alvaro Jose Soares, negociante, S. Jose de S. Lazaro, Dª Isabel Inocencia Dias Bivar, S. João do Souto, Joaquim Jose Gonçalves Salgado e Dª Rosa Carvalho Salgado, proprietarios, S. Pedro de Maximinos, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- Francisco Vieira, 25 anos, negociante, filho de Jose Vieira e Maria Ferreira, novainho, S. Pedro de Este (casou em Este, S. Pedro, a 5.6.1905, com Germana de Araujo Braga, 27 anos, costureira, filha de Domingos Lourenço de Araujo Braga e Luisa Maria, rua D. Pedro V, S. Victor, Braga, T. Jose Julio de Sousa Melo, solteiro, agenciário, igreja, S. Pedro de Este e Manoel Jose Ferreira Torres, negociante, Gualtar, Padre Boaventura da Silva, abade)
- Jose Joaquim Vaz, 74 anos ‘viuvo de Rosa Joaquina, falecida, Sé, Braga’, sapateiro, penedo, Maximinos, filho de Luis Antonio Vaz, S. Victor e Luisa Thereza Maximinos (casou em Maximinos, S. Pedro, a 12.6.1905, com Maria Benedita exposta na roda de Guimarães, baptizada na igreja de Nª Sª de Oliveira, 52 anos, solteira, moradora rua D. Gualdim, Santiago da Cividade, T. Guilherme Vaz, Manoel de Castro, casados, sapateiros, penedo, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Pereira, 32 anos, pedreiro, natural S. Victor, Braga, filho de Antonio Joaquim Pereira, Palmeira e Rosa Maria Machado, S. Victor, ambos Braga (casou em Prozelo, S. Tomé, a 14.6.1905, com Maria Rodrigues Ferreira, 25 anos ‘viuva de Jose Luis Pinheiro’, agenciaria, moradora Prozelo, filha de Jose Rodrigues, Sampaio de Pousada e Emilia Rosa Ferreira, Prozelo, T. Jose Maria da Rocha, solteiro, cruzeiro e João Pereira, pedreiro, aldeia, Prozelo, Padre Manoel Jose Pires Fernandes de Carvalho, abade)
- Antonio Baptista, 27 anos, chapeleiro, S. Victor, filho de Domingos Baptista e Francisca Rosa, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 14.7.1905, com Maria Josefa, 36 anos, solteira, tecedeira, Nogueiro, filha de Francisco de Oliveira, Nogueiro e Maria Joaquina, Tenões, T. Antonio Jose Pereira Gonçalves, chapeleiro, rua de S. Domingos, Eduardo Rodrigues Pacheco, chapeleiro, rua D. Pedro V, ambos Braga, Padre João Antonio Vieira de Andrade, reitor)
- João da Silva, 26 anos, natural S. Jose de S. Lazaro, Braga, filho de Antonio da Silva, Nogueira e Maria Clara, S. Lazaro, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 2.9.1905, com Catarina Leite, 31 anos, Nogueira, filha de Jose Baptista Leite e Ana Maria, Nogueira, T. Jose Vieira, igreja, Domingos Joaquim Ferreira de Barros, estudante, vila nova, ambos Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Francisco Xavier de Lima, 45 anos, solteiro, artista carpinteiro, natural S. Victor e morador Lamaçães, filho de Jeronimo Jose de Lima e Rosa Maria, moradores Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 2.9.1905, com Thereza Gonçalves, 36 anos, solteira, tecedeira, Lamaçães, filha de Gaspar Gonçalves, falecido e Rosa Maria, Lamaçães, T. Duarte Jose Taveira, solteiro, professor oficial, S. Pedro de Este, Braga e Carlos de Lima, policia civil, rua da tamanca, S. Victor, Padre Antonio Jose Taveira, abade
- Antonio Jose Carvalho, de 21 anos, serralheiro, S. Miguel de Frossos e moradora em naia, Maximinos, filho de Jose de Carvalho, caiador e Ana Rodrigues, S. Miguel de Frossos (casou em Maximinos, S. Pedro, a 3.9.1905, com Luisa Cardoso, 35 anos ‘viuva de Manoel Jose de Faria’, traz igreja, Maximinos, filho de Antonio Cardoso, jornaleiro, Lomar e Maria das Maravilhas, S. Victor, T. Jose Rodrigues, casado, caiador, cid e Manoel Ferreira, viuvo, proprietario, esperança, ambos Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Francisco Alves da Mota, 24 anos, S. Victor, filho de Domingos Alves da Mota e Josefa Maria Lopes (casou em Tenões, S. Eulalia, a 15.10.1905, com Joaquina Rosa Machado, 23 anos, Tenões, filha de Antonio Rodrigues da Silva e Rosa de Jesus Machado, T. Antonio Rodrigues da Silva e Manoel de Faria, jornaleiros, ambos Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Jose de Barros Mendes de Abreu, 28 anos, advogado, natural da vila de Oliveira do Hospital, morador na avenida de boavista, Cedofeita, filho de Albano Mendes de Abreu, Oliveira do Hospital e Dª Emilia de Barros Coelho de Campos, Sé, Viseu (casou em Maximinos, S. Pedro, a 23.10.1905, com Dª Julia da Luz dos Santos, 24 anos, S. Lazaro e morador rua visconde de Pindela, Sé, Braga, filha de Manoel Alves dos Santos, Palmeira e Dª Maria Julia da Luz e Silva, S. Victor, T. Dr. Afonso Augusto da Costa, lente da Universidade, advogado, avenida boavista, Cedofeita, Porto, Dª Emilia de Barros Coelho de Campos, proprietaria, avenida boavista, Cedofeita, Antonio de Araujo Costa e Dª Maria Julia da Luz e Silva, proprietarios, rua visconde de Pindela, Sé, Braga, celebrou o Padre Domingos Jose Barroso Pereira, paroco da Sé, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Jose de Barros Mendes de Abreu, as 13H30, dia 22.1.1961, S. Mamede, 7ª conservatoria de Lisboa, boletim 12]
- Fernando Pinheiro, 28 nos, jornaleiro, natural S. João de Souto e morador Lamaçães, filho de Manoel Fernandes Pinheiro e Thereza Maria Vieira, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 29.10.1905, com Maria Candida Pinto, 27 anos, jornaleira, S. Victor, filha de Boaventura Pinto, falecido e Thereza de Jesus, S. Victor, T. Antonio Pinto, jornaleiro, S. Victor e Jeronimo Jose de Lima, proprietario, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
- Francisco Correia, 23 anos, jornaleiro, natural S. Lazaro e morador Gualtar, filho natural de Rosa Maria Correia, S. Lazaro, Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 19.11.1905, com Maria Thereza, 20 anos, Gualtar, filha de Candido Antonio da Silva e Antonia Maria da Conceição, Gualtar, T. Candido Antonio da Silva, casado, cazeiro, Gualtar, Manoel de Faria, cazeiro, Tenões, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
- Eurico Taxa Ribeiro, 25 anos, estudante do 5º anos da escola médica do Porto, morador S. João do Souto, Braga, filho de Jose Maria Ribeiro Junior, Logares, Moncorvo, Bragança e Dª Maria Taixa Ribeiro, S. Victor, Braga (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 7.1.1906, com Dª Laurinda Marques Loureiro, 25 anos, proprietaria, natural Se e moradora S. Lazaro, Braga, filha de Antonio Joaquim Loureiro, Algoso da Pousa, Barcelos e Dª Costodia Maria Marques, S. João de Souto, Braga, T. Dª Francisca Ferreira Barbosa Loureiro, proprietaria, S. Lazaro, Dª Ester da Conceição Taxa Ribeiro, S. João de Souto, Narciso Marques Loureiro, rua nova de Sousa, Braga, Jose Maria Ribeiro Junior, negociante, campo de D. Luis I, todos de Braga, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João do Souto, Braga)
[Dissolvido pelo falecimento de Eurico Taxa Ribeiro, em 11.8.1930, vila Povoa de Varzim]
- Manoel Barbosa Junior, 31 anos ‘viuvo de Emilia Barbosa, falecida nesta’, artista de carpinteiro, morador Lamaçães, filho de Manoel Barbosa e Catherina Ribeiro, falecida, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 28.1.1906, com Rosa Maria, 23 anos, tecedeira, S. Jose de S. Lazaro, Braga e moradora em Lamaçães, filha de Manoel Augusto Ferreira, S. Maria de Prado e Antonia Maria, S. Victor, T. João Luis Martins, surrador e Jeronimo Jose de Lima, proprietario, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
[Dissolvido por falecimento de Rosa Maria, as 02H00, dia 26.12.1960, assento 1139, em S. Victor, Braga]
- Jeronimo de Araujo Carneiro, 24 anos, proprietario, S. Martinho de Dume, filho de Frederico Jose de Araujo e Costodia da Cunha, Dume (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 4.2.1906, com Maria Isabel Taxa de Oliveira, 26 anos, familiar, natural S. Victor e moradora S. João de Souto, Braga, filha de Baltazar Maria de Oliveira e Rosa Maria Taxa, S. Victor, T. Jose Joaquim Carneiro, casado, Dume, Brizida Maria Carneiro, solteira, Braga, Jose Maria Fernandes Araujo, casado, Ester da Conceição Taxa, solteira, todos Braga, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
- Henrique Jose Alves, 27 anos, farmaceutico, S. João de Souto, morador rua s. victor, S. Victor, filho de Alexandre Jose Alves, S. Victor e Dª Francisca Clara dos Anjos, Vitoria, Porto (casou em Maximinos, S. Pedro, a 17.2.1906, com Dª Maria das Dores Gonçalves Martins, 19 anos, capitalista, rua s. margarida, S. Victor, filha de Sebastião Lourenço Martins, Sequeira e Dª Benilde Gonçalves Martins, Rio de Janeiro, Brasil, T. Manoel Lourenço de Araujo Braga, negociante, Domingos Jose de Sousa Gomes, farmaceutico, rua D. frei Caetano Brandão, Sé, Dª Francisca Clara dos Anjos, proprietaria, S. Victor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Jose Gomes Coelho, 27 anos, farmacêutico, natural S. Victor e moradora em S. Maria da Se, Braga, filho de Francisco Jose Gomes, industrial, S. João de Nogueira e Thereza Maria Coelho, industrial, Sampaio de Merelim (casou em Dume, S. Martinho, a 17.2.1906, com Laura da Costa Soares, 23 anos, proprietaria, Dume, filha de Manoel da Costa Soares e Mariana da Silva Macedo, Frossos, proprietários, T. pelo nubente: Pedro Jose Gomes, tenente militar do exercito, S. Maria da Se e sua cunhada Isabel da Costa Soares, proprietaria, Dume; pela nubenta: Mariana da Silva Macedo, viuva, proprietaria, mãe e sua irmã Joaquina da Costa Soares, solteira, proprietaria, Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Jose Gomes Coelho, em 29.8.1968, assento 762, em S. Maria da Se, Braga]
- Jose Luis dos Santos, 39 anos, solteiro, proprietario, natural S. Luzia, Bendada, Guarda e morador S. Victor, filho de Bernardino Jose da Costa e Maria Rosalina, Bendada, Guarda (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta, em Gualtar, S. Miguel, a 8.3.1906, com Josefa de Jesus Cerqueira, viuva de Jeronimo da Silva e Sousa, falecido S. Victor, T. Antonio Joaquim de Sousa e Antoni da Silva e Sousa, casados, cazeiros, Gualtar, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
- Jose Alvo, 41 anos ‘viuvo de Leonor Maria da Silva, falecida Cividade’, agenciario, natural capital imperial de Marrocos e baptizado na Sé, Braga, morador monte de penas, Maximinos, filho de Salomão Alvo e Rachel Alvo, naturalidade ignorada (casou em Maximinos, S. Pedro, a 15.3.1906, com Maria da Graça Cruz, 46 anos ‘viuva de Manoel da Cruz Braga, falecido em S. João de Souto’, natural S. Victor e moradora monte de penas, Maximinos, filha de Feliciano Jose da Cruz, S. Lazaro e Ana Joaquina, S. Victor, T. Manoel Augusto da Silva, negociante, rua nova de Sousa, Sé, Braga e Feliciano Gonçalves Moreira, barbeiro, rua direita, Maximinos, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Antonio da Silva, 20 anos, oficial de ferreiro, natural S. Victor, morador em Nogueiro, filho de Jose Antonio da Silva e Maria da Assumpção, S. Victor, Braga (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 21.3.1906, com Florinda de Oliveira Guimarães, 21 anos, tecedeira, natural de Nogueiro e moradora em Tenões, filha de Manoel de Oliveira, solteiro e Maria da Costa S. Cristina de Longos, Guimarães, T. João de Oliveira Guimarães, alfaiate, Lamaçães, Joaquim de Araujo Franqueira, solteiro, estudante, rua nova de Santa Cruz, S. Victor, celebrou o Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
[Dissolvido por falecimento de João Antonio da Silva, em 26.7.1952, em Nogueiro, assento 687]
- Manoel Jose da Mota ou Manoel Jose Alves, 23 anos ‘viuvo de Ana Lopes’, jornaleiro, S. Victor, morador S. Lazaro, filho de Domingos Jose Alves e Josefa Maria (com em Tenões, S. Eulalia, a 16.4.1906, com Maria Ferreira, 19 anos ‘pai presente’, natural de Gualtar, moradora Tenões, filha de Costodio Jose Ferreira e Maria Pereira, T. Manoel da Silva, jornaleiro e Antonio Ferreira, lavradeira, Gualtar, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Francisco Fernandes da Silva Braga, 28 anos, negociante, Sampaio de Merelim e morador na rua conselheiro Eduardo Vilaça, Sé, Braga, filho de Francisco Fernandes e Maria Thereza Gomes, Sampaio de Merelim (casou com autorização superior nesta igreja, em Maximinos, S. Pedro, a 9.6.1906, com Dª Elisa do Loreto Guimarães Nogueira, 22 anos, rua Rodrigues de Carvalho, S. João de Souto, filha de Antonio Jose Gonçalves Nogueira, Moreira, Monção e Dª Rosa da Conceição Guimarães Nogueira, S. Lazaro. T. Alfredo Ferreira Dias, capitalista, rua s. victor, S. Victor, Antonio Jose Gonçalves Nogueira, Dª Rosa da Conceição Guimarães Nogueira, ambos proprietarios, rua Rodrigues Carvalho, S. João de Souto, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto, com autorização)
- Manoel Pereira, 25 anos, agenciário, filho de João Francisco Pereira e Rosa Maria de Amorim, ponte de S. João, S. Jose de S. Lazaro, Braga (casou em Este, S. Pedro, a 16.6.1906, com Rosa Correia, 23 anos, agenciaria, filha de Antonio Correia e Thereza de Matos, fojo, S. Pedro de Este, T. Jose Julio de Sousa Melo, solteiro, agenciário, Jose Alves, lavrador, ambos igreja, S. Pedro de Este, Padre Boaventura da Silva, abade)
- Manoel da Silva ou Manoel Ferreira da Silva, 20 anos, caiador, abrão, Maximinos, filho de Francisco Jose da Silva, Sampaio do Pico, Vila Verde e Maria Lucia Ferreira, Maximinos (casou na igreja de Gondizalves, Maximinos, S. Pedro, a 17.6.1906, com Mariana Rosa Pimenta, 19 anos, hortas, Maximinos, filha de Antonio Pimenta, S. Victor e Francisca de Araujo, S. Eulalia de Gondinhaços, Vila Verde, T. Manoel Ferreira, proprietario, servo da igreja Gondizalves, esperança, Jeronimo da Silva, jornaleiro, esperança, Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Jose da Costa Marques, 30 anos, capitalista, natural Nogueira do Cravo, Coimbra e morador em S. Jose de S. Lazaro, filho de João da Costa e Maria da Conceição, Nogueira do Cravo, Coimbra (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta, em Gualtar, S. Miguel, a 4.8.1906, com Dª Margarida das Dores Dias Vieira da Mota, 18 anos, emancipada, capitalista, S. Victor, filha de João Fernandes Vieira da Mota e Maria Dias da Costa, S. Victor, Braga, T. Jose Teixeira Guimarães, casado, proprietario, S. Clemente, Sande, Guimarães, Dª Mauricia da Conceição, solteira, Antonio Fernandes de Araujo, solteiro, proprietario, Adaufe, Dª Maria Joaquina Vieira da Mota, viuva, proprietaria, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Teixeira Guimarães, em 14.8.1927, S. Victor, 30.1.1964]
- João Antonio de Faria, 51 anos ‘viuvo de Francisca Barbosa, falecida em Ferreiros, Braga’, jornaleiro, natural Lomar e morador penedo, Maximinos, filho de Antonio Jose de Faria, Lomar e Francisca Ferreira, Gondizalves, anexa de Maximinos (casou em Maximinos, S. Pedro, a 20.8.1906, com Luisa Maria Vaz, 49 anos ‘viuva de Jose Saraiva, falecida nesta’, natural de penedo, Maximinos, filha de Luis Antonio Vaz, S. Victor e Libania Joaquina, Atiães, Vila Verde, T. Guilherme Vaz, sapateiro, penedo e Jose Antonio de Oliveira, carpinteiro, falcão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Sebastião Fernandes, 21 anos, artista, S. Victor, Braga, filho de Antonio Fernandes e Amelia Joaquina (casou em Crespos, S. Eulalia, a 25.8.1906, com Ana Angelina de Azevedo, 21 anos, S. Lucrecia de Algeriz e moradora em Crespos, filha de Jose Narciso de Azevedo e Rosa Pereira da Cunha, T. Antonio Antunes de Oliveira, viuvo, alfaiate, Jose Antunes, estudante, ambos Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Sebastião Fernandes, em 4.2.1950, Gualtar]
- João Antonio Rodrigues de Carvalho, 23 anos, professor do ensino livre, natural de igreja, Salvador de Nogueiro, filho de Antonio Jose Lopes de Carvalho, Tenões e Ana Maria Rodrigues, Nogueiró (casou em Maximinos, S. Pedro, a 2.9.1906, com Erminda Julia da Silva Carvalho, 24 anos, costureira, S. Lazaro e moradora na rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Francisco Jose Ribeiro, Sampaio, Guimarães e Maria Jose da Silva, S. Lazaro, T. Manoel Antonio da Silva, casado, tendeiro, rua cruz de pedra, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Assento transcrito no ano de 1914]
- Bernardo de Araujo e Sá, 50 anos, viuvo ‘Dª Engracia de Jesus da Silva, falecida S. Lazaro’, proprietario, natural via cova, Lamaçães, filho de Antonio Fernandes de Araujo, Lamaçães e Margarida Rosa de Araujo, Santiago de Fraião, ambas Braga (casou em Maximinos, S. Pedro, a 12.9.1906, com Dª Maria Pulcheria Fernandes da Silva, 39 anos, solteira, treseite, Celeiros, filha de Daniel Jose Fernandes da Silva, Sé, Bahia, Brasil e Maria Ermelinda da Cruz Faria, S. Lazaro, T. Antonio Francisco de Araujo, proprietario, bom real, Lamaçães e Padre Antonio Jose Rodrigues, paroco de Figueiredo, Braga, celebrou o Padre Antonio Jose Tareira, abade de Lamaçães)
- Augusto Boaventura da Luz, 26 anos, capitalista, S. João de Souto e morador S. Victor, filho natural de Lina Augusta, S. João de Souto, Braga (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 15.9.1906, com Dª Laura Emilia de Azevedo Moura, 26 anos, familiar, natural S. Victor, filha de bacharel Jose Alves de Moura e Dª Emilia da Costa Pedreira de Azevedo e Moura, S. Victor, T. Henrique Rodrigues Martins, capitalista, Dª Candida Coelho da Luz Pinheiro, casada, bacharel Jose Alves de Moura e sua esposa Dª Emilia da Costa Pedreira de Azevedo e Moura, Braga, celebrou o Padre Luis Augusto de Azevedo)
[Dissolvido por falecimento de Augusto Boaventura da Luz, em 8.11.1956, Ferreiros, Braga]
- Abel Augusto Quintela, 26 anos, condutor de automóveis, natural Nª Sª das Candeias, Vila de Almeida, Guarda e morador S. Victor, filho de Etelvino Augusto Quintela e Sofia Adelaide Cardoso, Vila de Almeida (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 8.12.1906, com Ana Maria de Jesus Campos, 19 anos ‘com consentimento de quem tinha poder’, familiar, natural S. Victor e moradora em S. Lazaro, filha de Domingos Jose Pereira de Campos e Maria Carolina do Carmo, S. Victor, T. João Duarte de Albuquerque e sua esposa Dª Mariana de Albuquerque, casados, Braga, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
- Manoel Jose Machado, 29 anos, cazeiro, Gualtar, filho de Domingos Jose Machado e Ana Maria, Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 9.12.1906, com Maria da Conceição, 22 anos, familiar, natural de Tenões e moradora Gualtar, filha de Antonio Rodrigues, Tenões e Maria Antonia, S. Victor, Braga, T. Manoel Jose Machado, casado, cazeiro, S. Pedro de Este e Antonio Rodrigues, casado, cazeiro, Gualtar, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Jose Machado, as 07H00, dia 24.11.1943, Gualtar, 19.1.1961]
- Francisco Lopes Teixeira, 18 anos ‘pai presente, que deu consentimento’, oficial de sapateiro, natural S. Victor, filho de Antonio Lopes Teixeira e Maria da Luz, S. Victor (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 23.12.1906, com Maria da Luz Soares, 19 anos ‘pai presente’, tecedeira, Nogueiro, filha de Francisco de Paiva e Antonia Maria de Jesus, Nogueiro, T. João Gonçalves, surrador, rua nova, Nogueiro, Jose Joaquim de Carvalho, sapateiro, rua D. Pedro V, Braga, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
[Dissolvido por falecimento de Francisco Lopes Teixeira, em 22.8.1922, em Campanhã, Porto, Boletim 45, de 27.10.1964]
- Antonio Severo de Vasconcelos Peixoto, 21 anos, proprietario, S. Jose de S. Lazaro, filho de Antonio Bernardo de Vasconcelos Peixoto e Dª Balbina Rosa Fernandes Pereira (casou no Real Santuario do Bom Jesus do Monte, sito em Tenões, S. Eulalia, a 2.1.1907, com Dª Adelia Dias de Magalhães Bastos, 20 anos, proprietaria, S. João do Souto, ambos Braga, filha de Francisco de Magalhães Bastos e Dª Maria da Conceição Dias ‘provisão do Senhor Arcebispo de 31.12.1906’, T. Antonio Alves Pinheiro, negociante, S. João do Souto, João Dias Gonçalves, solteiro, proprietario, Santiago da Se, Braga, com a presença do capelão mor Padre Francisco Jose Pereira, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João do Souto, por despacho do Senhor Arcebispo de 31.12.1906, o Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Domingos Jose de Sá, 20 anos, seleiro, natural S. Lazaro e morador S. João de Souto, Braga, filho de Francisco Jose de Sá, Lago e Gestrudes Maria, Barreiros (casou com dispensa por serem parentes em 2º de consanguinidade, em Lago, S. Martinho, a 12.1.1907, com Albina Josefa de Sá, 23 anos, Lago, filha de Manoel Jose de Sá e Maria da Luz Antunes, Lago, T. Padre Manoel Antonio de Azevedo, Fiscal, Jose Joaquim Soares, proprietario, Rendufe, Padre Lucio Dias Correia Fanha, abade)
[Dissolvido por falecimento de Domingos Jose de Sá, em 25.12.1916, S. João de Souto, Braga, averbado em 20.1.1959 ‘falecida Albina Josefa, em 10.1.1959]
- Francisco Malheiro, 23 anos, jornaleiro, S. Victor, filho de Francisco Malheiro e Catherina da Silva, S. Victor (casou em Lamaçães, S. Maria, a 10.2.1907, com Ana Maria, 21 anos, jornaleira, S. Victor e moradora em Lamaçães, filha de Jose Ferreira, Lamaçães e Maria Rosa, S. Pedro de Esqueiros, Vila Verde, T. João Pereira, solteiro, chapeleiro, S. Victor e Antonio Francisco de Araujo, viuvo, reservatario, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
- Jose Pinto, 21 anos, jornaleiro, Gualtar, filho de Raimundo de Vasconcelos, Sé, Braga e Maria de Jesus, S. Victor, Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 16.2.1907, com Ana Rodrigues, 18 anos, jornaleira, Gualtar, filha de Francisco Rodrigues, S. Pedro de Este e Maria Thereza, Gualtar, T. Francisco Rodrigues, casado, Manoel da Silva, solteiro, jornaleiros, Gualtar, Padre Manoel Jose Dias de Araujo, abade)
- João Antunes ou João Eduardo Antunes, 41 anos ‘viuvo de Antonia da Silva, falecida em Sampaio de Pousada, Braga’, jornaleiro, morador Nogueiro, filho de Rosa Antunes (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 13.4.1907, com Maria Fernandes, 20 anos, lavrador, natural S. Victor e moradora em Nogueiro, filha de Domingos Fernandes e Rosa Maria, S. Victor ‘legitimada uma filha que tiveram em comum, como solteiros, chamada Thereza, n. 12 e b. 18.11.1906’, T. Jose Antonio da Silva, taberneiro, igreja e João Gonçalves, surrador, rua nova, ambos Nogueiro, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
- Luis da Cruz Braga ou Luis Braga de Morais, 23 anos, 20 anos, capitalista, natural Santa Ana de Campinas, Brasil e morador S. Victor, filho de Bernardina Maria da Conceição, Santa Ana de Campinas e perfilhado por Luis da Cruz Braga, Braga (casou com prosivão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 24.4.1907, com Dª Zulmira Amelia Martins, 22 anos, proprietaria, S. Victor, filha de Jose Martins de Almeida e Amelia Rosa Martins, S. Victor, T. Verissimo Martins de Almeida, Bernardino Jose da Cruz Braga, casados, proprietarios, S. Victor, Braga, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto)
[Dissolvido por falecimento de Luis da Cruz Braga, em 16.10.1921, em S. Victor, 15.1.1965]
- Jose da Silva Teixeira, 22 anos, tanoeiro, S. Victor e morador em Palmeira, filho de João Teixeira, Palmeira e Rosa da Conceição, Adaufe, lavradores cazeiros (casou em Dume, S. Martinho, a 27.4.1907, com Thereza Maria de Jesus Pinto, 22 anos, costureira, Dume, filha de Francisco de Oliveira, vendeiro, S. Pedro de Merelim e Josefina de Jesus, costureira, Dume, T. João Teixeira, pai do nubente, estrada, Palmeira e Francisco de Oliveira Pinto, vendeiro, pai da nubenta, cruzeiro, Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
- João Pereira, 26 anos, caixeiro, natural S. Marinha de Chorence, filho de Jose Lino Pereira e Thereza da Silva Maia, Chorence, Terras de Bouro (casou em Amares, S. Salvador, a 28.4.1907, com Laura da Conceição, 20 anos, ‘exposta no hospicio das crianças em Braga, baptizada em S. Jose de S. Lazaro’ e moradora nesta, T. Gaspar Jose Correia da Costa, solteiro, proprietario e Herminio Jose da Silva Ramoa, casado, proprietario, ambos Amares, Padre Manoel Jose Dias de Sá, abade)
- Francisco Gonçalves, 20 anos ‘mãe, viuva, presente’, sapateiro, S. Lazaro, Braga, filho de Jose Carlos Gonçalves e Joaquina da Graça (casou em Tenões, S. Eulalia, a 5.5.1907, com Mariana da Conceição, 22 anos, Tenões, filha de Francisco de Sousa Junior e Francisca Thereza, T. João Gonçalves, chapeleiro, Costodio Fernandes de Sousa, jornaleiro, ambos Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- João Baptista Von Stein, 22 anos, Professor do liceu de Braga, natural de Nª Sª da Conceição de Turquel, Alcobaça, Lisboa e morador Sé, Braga, filho de Albert Georg Ernest Von Stein e Dª Elisabeth Ana Weinlich (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 15.6.1907, com Dª Rita Gomes de Araujo Alvares, 27 anos, familiar, S. Jose de S. Lazaro e moradora S. Victor, filha de Jose Gomes de Araujo Alvares e Dª Maria Adelaide de Araujo Gomes, T. Augusto Gabriel Siuval, casado, capitalista, Tenões, Abel Ferreira Loff, solteiro, Professor do liceu de Braga, celebrou o Padre Jose Joaquim dos Santos Mota ‘natural Vilela, Amares’)
- Antonio de Oliveira, 23 anos, carpinteiro, natural de Crespos, Braga, filho de Manoel de Oliveira e Joana Antunes de Oliveira, Crespos (casou em Prozelo, S. Tomé, a 20.6.1907, com Augusta Lopes Pinheiro, 17 anos, consentimento dos pais presentes’, agenciaria, moradora Prozelo, filha de Jose Pinheiro, carvoeiro, S. Victor e Antonia Lopes, agenciaria, Prozelo, T. Jose Maria da Rocha e Jose Maria de Azevedo, ambos igreja, Prozelo, Padre Manoel Jose Pires Fernandes de Carvalho, abade)
- Jose Pereira, 22 anos, jornaleiro, Gualtar, filho de Manoel Pereira e Thereza Maria ou Thereza de Jesus, S. Victor (casou em Gualtar, S. Miguel, a 21.6.1907, com Antonia Thereza ou Antonia da Costa, 25 anos, jornaleira, Nogueira e moradora Gualtar, filha de Manoel da Costa e Maria Rosa Ferreira, Nogueira, Braga, T. Domingos Jose Vieira de Araujo e Manoel da Silva, solteiros, Gualtar, Padre Jose Dias de Araujo, abade)
- Manoel Pereira, 26 anos, natural Gualtar, filho de Simão Pereira Junior e Maria da Luz, S. Victor, Braga (casou em Este, S. Mamede, a 27.6.1907, com Maria Augusta da Mota Dias, 29 anos, Este, S. Mamede, filha de Antonio Jose Alves Vieira da Mota, Este, S. Mamede e Maria Jose Dias, S. João de Souto, Braga, T. Jose Maria Fernandes, viuvo e Manoel Joaquim da Silva, solteiro, Este, S. Mamede, Padre Jose Antonio Correia, encomendado)
- Januario Dionizio exposto hospicio de Braga, 21 anos, S. Jose de S. Lazaro, Braga e morador Navarra (casou em Navarra, S. Lourenço, a 27.7.1907, com Maria Clementina de Sa, 25 anos, natural Lomar e moradora, Navarra, filha de Feliciano ‘Marques’ da Cunha e Maria ‘Josefa’ de Sa, T. Francisco da Silva, viuvo, alfaiate, burgo, Alexandre Ferreira, solteiro, pedreiro, burgo, ambos Navarra, Padre Adelino Jose Gonçalves de Almeida, paroco colado)
- Constantino Baptista Lopes, 43 anos, negociante, ‘viuvo de Cesariana Augusta Figueiredo Lopes, falecida, Paranhos, Porto’, natural de S. Victor e morador Paranhos, Porto, filho de Francisco Baptista Lopes e Dª Leonor Maria Lopes, S. Victor (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 31.8.1907, com Maria de Sousa Franco Carneiro, 32 anos, proprietaria, ‘viuva de Joaquim Pinto Carneiro, falecido em Cedofeita, Porto’, natural de Santa Ana, Pará, Brasil e morador Paranhos, Porto, filho de João Manoel de Sousa Franco e Dª Catherina Maria da Conceição Franco, T. Julião Alves Pereira da Rocha, casado, capitão da Marinha Mercante, Pará, Brasil, Francisco Baptista Lopes Braga e sua esposa Dª Rosa Pereira da Rocha, Braga, capitalistas, rua S. Margarida, S. Victor, Braga, Padre Jose Dias de Araujo, abade)
- Manoel Mendes Pereira de Carvalho, 18 anos ‘com presença do pai’, natural S. Victor, Braga e morador Adaufe, filho de Antonio Mendes Pereira de Carvalho e Ana Maria, Adaufe (casou em Navarra, S. Lourenço, a 14.9.1907, com Thereza de Carvalho, 19 anos ‘com presença do pai’, Navarra, filho de Manoel de Carvalho e Maria Joaquina Lima, Navarra, T. Antonio Mendes Pereira de Carvalho e Marta de Carvalho, solteira, criada de servir, calvario, Navarra, Padre Adelino Jose Gonçalves de Almeida, paroco colado)
- Costodio Pinto, 26 anos, negociante, natural S. Victor, Braga, filho de Boaventura Pinto, Semelhe e Thereza de Jesus, Maximinos, S. Pedro, ambas de Braga (casou em Pousada, Sampaio a 9.11.1907, com Maria de Oliveira, 23 anos, Pousada, filha de Antonio Jose de Oliveira, Crespos e Ana de Jesus Lopes, Pousada, proprietarios, T. João Gonçalves, Domingos de Oliveira, solteiro, ambos Pousada, celebrou o Padre Albino Jose Alves Dias, paroco de Moure, S. Maria, de minha autorização por escrito, o Padre Manoel Jose de Carvalho, abade)
- Fernando Alves dos Santos, 21 anos, proprietario, Sé, Braga e morador S. João de Souto, filho de Manoel Alves dos Santos, Palmeira e Dª Maria Julia dos Santos, S. Victor (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para poder casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 16.11.1907, com Belmira de Almeida, 20 anos ‘mae presente que deu consentimento’, S. João de Souto e moradora em S. Victor, filha natural de Maria das Dores, S. Victor, T. Dª Ana Maria de Almeida, viuva, Verissimo Martins de Almeida, casado, Manoel Martins Cerqueira e sua esposa Dª Maria de Almeida Martins Cerqueira, todos proprietarios, S. Victor, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João do Souto, Padre Jose Dias de Araujo, abade)
[Dissolvido por falecimento de Fernando Alves dos Santos, em 22.9.1918, 3.4.1975]
- Bento Mendes, 22 anos, pedreiro, natural S. Victor e morador em Gualtar, filho de Francisco Mendes e Maria Luisa (casou em Tenões, S. Eulalia, a 8.12.1907, com Thereza Dias, 25 anos, lavradeira, Tenões, filha de Jose Antonio Dias e Maria Thereza, T. Jose Antonio Dias, lavrador cazeiro e Francisco Marques, chapeleiro, ambos Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Thereza Dias, as 01H00, dia 18.11.1913, assento 1323, de 8.10.1963]
- Antonio Antunes, 57 anos, viuvo de Rosa Maria da Cunha, jornaleiro, natural Sampaio da Pousada e morador Gualtar, filho natural de Thereza Antunes, Sampaio de Pousada, Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 19.1.1908, com Maria de Jesus ou Eulalia de Jesus, 45 anos, ‘viuva de Narciso Gomes Vilaça’, jornaleira, S. Victor e moradora Gualtar, filha de Francisco Pinto e Maria Antonia, S. Victor, T. Antonio de Oliveira, casado, artista e Domingos Jose de Araujo, solteiro, estudante, Gualtar, Padre Jose Dias de Araujo, abade)
- Miguel Angelo de Almeida exposto na roda de Braga, 24 anos, S. Lazaro e morador Lago (casou em Lago, S. Martinho, a 23.1.1908, com Rosa da Silva Gama, 33 anos, natural Fiscal, moradora Lago, filha de Antonio da Silva Gama, Coucieiro e Maria Soares, Fiscal, T. Manoel de Jesus Fernandes, solteiro, Antonio da Silva Gama, Lago, celebrou o Padre Manoel Jose Alves Cerdeira de minha autorização, o Padre Lucio Dias Correia Fanha, abade)
- Antonio Augusto Lopes Ferreira de Azevedo, 38 anos, solteiro, capitalista, natural de Nª Sª dos Anjos, vila de Monção e morador em S. Ildefonso, Porto, filho de Jose Manoel Lopes e Maria do Patrocinio Ferreira, Nª Sª dos Anjos, Monção (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para poder casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 14.3.1908, com Dª Thereza Teixeira Marques, 17 anos ‘pais presente deram consentimento’, S. Victor, filha de Luis Teixeira Marques e Ana Joaquina Marques, S. Victor, T. Jose Montenegro e Dª Elisa Montenegro, casados, negociantes, Porto, celebrou o Padre conego Manoel de Oliveira Barbosa, prior de S. Victor, Braga)
[Por sentença do juiz da 1ª vara, Porto, de 18.2, transitado em julgado e cujo processo correu na 1ª sessão, foi decretado o divorcio a requerimento de Antonio Augusto Lopes Ferreira de Azevedo, que também usa o nome de Antonio Augusto Lopes Ferreira de Azevedo, contra sua esposa, Thereza Teixeira Marques, com fundamento nos nrs 1 e 4, artº 4º, Decreto de 3.11.1910, Braga, 10.3.1938]
- Eduardo Alvaro Dias Paredes, 25 anos, negociante, natural Ferreiros, Amares, filho de Manoel Joaquim Dias Paredes e Dª Guiomar Bernarda de Bastos Guimarães (casou em Crespos, S. Eulalia, a 3.5.1908, com Dª Ermelinda de Azevedo Barros, 20 anos ‘com escritura antinupcial’, capitalista, S. Antonio, Rio de Janeiro, Brasil e moradora S. Victor, Braga, filha de Jose Antonio de Sepulveda de Barros e Dª Candida de Azevedo Barros, T. Pais da contraente, capitalistas, S. Victor, Braga, Antonio Alberto Dias Paredes, medico e sua esposa Dª Amelia Joaquina de Sousa Ferreira, Amares, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
[Dissolvido pelo falecimento de Dª Ermelinda de Azevedo Barros, falecida em 27.5.1946, boletim 1, averbado em 16.1.1973]
- Antonio de Araujo Tinoco, 27 anos, Fiscal, filho de Luis Antonio Martins Tinoco, Fiscal e Rosa de Araujo, Sampaio do Pico de Regalados (casou em Sabariz, Santiago, a 27.5.1908, com Olivia de Jesus, 26 anos, natural Santiago de Carreira e moradora em Sabariz, filha de Domingos Jose de Azevedo e Cunha, Santiago de Carreiras e Maria da Gloria e Silva, S. Victor, Braga, T. Domingos Veloso de Oliveira, viuvo, proprietario, João Simões, solteiro, proprietario, ambos roupeiro, Sabariz, Padre Bernardino Jose de Sousa, paroco)
[Dissolvido por falecimento de Antonio de Araujo Tinoco, em 3.3.1943, assento 148, em Fiscal, 7.10.1943]
- Secundino Pereira da Fonseca, 28 anos, serviçal, natural de S. Andre de Rio Douro, Cabeceiras de Basto, morador em S. João de Souto, Braga, filho natural de Maria Pereira da Fonseca, Rio Douto (casou em Lamaçães, S. Maria, a 4.6.1908, com Thereza Maria Serafim, 23 anos, costureira, Lamaçães, filha de João Serafim, S. Victor e Rosa Maria Alves, Gualtar, T. João Luis Martins, surrador e Antonio Serafim, solteiro, jornaleiro, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
- Silverio da Costa Azevedo, 25 anos, proprietario, Crespos, filho de João Luis da Costa Azevedo e Maria da Silva Tinoco, chousas, Crespos (casou em Crespos, S. Eulalia, a 25.7.1908, com Felismina Emilia da Silva, 19 anos ‘com alvara de consentimento’, filha natural de Emilia Rosa da Silva, S. Jose de S. Lazaro, Braga, morador S. Victor, T. Manoel Martins da Silva, proprietario, capitalista, Braga e Ana da Silva Patelo, capitalista, João Luis da Costa Azevedo, proprietario, todos Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Felismina Emilia da Silva, em 25.3.1964, Crespos]
- Manoel Pica Junior, 23 anos, chapeleiro, S. Victor, filho de Manoel Antonio Pica e Luisa Maria (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 2.8.1908, com Thereza de Jesus, 19 anos ‘mãe presente que deu consentimento verbal na cerimonia’, Nogueiro, filha de Antonio Jose de Oliveira, falecido e Maria do Socorro, T. Jose Joaquim de Araujo Franqueira, rua nova de Santa Cruz, S. Victor e João Gonçalves, surrador, sobveigas, Nogueiro, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Pica Junior, em 24.6.1929, Boletim 44, de 4.7.1977]
- Elisio de Azevedo e Moura, 30 anos, Doutor Lente da Universidade de Coimbra, natural de S. Victor, filho de Jose Alves de Moura, Santiago de Cacem e Dª Emilia da Costa Padua de Azevedo e Moura, Penela (casou na Real Capela Publica de Nª Sª da Conceição, monte do Sameiro, em Espinho, S. Martinho, a 17.8.1908, com Dª Celestina de Araujo Salgado Zenha, 27 anos, proprietaria, natural de Nª Sª da Gloria, Rio de Janeiro, Brasil e moradora em S. Victor, filha de Francisco Salgado Zenha, natural de Monsul e Dª Rita de Araujo Zenha, S. Victor ‘com provisão do Vigario Geral de 11.8.1908 e Alvara da Curia Patriacal de Lisboa, de 19.6.1908’, T. Doutor Jose Alves de Moura, professor do Liceu Central de Braga e sua esposa Dª Emilia da Costa Pedreira de Azevedo e Moura, proprietários, S. Victor, Dª Rita de Araujo Zenha, viuva, proprietaria, Sagrado Coração de Jesus, Lisboa, Antonio Salgado Zenha, estudante, morador em Candelaria, Rio de Janeiro, Agostinho Alves de Moura, General e sua esposa Dª Julia Peixoto, S. Victor, celebrou com a minha presença o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto)
[Dissolvido por falecimento de Dª Rita de Araujo Zenha, em 1.11.1945, boletim 274, de 4.3.1968]
- Manoel Antonio Fernandes, 24 anos, proprietario, S. Jose de S. Lazaro e morador S. Victor, filho de Jose Joaquim Fernandes, Tenões e Rosa da Silva Carvalho, S. Victor (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para poder casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 22.10.1908, com D. Maria Elvira Veloso, 21 anos, familiar, S. Victor, filha natural de Laurinda Rosa da Silva Veloso, Mosteiro de S. João de Vieira, T. Bernardo Joaquim da Cruz, viuvo, negociante, S. Victor, Dª Carolina Veloso Rebelo, casada, Povoa de Lanhoso, Padre Jose Dias de Araujo, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Antonio Fernandes, em 5.7.1918, de 13.2.1969]
- Jose Martins de Almeida, 25 anos, capitalista, S. Victor, filho de Jose Martins de Almeida e Dª Amelia Rosa Martins, S. Victor (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 28.10.1908, com Dª Zulmira Correia da Silva, 20 anos ‘com consentimento de quem tem poder’, proprietario, Tenões, filha de Francisco Jose Fernandes da Silva e Dª Maria Jose Correia da Silva, Tenões, T. Verissimo Martins de Almeida, casado, industrial, Dª Ana Maria de Almeida, viiuva, capitalista, S. Victor, Dª Maria Jose Correia da Silva, viuva, proprietaria ‘mãe da contraente’, Tenões, Antonio Martins Ferreira, proprietario, campo de Santa Ana, S. Victor, celebrou o Padre Alvaro de Campos Matos)
[Dissolvido por falecimento de Jose Martins de Almeida, as 16H00, dia 22.2.1963]
- Herminio Artur exposto na roda de Braga, baptizado em S. Jose de S. Lazaro, Braga, 23 anos, jornaleira, morador em Tenões (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 8.11.1908, com Luisa de Jesus, 21 anos, Nogueiro, filha de Miguel Jose Peixoto e Thereza de Jesus, T. Jose de Carvalho, S. Victor, João Gonçalves, surrador, sobveigas, Nogueiro, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
[Dissolvido por falecimento de Herminio Artur, em 27.8.1950, em Miragaia, Porto, assento 1908, 3ª conservatoria do Porto, de 30.8.1950]
- Antonio Jose Carneiro Vilhena Faria Abreu e Lima, 20 anos ‘pai presente’, pintor, S. Eulalia de Rio Covo, Barcelos e morador estação, Maximinos, filho de Luis Antonio Carneiro de Vilhena Abreu e Lima, Rio Covo e Balbina Pereira da Silva, Silveiros, Barcelos (casou em Maximinos, S. Pedro, a 14.11.1908, com Maria Beatriz Rodrigues, 22 anos, costureira, penedo, Maximinos, filha de Jose Francisco Rodrigues, S. Lazaro e Narcisa Rosa, Maximinos, T. Antonio Martins, casado, servo da igreja, corrente e Jose Joaquim Vaz, sapateiro, penedo, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Casemiro Gomes Guimarães, 48 anos, S. Jose de S. Lazaro, filho de Jose Joaquim Gomes Guimarães, S. Torcato, Guimarães e Dª Antonia da Luz, S. Jose de S. Lazaro, Braga (casou na real capela publica de Nª Sª da Conceição, no monte Sameiro, em Espinho, S. Martinho, a 21.11.1908, com Dª Maria da Conceição Ferreira Castro da Rocha, 24 anos, natural Maximinos e moradora em Tenões, filha de Jose Antonio da Rocha, Nª Sª da Vitoria, Porto e Dª Maria Ferreira Carmo da Rocha, S. Pedro de Merelim ‘com provisão de 5.11.1908’, T. Manoel Casemiro da Costa e sua esposa Dª Eulalia Emilia Marques Costa, proprietários, largoBarão S. Martinho, S. João de Souto, Braga, Dr. Artur Lessa de Carvalho e sua esposa Dª Arminda Napoles Lessa de Carvalho, proprietários, largo S. Miguel o Anjo, Santiago da Se, Braga, celebrou com a minha presença o Padre Francisco Jose Pereira, capelão mor do Real Santuario do Bom Jesus do Monte, sito na freguesia de S. Eulalia de Tenões)
[Dissolvido por falecimento de João Casemiro Gomes Guimarães, em 1.2.1919, assento 26, em Tenões, de 12.1.1960]
- João da Costa, 55 anos ‘viuvo de Catherina Maria, falecida em Tenões’, jornaleiro, natural de S. João de Nogueira e morador no lugar igreja, Nogueiro, filho de Jose da Costa e Ana Maria (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 24.12.1908, com Maria do Socorro, 53 ‘viuva de Antonio Jose de Oliveira, falecido em Nogueiro’, natural de S. Victor e moradora em veiga, Nogueiro, T. Jose Gomes, alfaiate, igreja, João Gonçalves, surrador, sobveigas, ambos Nogueiro, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
- Mario Antonio da Silva Ribeiro, 21 anos ‘mãe presente que autorizou’, alfaiate, natural S. Lazaro e baptizado Povoa de Varzim, morador cruz de pedra, Maximinos, filho de Francisco Jose Ribeiro, Sampaio de Guimarães e Maria Thereza da Silva, S. Lazaro (casou em Maximinos, S. Pedro, a 24.12.1908, com Esperança Augusta Teixeira, 21 anos, costureira, S. Lazaro, moradora rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Adriano Teixeira Durães, vila Barcelos e Maria Jose, S. Victor, T. Manoel Gonçalves de Castro, casado, empregado na companhia de carris, rua avelino e João Maria Teixeira Durães, solteiro, agenciario, rua cruz de pedra, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco Pereira, 26 anos, zelador municipal, natural rua da ponte, S. Lazaro, filho de Antonio Pereira, Britelo, Celorico de Basto e Maria Joaquina da Costa Pereira, Barreiros, Amares (casou em Maximinos, S. Pedro, a 27.12.1908, com Maria Jose, 28 anos, costureira, igreja, Maximinos, filha de Manoel Barbosa, Maximinos e Maria Martins, S. Maria de Aveleda, T. Jose Pinto Pereira, ferreiro, largo das latinhas, S. Lazaro, João Domingues Pereira, zelador municipal, rua do charqueiro, S. Victor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Torcato de Oliveira Ferreira, 21 anos, criado de servir, S. Cosme do Vale, Famalicão, morador falcão, Maximinos, filho de Jose Ferreira e Balbina de Oliveira, S. Cosme do Vale (casou em Maximinos, S. Pedro, a 4.1.1909, com Emilia da Silva, 21 anos, Lomar, moradora falcão, Maximinos, filha de Domingos da Silva, S. Lazaro e Francisca da Silva, Gondizalves, anexa de Maximinos, T. Francisco Mendes, casado, maleiro, rua capelistas, S. João de Souto e Antonio da Silva, viuvo, jornaleiro, falcão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose da Costa Guimarães, 28 anos, alfaiate, S. Victor, Braga, filho de João da Costa Guimarães, Sampaio de Guimarães e Ricardina Rosa de Jesus exposta na roda de Braga, industrial (casou em Dume, S. Martinho, a 10.1.1909, com Olivia Duarte, 27 anos, regateira, Dume, filha de Francisco Gonçalves da Costa, ferreiro, S. Victor e Josefa Duarte, regateira, Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
[Dissolvido por falecimento de Jose da Costa Guimarães, em 6.11.1949, assento 43, em S. João de Souto, Braga, 7.11.1949, de 23.2.1959]
- Alfredo Vieira Gomes, 37 anos, comerciante, natural S. Victor e morador em S. Lazaro, filho de Manoel Joaquim Gomes e Dª Maria Vieira da Silva Gomes (casou no Real Santuario do Bom Jesus do Monte, sito em Tenões, S. Eulalia, a 20.1.1909, com Dª Isabel Machado de Araujo, 17 anos ‘consentimento do pai escrito em 6.11.1908’, capitalista, natural S. Jorge, Lisboa, filha de Antonio Guilherme de Araujo e Dª Amelia Hilaria de Santa Ana Machado de Araujo ‘de provisão do Senhor Arcebispo de 7.2.1908’, T. ‘pela noiva’ Dª Maria Augusta de Matos Ribeiro e Antonio Jose Ribeiro, comerciantes, ambos do Porto, ‘pelo noivo’ João Vieira da Silva, cônsul Geral do Brasil em França, acidentalmente em Braga e Dª Luisa Gomes de Matos, proprietaria, Porto, celebrou de minha autorização o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Alfredo Vieira Gomes, as 04H15, dia 27.8.1963, Salvador de Nogueiro, assento 836]
- João Lopes Viola, 66 anos ‘viuvo de Maria das Maravilhas’, proprietario, S. Victor, morador em Tenões, filho de Antonio Lopes Viola e Maria Rosa (casou em Tenões, S. Eulalia, a 23.1.1909, com Josefa Maria Vieira, 50 anos, jornaleira ‘viuva de Andre Fernandes’, Gualtar, moradora Tenões, filha de Jeronimo Jose Vieira e Thereza Maria, T. Padre Jose Rodrigues, S. Pedro de Este e Manoel Raimundo, vendeiro, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Domingos Fernandes, 24 anos, cazeiro, filho de Miguel Fernandes e Thereza Fernandes, Este, S. Mamede (casou em Este, S. Mamede, a 26.4.1909, com Maria de Sousa, 21 anos, natural Este, S. Pedro e moradora Este, S. Mamede, filha de Antonio Jose de Sousa, S. Miguel Gualtar e Rosa Maria, S. Victor, Braga, T. Antonio Fernandes, campo e Manoel de Sousa, devesa, ambos Este, S. Mamede, Padre Abilio Gomes Correia, colado)
[Dissolvido por falecimento de Domingos Fernandes, em 12.5.1948, Este, S. Mamede]
- Manoel da Silva, 23 anos, carpinteiro, S. Victor, Braga, filho de Manoel Joaquim da Silva, S. Salvador de Fonte Arcada, Lanhoso e Thereza Antunes, S. Victor, Braga (casou em Este, S. Mamede, a 3.5.1909, com Adelaide Maria dos Santos, 19 anos ‘com alvará de autorização’, Este, S. Mamede, filho de João Antonio Baptista, Santiago de Caldelas, Amares e Thereza Maria, Este, S. Mamede, falecidos, T. Domingos dos Santos, alfaiate, quintela, Manoel Fernandes, serrador, ladainhas, ambos Este, S. Mamede, Padre Abilio Gomes Correia, colado)
[Dissolvido pelo falecimento de Manoel da Silva, em 9.1.1937, com averbamento em 30.11.1972]
- Antonio de Matos, 22 anos, artista de pedreiro, S. Victor e morador em Lamaçães, filho de Agostinho de Matos, S. Victor e Rosa Maria da Costa, Lamaçães (casou em Lamaçães, S. Maria, a 16.5.1909, com Rosa Maria da Silva, 20 anos ‘pai presente deu consentimento’, jornaleira, Lamaçães, filha de Candido da Silva, falecido, Se, Braga e Antonia Maria, Nevogilde, Vila Verde, T. João Luis Martins, surrador, Carlos Antonio da Costa, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
- Domingos Ferreira Lopes, 38 anos ‘viuvo de Thereza Maria de Jesus, falecida no hospital de S. Marcos, Braga’, lavrador cazeiro, Lamaçães, filho de Francisco Ferreira Lopes, Lamaçães e Maria da Gama e Silva, Coucieiro, Vila Verde (casou em Lamaçães, S. Maria, a 31.5.1909, com Rosa Germana da Costa, 24 anos, jornaleira, Lamaçães, filha de Domingos da Costa, Santiago de Fraião e Maria Cecilia, S. Victor, T. João Luis Martins, surrador e Francisco Ferreira Lopes, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
[Dissolvido por falecimento de Domingos Ferreira Lopes, em 27.12.1944, assento 1358, de 2.2.1973]
- Manoel Antunes, negociante, 28 anos, Santiago de S. Lucrecia de Algeriz e morador S. João de Souto, filho de João Manoel Antunes e Maria Fernandes, S. Lucrecia de Algeriz (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 12.6.1909, com Dª Rosa Fernandes, 34 anos, Gualtar e morador S. Jose de S. Lazaro, filha de João Fernandes Braga, Tenões e Maria Amelia, S. Victor, T. Padre Francisco da Costa Macedo, Francisco Fernandes Machado, solteiro, industrial, Braga, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Dª Rosa Fernandes, as 12H00, dia 23.1.1941, de 27.1.1961, S. João de Souto]
- Heitor de Vasconcelos Ribeiro, 24 anos, empregado de escritório, S. Victor, morador em S. João de Souto e acidentalmente em Tenões, todas Braga, filho de Antonio Jose de Sousa Ribeiro e Dª Amelia Pimenta de Abreu Vasconcelos (casou em Tenões, S. Eulalia, a 19.6.1909, com Dª Alice Maria Pereira Lopes ‘empregada na administração domestica’, 22 anos, Santiago da Se, Braga, filha de Simão Pereira Lopes e Dª Maria Candida Teixeira ‘com provisão de 17.6.1909’, T. João Lemos e sua mulher Dª Maria da Luz Pimenta Lemos, proprietários, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Heitor de Vasconcelos Sousa Ribeiro, as 22H30, dia 8.6.1962, S. João de Souto, Braga]
- Bento de Macedo, 28 anos, lavrador cazeiro, natural de S. Victor e morador em Nogueiro, filho de Domingos Macedo ou Domingos Jose de Macedo e Costodia Pinto (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 11.7.1909, com Francisca Barbosa, 26 anos, Nogueiro, filha de Manoel Antunes e Mariana Thereza ou Mariana Barbosa, T. Jose Gomes, alfaiate, igreja e Antonio Machado, chapeleiro, S. Victor, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
- Francisco Fernandes, 22 anos, carpinteiro, Lamaçães, filho de Joaquim Fernandes, S. Torcato, Guimarães e Josefa Ribeiro, S. Victor (casou em Lamaçães, S. Maria, a 26.7.1909, com Thereza da Conceição Lopes Viola, 20 anos ‘pai presente deu consentimento’, costureira, natural de Tenões e moradora Lamaçães, filha de Manoel Lopes Viola, Tenões e Maria Thereza, Lamaçães, T. Miguel Gonçalves, proprietario e Jose de Paiva, industrial, ambos de Lamaçães, celebrou o Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, paroco de Nogueiro)
[Dissolvido por falecimento de Francisco Fernandes, em 7.7.1958, em Lamaçães, assento 498]
- Deolindo Antonio da Silva, 21 anos, serralheiro, natural S. Victor e morador Nogueiro, filho de Jose Antonio da Silva e Maria da Ascenção (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 25.7.1909, com Maria Thereza, 21 anos, natural de Tenões e morador em Nogueiro, filha de Alexandre da Silva e Josefa Maria, T. Francisco da Luz, chapeleiro, rua D. Pedro V, Braga e Jose Gomes, alfaiate, igreja, Nogueiro, Padre Antonio Joaquim de Araujo Franqueira, reitor)
[Dissolvido por falecimento de Deolindo Antonio da Silva, em 7.6.1958, S. João de Souto, Braga, assento 435, de 10.6.1958]
- Albino Francisco de Oliveira, 20 anos ‘com a presença do pai’, Barreiros, filho de Antonio Joaquim de Oliveira, Barreiros e Thereza de Barros Pimenta, Adaufe (casou com dispensa por serem parentes em 3º de consanguinidade, em Barreiros, S. Pedro, a 24.9.1909, com Maria Agusta Fernandes, 24 anos, natural S. Victor, Braga e moradora Barreiros, filha natural de Luisa Ferreira, Ferreiros, Braga, T. Delfim Jose Antunes, proprietario e Antonio Maria de Oliveira, Barreiros, Padre Francisco Antunes de Almeida, encomendado)
[Albino Francisco de Oliveira, falecido em 17.11.1949]
- João Fernandes Lopes, 24 anos, Gualtar, filho de Manoel Antonio Lopes, Tenões e Francisca Vieira ou Francisca Fernandes, Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 27.9.1909, com Maria da Conceição, 23 anos, natural Lamaçães e moradora Gualtar, filha de Francisco Barbosa, S. Victor e Maria da Conceição, Lamaçães ‘nesta cerimonia, na presença das testemunhas pediu para legitimar uma filha tida como solteiros, n. 24.12.1908 e b. 21.3.1909, de nome Zulmira’, T. João Jose Ferreira, casado, pedreiro, Bernardo Ribeiro, casado, sapateiro, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido pelo falecimento de João Fernandes Lopes, em 22.7.1942, de 22.1.1972]
- Manoel Joaquim Afonso, 26 anos, lavrador cazeiro, morador em lages, Gualtar, filho de Antonio Miguel Ferreira e Luisa Ferreira, S. Victor, Braga (casou em Este, S. Pedro, a 3.10.1909, com Albina Maria Lopes, 32 anos, proprietaria, filha de Joaquim Lopes e Ana Joaquina, mouquim, S. Pedro de Este, T. Jose Julio de Sousa Melo, solteiro, pintor, igreja e Joaquim de Carvalho, lavrador cazeiro, mouquim, S. Pedro de Este, Padre Padre Boaventura da Silva, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Joaquim Afonso, em 16.2.1949, assento 163, em S. Pedro de Este]
- Francisco Antonio Pereira exposta na roda de Braga e b. em S. Lazaro, Braga, 23 anos, morador Crespos (casou em Crespos, S. Eulalia, a 6.11.1909, com Gloria Vieira, 18 anos ‘mãe presente, que deu o seu consentimento’, Crespos, filha natural de Maria Luisa Vieira, Crespos, T. Dª Maria da Conceição Froes Arantes, solteira, Antonio Antunes de Oliveira, viuvo, alfaiate, ambos Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
- Pedro da Silva, 20 anos, serviçal, natural de Joane, Famalicão e morador Gualtar, filho de Jose Maria Ferreira da Silva, fabricante de tecidos e Joaquina da Silva, Joane (casou em Gualtar, S. Miguel, a 6.11.1909, com Maria das Angustias, 26 anos, S. Victor e moradora Gualtar, filha de Jose Lopes, carpinteiro e Maria das Angustias, lavadeira, S. Victor, T. Manoel Jose Ferreira Torres, casado, proprietario, João Maria Peixoto de Carvalho do Amaral e Freitas, solteiro, proprietario, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Maria das Angustias, em 30.12.1957, Tenões]
- Jose Fernandes, 23 anos, jornaleiro, Lamaçães, filho de Joaquim Fernandes, S. Torcato, Guimarães e Josefa Ribeiro, S. Victor (casou em Lamaçães, S. Maria, a 21.11.1909, com Antonia Gomes, 29 anos, jornaleira, S. Cristina de Longos, Guimarães e moradora Lamaçães, filha natural de Antonia Gomes, S. Cristina de Longos, T. João Luis Martins, surrador e Bernardo Jose Vieira, Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Antonia Gomes, em 28.7.1971, assento 671]
- Jose do Egipto Gonçalves Palha, 29 anos, industrial, natural S. Victor, moradores S. João do Souto, ambas Braga, filho de Domingos Gonçalves Braga ou Domingos Gonçalves Palha e Dª Maria Candida Gonçalves Palha (casou em Tenões, S. Eulalia, a 11.12.1909, com Dª Emilia do Carmo Alves, 17 anos ‘consentimento da mãe, por escrito, de 10.12.1909’, natural S. Bartolomeo de Tadim, Braga, moradora em S. João de Souto, filha natural de Ana da Silva e perfilhada em escritura publica por Antonio Jose Alves ‘com provisão de 4.12.1909’, T. ‘pelo noivo’ Dª Maria Candida Gonçalves Palha, viuva, proprietaria, S. João de Souto, João Gonçalves Palha, industrial, S. Lazaro; ‘pela noiva’ Dª Maria dos Santos Gonçalves Palha, proprietaria, S. Lazaro e Antonio Jose Alves, viuvo, proprietario, S. João de Souto, Braga, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto, de minha autorização)
[Dissolvido por falecimento de Jose do Egipto Gonçalves Palha, de 13.4.1970, assento 419]
- Manoel da Silva, 22 anos, sapateiro, rua do beco, Maximinos, filho de Jose da Silva, S. Lazaro e Francisca Thereza da Silva, Maximinos (casou em Maximinos, S. Pedro, a 2.1.1910, com Thereza Conceição Xavier, 22 anos, rua direita, Maximinos, filha de Joaquim Xavier e Thereza Candida, Maximinos, T. Domingos Xavier, solteiro, pintor, rua direita e João Aurelio Bento Gonçalves, casado, alfaiate, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Francisco Lopes de Freitas, 64 anos ‘viuvo de Thereza Joaquina, falecida em S. Victor’, farinheiro, Lamaçães e morador S. Victor, filho de Jose Lopes de Freitas e Felizarda Maria, Lamaçães (casou com dispensa por breve apostolica de consanguinidade de 2º e 4º, em Lamaçães, S. Maria, a 6.1.1910, com Francisca Duarte, 23 anos, costureira, Lamaçães, filha de Antonio Duarte Junior, Lamaçães e Josefa Maria Alves, Gualtar, T. Antonio Vieira, viuvo, lavrador cazeiro e João Luis Martins, surrador, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
- Domingos da Silva, 21 anos, trolha, natural Tenões, filho de Antonio Rodrigues da Silva, Tenões e Rosa de Jesus Machado, S. Maria de Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 9.1.1910, com Luisa da Mota, 21 anos, Gualtar, filha de Manoel Jose da Mota, S. Victor e Thereza de Jesus, S. Pedro de Este, T. Francisco Fernandes, casado, pedreiro, Jose Candido da Silva, casado, chapeleiro, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Domingos da Silva, em 6.4.1955, Gualtar]
- Jose da Silva, 29 anos, pedreiro, filho de João da Silva e Rosa da Silva, S. Victor, morador picoto, S. Pedro de Este (casou em Este, S. Pedro, no mês Fevereiro de 1910, com Ana Palmeira, 30 anos, solteira, tecedeira, filha de Antonio Francisco Palmeira e Joaquina Rosa Palmeira, S. Pedro de Este, T. Francisco Joaquim, lavrador cazeiro, mouquim e Jose Lopes Viola, proprietario, picoto, S. Pedro de Este, Padre Boaventura da Silva, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose da Silva, em 13.11.1947, assento 986, em S. Martinho de Espinho]
- Jose Augusto da Silva, 24 anos, S. Pedro de Este, filho de João da Silva e Joana de Jesus, S. Pedro de Este (casou em Gualtar, S. Miguel, a 7.3.1910, com Eulalia de Jesus, viuva de Antonio Antunes, S. Victor e moradora Gualtar, filha de Francisco Pinto e Maria Antonia, S. Victor, T. Joaquim Jose da Silva Carvalho, casado, negociante, Jose Carvalho, casado, proprietario, ambos S. Victor, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
- Jose da Cruz, 28 anos, Gualtar, filho de Jose da Cruz e Maria Thereza Ferreira, jornaleira, Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 13.3.1910, com Ana Pinto, 23 anos, jornaleira, S. Pedro de Este e moradora Gualtar, filha de Narciso Gomes Vilaça, falecido e Eulalia de Jesus, S. Victor, T. Manoel Jose Ferreira Torres, casado, proprietario, Antonio Clemente Rodrigues, casado, negociante, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose da Cruz, em 18.4.1940]
- Manoel de Oliveira, 26 anos, natural de Esporões, filho de Domingos de Oliveira, S. Victor e Thereza Maria, Esporões (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 10.4.1910, com Ana Peixoto, 27 anos, moradora Arcos, anexa de Nogueira, filha de Domingos Peixoto, Gondizalves e Joana Maria, Arcos, T. Jose Joaquim de Oliveira, negociante, S. João de Souto, Braga e Jose Vieira, igreja, Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
[Dissolvido pelo falecimento de Manoel de Oliveira, em 27.1.1940, Loureira, Vila Verde, Boletim 1027]
- Alfredo Fernandes, 19 anos, filho de Jose Antonio Fernandes e Silvina da Costa, Este, S. Mamede (casou em Este, S. Mamede, a 16.4.1910, com Julia da Gloria exposta no hospicio de crianças abandonas de Braga, baptizada em S. Jose de S. Lazaro, Braga, 20 anos e moradora Este, S. Mamede, T. Antonio Fernandes, cazeiro e Jose da Costa, ambos Este, S. Mamede, Padre Abilio Gomes Correia, colado)
[Dissolvido por falecimento de Alfredo Fernandes, em 12.10.1958, S. João de Souto, Braga]
- Manoel Pinheiro, 22 anos, natural Gualtar e morador em S. Victor, filho de Jose Pinheiro, Gualtar e Engracia Maria, Aguas Santas, Lanhoso (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 15.5.1910, com Maria da Conceição, 24 anos, Nogueiro, filha de Domingos Jose de Macedo, S. Claudio do Barco, Guimarães e Costodia Pinto, S. Victor, T. Jose Gomes, alfaiate, igreja, Nogueiro e Antonio Machado, chapeleiro, S. Victor, Padre Jose da Silva, reitor)
[Dissolvido por falecimento de Maria da Conceição, em 10.8.1956, assento 654]
- Antonio de Sousa Machado, 21 anos, tamanqueiro, natural S. Eulalia de Crespos e morador em S. Lazaro, filho de Jose de Sousa Machado e Maria Machado da Mota, Crespos (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 18.6.1910, com Maria Thereza da Silva Marques, 19 anos, Nogueira, filha de Francisco Marques, S. Lazaro e Rosa da Silva, S. Pedro de Lomar, T. Jose Vieira, igreja e Domingos Joaquim Ferreira de Barros Junior, estudante, agrelo, ambos Nogueira, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)
- Manoel Antonio Machado, 22 anos, filho de Domingos Antonio Machado, Vilela e Thereza Fernandes Marques Machado, S. Victor, Braga (casou em Vilela, Santiago, a 27.7.1910, com Celuta Candida Pereira do Lago, 20 anos ‘com licença do pai, escritura publica de 16.4.1910, do escrivão publico desta comarca, João Jose Rosadas Peixoto’, T. Manoel Jose da Costa Vieira, viuvo, assento e Antonio Marques de Freitas, ambos Vilela, Padre Antonio Jose Alves, abade)
[Manoel Antonio Machado, falecido em 3.1.1973]
- Avelino Martins Ribeiro, 28 anos, proprietario, natural Vilar da Veiga, Terras de Bouro, filho de Antonio Joaquim Martins Ribeiro e Dª Maria Angelina Martins, proprietarios, Vilar da Veiga (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para poder casar nesta freguesia, em Gualtar, S. Miguel, a 3.8.1910, com Dª Ernestina de Oliveira Ferreira, 21 anos, S. Victor e moradora em Bonfim, Porto, filha de Jose Joaquim Ferreira e Dª Thereza Oliveira Ferreira, Adaufe, T. Dª Maria Ferreira de Oliveira, viuva, Adriano Vieira Martins, solteiro, Dª Amenia Ribeiro Vaz Ozorio e seu marido Manoel Vaz Ozorio, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
- Antonio da Silva ou Antonio Serafim, 29 anos, Lamaçães, filho de João da Silva, S. Victor e Rosa Maria Alves, Gualtar (casou em Lamaçães, S. Maria, a 22.8.1910, com Rosa Vieira, 31 anos, solteira, Lamaçães, filha de Antonio Vieira, Lamaçães e Ana da Gama e Silva, Coucieiro, Vila Verde, T. João Luis Martins, surrador e Miguel Gonçalves, proprietario, ambos Lamaçães, Padre Antonio Jose Taveira, abade
[Dissolvido por falecimento de Antonio da Silva ou Antonio Serafim, em 30.8.1951, em Lamaçães, assento 910]
- Jose da Silva Araujo, 33 anos, negociante, S. Victor, morador Crespos, filho de Jose Dias e Leopoldina da Silva (casou em Crespos, S. Eulalia, a 5.9.1910, com Emilia Vieira Monteiro, 26 anos, S. Ildefonso, Porto e moradora Crespos, filha perfilhada de Alfredo Monteiro Salazar e Margarida de Sousa Passos, T. Francisco Jose Froes Arantes, estudante, Alcina Emilia Froes Arantes, solteiros, Crespos, Adelino Arantes, viuvo, negociante, Pará, Brasil, representado pelo seu irmão Jose Antonio de Arantes, viuvo, notario em Pico de Regalados, Helena Clarisse Froes Arantes, solteira, Crespos, Padre Manoel Joaquim Arantes, abade)
- Antonio Jose Veloso, 22 anos ‘viuvo de Mariana Rosa, falecida em Real’, soldado de infantaria, natural de Real e morador campo D. Luis I, S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Veloso, Real e Thereza Maria, Maximinos (casou com dispensa por serem parentes em 2º de afinidade licita, em Maximinos, S. Pedro, a 8.9.1910, com Mariana Rosa Pimenta, 23 anos ‘viuva de Manoel Ferreira da Silva, falecidos em Ferreiros, Braga’, natural hortas, Maximinos, filha de Antonio Pimenta, S. Victor e Francisca de Araujo, Gondinhaços, Vila Verde, T. Antonio Veloso, viuvo, jornaleiro, Real, Antonio Martins, sacristão desta igreja, casado, corrente, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento em 7.5.1950, de Mariana Rosa Pimenta, Maximinos]
- Domingos Ferreira, 56 anos ‘viuvo de Rosa Ferreira’, lavrador cazeiro, S. Jose de S. Lazaro e morador em crasto, Dume, filho de Jose Clemente exposto na roda de Braga e Mariana Ferreira, Dume, lavradores cazeiros (casou em Dume, S. Martinho, a 15.9.1910, com Francisca Duarte, 31 nos ‘viuva de Justino Soeiro’, jornaleira, carcamige, Dume, filha de Francisco de Sousa e Ana Maria, jornaleiros, Dume, T. Antonio Rodrigues Penela, barbeiro e Jose Francisco Patrina, ambos ferreiros, igreja, Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
- João Gonçalves, 22 anos, S. Cristina de Longos, Guimarães, filho de Manoel Gonçalves, S. Cristina de Longos e Joaquina Marques, Balazar, ambos Guimarães (casou em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 25.9.1910, com Luisa de Macedo, ou Luisa, 26 anos, Nogueiro, filha de Domingos Jose de Macedo, S. Claudio de Barco e Costodia Pinto, S. Victor, T. Manoel Pinheiro, jornaleiro, lages e Antonio Pinto de Macedo, solteiro, chapeleiro, lages, ambos Nogueiro, Padre Jose da Silva, reitor)
- Inacio Jose Dias, 25 anos, sapateiro, S. Victor e morador Santiago da Cividade, ambas Braga, filho de Francisco Jose Dias e Angelica Rosa (casou em Tenões, S. Eulalia, a 16.10.1910, com Thereza Rosa de Jesus, 25 anos, Tenões, filha de Antonio Rodrigues da Silva e Rosa de Jesus Machado, T. Francisco Jose Dias, Policia Civil, Santiago da Cividade e Antonio Rodrigues da Silva, jornaleiro, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
[Dissolvido por falecimento de Inacio Jose Dias, em 4.9.1938, assento 763, de 5.2.1975]
- Antonio Pereira, 21 anos, jornaleiro, S. Jose de S. Lazaro, filho de Francisco Pereira dos Santos e Antonia Marques (casou em Fraião, Santiago, a 26.10.1910, com Antonia de Oliveira, 24 anos, jornaleira, Fraião, filha de Manoel de Oliveira e Antonia Maria, T. João de Sousa, S. Jose de S. Lazaro e Jose de Oliveira, Aveleda, solteiros, Padre Antonio Jose Rodrigues, paroco)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Pereira, as 09H00, dia 5.10.1919, assento 3026, em S. João de Souto, de 28.2.1961]
- Jose Fernandes, 26 anos, pedreiro, muro, Lomar, filho de Antonio Jose Fernandes, Portela das Cabras, Vila Verde e Felicia Maria, S. Victor (casou em Maximinos, S. Pedro, a 29.10.1910, com Rosa Loureiro, 24 anos, lavradeira, edlo, Maximinos, filha de Antonio Jose Loureiro e Francisca de Araujo, Maximinos, T. Antonio Jose Fernandes, muro, Lomar e Antonio Jose Loureiro, edlo, Maximinos, casados, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Alberto Coelho Nogueira, 30 anos, farmacêutico, natural de Parada de Todeia ‘Thodea, Paredes’, Porto, morador em S. João das Caldas de Vizela, filho de Domingos Coelho e Dª Ludovina Nogueira (casou em Tenões, S. Eulalia, a 12.11.1910, com Dª Thereza de Jesus Costa, 23 anos, S. Jose de S. Lazaro e moradora em S. João do Souto, ambas Braga, filha de Jose Maria da Costa e Dª Ana Maria da Costa ‘com provisão do Senhor D. Deão de 10.11.1910’, T. ‘pelo noivo’ Joaquim Jose Gonçalves Salgado e Dª Rosa Carvalho Salgado, casados, proprietários, Maximinos; ‘pela noiva’ Jose Maria da Costa e Dª Ana Maria Ferreira da Costa, casados, proprietários, S. João do Souto, Braga, celebrou de minha autorização o Padre Jose Joaquim Pinto, abade de Salvador de Nogueiro)
[Dissolvido por falecimento de Dª Thereza de Jesus Costa, em S. Martinho de Dume, a 16.9.1951, assento 966, de 6.6.1964]
- Egidio exposto na roda de Braga e baptizado em S. Jose de S. Lazaro, Braga, 24 anos, morador Este, S. Mamede (casou em Este, S. Mamede, a 14.11.1910, com Thereza Gonçalves, 28 anos, Este, S. Mamede, filha de Jose Gonçalves, Este, S. Mamede e Maria da Conceição exposta na roda de Braga, T. Jose Fernandes e Alexandre Jose Gonçalves, Este, S. Mamede, Padre Abilio Gomes Correia, colado)
- Luis Soares Barbosa, 29 anos, escultor, rua direita, Maximinos, filho de Jose Antonio Soares, Maximinos e Maria do Socorro, S. Lazaro (casou em Maximinos, S. Pedro, a 17.11.1910, com Dª Cecilia Maria Marcelle Peigné, 22 anos, natural Notre Dame de Chartres, Departement Eurect-Suir, Paris e moradora rua direita, Maximinos, filha de Julio Alexandre Peigné e Ana Leontina LecPere, Chartres, França, T. Jose Antonio Soares Barbosa, escultor, rua direita, Manoel Gonçalves de Castro, empregado na companhia de carris, rua avelino, ambos Maximinos, casados, celebrou o Pasdre Joaquim Manoel Gonçalves, desta cidade por delegação minha)
[Cancelado este assento por estar trascrito com o nº 95, de 1921, 28.10.1933]
- Francisco Pereira, 21 anos, cazeiro, Gualtar, filho de Jose Fortunato Pereira, falecido e Maria Joana, Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 21.11.1910, com Maria de Jesus, 21 anos, padeira, Gualtar, filha de Manoel Jose Veiga, falecido e Maria Thereza, proprietaria, S. Victor e moradora em Gualtar, T. João Jose Ferreira, viuvo, cazeiro, Domingos Pereira, casado, vendeiro, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Francisco Pereira, em 2.4.1970]
- Manoel Machado, 23 anos, carpinteiro, Tenões, filho de Francisco Machado, Salvador de Nogueiro e Maria da Luz, S. Victor (casou em Gualtar, S. Miguel, a 11.12.1910, com Rosa de Sousa, 28 anos, S. Pedro de Este e moradora em Gualtar, filha de Jose de Sousa e Antonia Maria, S. Pedro de Este, T. Francisco Fernandes, casado, pedreiro, Jose Candido da Silva, casado, chapeleiro, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Machado, em 3.4.1952, em Salvador de Nogueiró, Braga]
- Manoel Rosas de Freitas, 18 anos, caixeiro, S. Victor e morador em S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Jose da Silva Rosas, empregado ferroviário de americanos, S. João de Souto e Josefa do Carmo, industrial, S. Victor (casou em Dume, S. Martinho, a 19.12.1910, com Rosa Gomes da Silva, 25 anos, Dume, filha de Antonio Gomes, Dume e Gracia da Silva, S. Pedro de Merelim, lavradores cazeiros, T. Antonio Gomes, pai da nubente, viuvo, anteportas e Antonio Rodrigues Penela, barbeiro, igreja, ambos Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
- Herculano Pereira de Andrade, 24 anos, proprietario, natural S. Maria de Verim, morador Santiago da Se, Braga, filho de Joaquim de Andrade de Bastos e Dª Ana Josefina Pereira da Costa (casou no Real Santuario do Bom Jesus do Monte, sito em Tenões, S. Eulalia, a 7.1.1911, com Dª Julieta Freire Fernandes, 20 anos, proprietaria, S. Jose de S. Lazaro, Braga ‘estando como procurador do pai o Dr Joaquim de Almeida Brandão, proprietario, S. Jose de S. Lazaro’, filha de Manoel Joaquim Fernandes e Dª Josefina Maria Freire Fernandes ‘com provisão do Senhor Arcebispo’, T. ‘pelo noivo’ Dª Ana Josefina Pereira da Costa Bastos, viuva, proprietaria e Guilherme Pereira da Costa, solteiro, capitalista, ambos Santiago da Se, Braga; ‘pela noiva’ Dª Maria das Dores Fernandes Brandão, proprietaria e Manoel Joaquim Fernandes, viuvo, proprietario, representado pelo seu procurador Dr. Joaquim de Almeida Brandão, celebrou o Padre Francisco Jose Pereira, capelão mor, do mesmo Real Santuario
[Dissolvido por falecimento de Herculano Pereira de Andrade, em 17.10.1973, assento 789]
- Antonio Pereira, 31 anos, solteiro, jornaleiro, Salvador de Dadim e Nogueiró, morador Gualtar, filho de Manoel Pereira e Thereza de Jesus, cazeiros, S. Victor e morador Gualtar (casou em Gualtar, S. Miguel, a 8.1.1911, com Josefa Soares, 21 anos, tecedeira, Tenões e morador Gualtar, filho de Francisco Soares, jornaleiro, S. Victor e Branca Sucena, ignora-se naturalidade, moradores Gualtar, T. Costodio Veiga, casado, proprietario, Jose da Silva Tinoco, solteiro, lavrador, Gualtar, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Pereira, em 15.7.1952, Gualtar]
- Manoel Raimundo, 41 anos ‘viuvo de Maria de Carvalho’, proprietario, Tenões, filho de Antonio Raimundo e Ana Joaquina (casou em Tenões, S. Eulalia, a 28.1.1911, com Maria Antonia Vieira, 27 anos, natural S. Jose de S. Lazaro, Braga e moradora em Tenões, filha de Fernando Antonio Vieira Braga e Joana Maria Monteiro, T. João Lopes Viola, Joaquim exposto, casados, proprietários, Tenões, Padre Baltazar Jose Fernandes, abade)
- Antonio Pereira, 46 anos ‘viuvo de Maria Joaquina Alves, falecida em Pedralva’, jornaleiro, natural de S. Jose de S. Lazaro, Braga, morador em Nogueiro, filho de Constantino Pereira e Maria do Carmo (casou com dispensa por serem parentes em 1º de afinidade ilicita, com breve apostolica datada de Roma, de 17.12.1910, em Nogueiro e Dadim, Salvador, a 5.2.1911, com Antonia Gomes 46 anos ‘viuva de Luis Antonio Gomes de Matos, falecido em Nogueiro’, natural de Crespos e moradora em Nogueiro, filha de Antonio da Silva e Antonia de Azevedo, T. Francisco Gonçalves, carpinteiro, sobveigas e Luisa Thereza Ferreira, gaião, ambos solteiros e de Nogueiro, Padre Jose da Silva, reitor)
- Jose da Silva Teixeira, 26 anos ‘viuvo de Thereza Maria de Jesus Pinto’, tanoeiro, natural de S. Victor, Braga e morador em Palmeira, filho de João Teixeira, Palmeira e Rosa da Conceição, Adaufe, lavradores cazeiros (casou em Dume, S. Martinho, a 18.2.1911, com Thereza Soares, 25 anos, tecedeira, Dume, filha de Boaventura Alves, ferreiro e Maria Soares, tecedeira, Dume, T. Antonio Rodrigues Penela, barbeiro e Jose Francisco Patrina, ferreiro, ambos igreja, Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
[Dissolvido por falecimento de Jose da Silva Teixeira, em 28.8.1964, assento 773]
- Jose Candido, 39 anos, natural de Paderne, Melgaço e morador avenida da Liberdade, 140, S. Jose de S. Lazaro, Braga, filho de Antonio Rodrigues de Sousa e Carolina Rosa Gonçalves (casou em Amares, S. Salvador, a 25.2.1911, com Arminda da Silva Gonçalves, 22 anos, natural de Santiago de Braga e moradora nesta, filha de Joaquim Jose Gonçalves e Maria Bernardina da Silva Almeida, T. Jose Vieira Lopes, solteiro, ourives, avenida da Liberdade, 228 e Arnaldo da Rocha, solteiro, empregado publico, avenida da Liberdade, 140, ambos de Braga, Padre Manoel Jose Dias de Sá, abade)
[Jose Candido, falecido em 27.1.1963, S. Jose de S. Lazaro, Braga]
- Bento Pinho, 29 anos, Bacharel, funcionario público, natural S. Victor, Braga, filho de Francisco Jose Malheiro, Viana do Castelo e Maria das Dores Pinho, Ponte de Lima, proprietarios (casou em Pousada, Sampaio a 27.3.1911, com Bernarda da Conceição Araujo, 35 anos, solteira, capitalista, Pousada, filha de Jose Antonio da Silva Araujo, Pousada e Carolina Marques da Silva Guimarães, Briteiros, S. Leocadia, Guimarães, proprietarios, T. Jose Joaquim Marques da Silva Araujo, solteiro, 1º tenente da Marinha, Lisboa e Padre Francisco Antonio Gonçalves, Bacharel, formado em Teologia, capelão naval, Porto, Padre Manoel Jose de Carvalho, abade)
- Jose Fernandes Pereira, 24 anos, serviçal, S. Martinho de Escariz, Vila Verde e morador em Dume, filho de João Fernandes Pereira, Igreja Nova, Barcelos e Joaquina de Oliveira Martins, Escariz, jornaleiros (casou em Dume, S. Martinho, a 27.3.1911, com Rosa Maria da Silva, 23 anos, jornaleira, Dume, filha de Joaquim Nicolau da Silva, jornaleiro, S. Victor e Ana Maria da Silva, S. Pedro de Merelim, T. João Fernandes Pereira, pai do nubente, igreja e Joaquim Nicolau da Silva, anteportas, ambos de Dume, Padre Miguel Jose de Oliveira, Prior)
[Dissolvido por falecimento de Jose Fernandes Pereira, as 02H30, dia 4.11.1960, assento 935, em Salvador de Dadim e Nogueiro, Braga]
- Antonio Lopes, 32 anos, Santiago de Fraião, filho de Sebastião Lopes, Nogueira e Rosa das Maravilhas, Fraião (casou em Nogueira, S. João Baptista, a 30.3.1911, com Ana Maria, 27 anos, Nogueira, filha de Joaquim Fernandes e Maria Jose, S. Lazaro, T. Domingos Joaquim Ferreira Barros Junior, solteiro, estudante, agrelo e Jose Gomes de Araujo, igreja, Padre Jose Joaquim Pinto, abade)

Historia de S. Victor
S. Victor (S. Victouro, S. Vitoiro ou S. Victório) nasceu no último quartel do século III, visto ter sido martirizado, na flor da idade, nos princípios do século IV, nas perseguições de Maximiniano ou Diocleciano, imperadores de Roma.
Segundo escritos antigos atribuem-lhe como lugar de nascimento uma aldeia junto ao rio Este.
Os calendários Litúrgicos do Mosteiro de Sillos (Espanha), respectivamente dos anos 1052, 1067 e 1072, consideram S. Victor como mártir de Braga.
Os calendários do Missal de Mateus, anteriores a 1175, e todos os calendários litúrgicos bracarenses posteriores (Breviários, Ritual, dos séculos XIV e XV), e todos os livros impressos, trazem, a 12 de Abril, a festa de Victoris Martyris Bracharensis (festa duplex, sem jejum).
Este mártir bracarense, mencionado no Martirológico Romano a 12 de Abril, sendo ele catecúmeno, recusou-se a adorar um ídolo e professou com grande constância a sua fé em Cristo.
Padeceu muitos tormentos e foi por fim decapitado, sendo assim baptizado no seu próprio sangue. O geógrafo João de Barros regista a tradição de que ele padeceu "no tempo dos Arianos", no lugar das Goladas, não longe da igreja paroquial de S. Victor, em Braga.
Em 1590, o Arcebispo D. Agostinho de Castro, procedendo ao exame do túmulo atribuído a S. Victor, não encontrou nenhumas relíquias.
No século XIV as igrejas de São Victor, São Vicente e São Pedro de Maximinos eram românicas, sendo as freguesias que rodeavam a cidade. No século XVI D. Diogo de Sousa definiu Braga como "uma cidade de barro sem templos nem gente nem edifícios". Este Arcebispo assumiu em 1505 o governo temporal e espiritual de Braga. A este Arcebispo deve-se o grande impulso que transformou Braga numa cidade desenvolvida em todos os aspectos. Os anos vão passando sem deixarem grandes marcas da cidade. É de assinalar, apenas, o desaparecimento quase dos traços românicos existentes em alguns templos (S.Tiago, S.Victor, S.Vicente, etc.) substituídos por construções barrocas, estilo artístico que irá marcar profundamente a fisionomia da cidade.
Como a freguesia era demasiado extensa, o Arcebispo de Braga, D. José de Bragança, desmembrou-a em 1747 e criando, com parte dela, a de S. José - do seu nome - dando-lhe para Matriz a igreja ou ermida de S. Lázaro. Daqui vir a chamar-se Freguesia de S.Lázaro.
Por provisão de 25 de Março de 1926, D. Manuel Vieira de Matos, remodelando as paróquias da cidade, criou a de S.Vicente, retirando uma parte notável da de S.Victor. Com quase dezasseis mil almas, a freguesia de S. Vicente, que ocupa 142 hectares, tem a maioria da sua população espalhada por bairros e lugares: Misericórdia, Nossa Senhora do Monte, Andorinhas e Quinta das Fontainhas, Boavista, Confeiteira e S. Romão.
Por decreto de D. Eurico Dias Nogueira, datado de 29 de Dezembro de 1983, foi criada a nova paróquia de Santo Adrião do Monte, ficando a pertencer-lhe todos os paroquianos de S. Victor, residentes a sul do rio Este. Apesar destes desmembramentos, S. Victor ainda é a maior paróquia da cidade, e das maiores da Arquidiocese de Braga, sendo em termos administrativos a freguesia mais populosa do distrito de Braga e uma das mais populosas do norte do país.

Igreja de S. Victor
Tem a sede na cidade de Braga. Foi erigida uma igreja no lugar de Goladas, onde morreu o bracarense São Vítor martirizado no tempo dos romanos.
Em 565, no lugar onde existe a igreja de São Vítor foi fundado por São Martinho de Dume um mosteiro, que foi dedicado a este mártir. Foram abades desta igreja os arcebispos de Braga.
Esta igreja foi depois demolida e construído o actual templo, obra do arcebispo D. Luís de Sousa.
Esta era a maior freguesia da cidade de Braga e foi, por isso, dividida pelo arcebispo D. José de Bragança no ano de 1747. Em parte do seu território foi instituída a freguesia de São José de São Lázaro.